EUA, UE e ONU levantam sanções ao Irão e acordo nuclear entra em vigor

United Nations / Flickr

Assembleia Geral da ONU, Organização das Nações Unidas

Assembleia Geral da ONU, Organização das Nações Unidas

Os Estados Unidos e a União Europeia decidiram já levantar as sanções aplicadas ao Irão, depois de a AIEA – Agência Internacional de Energia Atómica ter confirmado que o país cumpriu todas as exigências, entrando em vigor o acordo nuclear assinado em julho, em Viena.

A Agência Internacional de Energia Atómica confirmou este sábado que o Irão cumpriu as exigências para pôr em marcha o histórico acordo nuclear assinado em julho passado, em Viena, e para levantar as sanções internacionais ao país.

Logo após o anúncio da AIEA, tanto o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, anunciou que o país iria levantar as sanções contra o Irão, como os 28 Estados-Membros da União Europeia, segundo disse uma fonte europeia à agência de notícias France-Presse, AFP.

Em Viena, John Kerry afirmou que “os compromissos dos Estados Unidos quanto à aplicação de sanções, conforme descritos no acordo nuclear de julho, já estão a fazer efeito”.

Também na capital austríaca, a alta representante da União Europeia para Política Externa e Segurança, Federica Mogherini, disse que, “como o Irão cumpriu os seus compromissos, hoje, as sanções económicas e financeiras nacionais e multilaterais relacionadas com o programa nuclear do Irão são levantadas, como previsto”, no acordo de julho.

Os chefes da diplomacia dos Estados Unidos e da União Europeia, John Kerry e Federica Mogherini, e o ministro dos Negócios Estrangeiros do Irão, Mohammad Javad Zarif, estiveram hoje em Viena, para finalizar as conversações do acordo nuclear, assinado em julho passado.

ONU também suspende sanções

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas também suspendeu as sanções ao Irão, depois da confirmação da AIEA.

Espanha, como país presidente da Comissão de Sanções ao Irão, anunciou o fim do regime de medidas contra Teerão, depois de ter recebido o relatório da AIEA, que dá “luz verde” para iniciar o acordo nuclear assinado em Viena.

Tal como estava previsto, esse passo significa a dissolução da própria Comissão de Sanções e a entrada em vigor das medidas contidas na Resolução 2.231 do Conselho de Segurança da ONU, que ratificou, em julho, o acordo nuclear.

ZAP / ABr

PARTILHAR

RESPONDER

ADN num cachimbo com 200 anos revela detalhes da vida de uma escrava

Um grupo de arqueólogos e geneticistas dos Estados Unidos mostrou que um fragmento partido de um cachimbo encontrado numa plantação de tabaco pode ser um testemunho substancial da história e da antropologia do século XIX. O …

Professora que revelou o que ia sair no exame de Português vai ser demitida

A professora, que foi presidente da Associação de Professores de Português, que em 2017 divulgou o conteúdo do exame de Português foi demitida pelo Ministério da Educação. Edviges Ferreira foi considerada culpada por ter partilhado o …

Asteróide passa esta sexta-feira entre a Terra e a Lua

Um asteróide de grandes dimensões, recentemente descoberto, voará esta semana a uma distância relativamente próxima da Terra, avança o o Centro de Estudos de Objetos Próximo da Terra da agência espacial norte-americana. O asteróide, designado como …

A Física diz que nunca tocamos realmente num objeto

Se está, neste momento, com o telemóvel na mão ou a tocar no seu computador para conseguir ler esta notícia, desengane-se: segundo a Física, não está a tocar em nada. Tudo o que conseguimos ver, tocar …

Se os buracos negros o confundem, prepare-se para os buracos brancos

Os buracos negros podem ser o mistério mais atraente do Universo, mas não são o único tipo de "buraco" no Espaço. Os buracos negros atraem a atenção de muitos amantes de astronomia por serem tão misteriosos. …

MySpace perdeu 12 anos de músicas, fotografias e vídeos

A rede social MySpace anunciou que perdeu todas as músicas, fotografias e vídeos com mais de três anos. A perda de conteúdo deveu-se a uma falha na migração de servidor. O MySpace, outrora uma das maiores …

Pela primeira vez uma mulher vence o prémio Abel, o "Nobel" da matemática

A matemática pioneira Karen Uhlenbeck, antiga professora da Universidade do Texas, em Austin (Estados Unidos), recebeu o Prémio Abel de 2019, tornando-se a primeira mulher a receber a distinção, uma das mais ilustres na área. A …

Após 65 anos, diário revela romance entre rei belga e a madrasta

O rei Balduíno da Bélgica terá mantido uma relação secreta com a madrasta, a princesa Lilian, segunda esposa do seu pai, Leopoldo III. A revelação foi feita 65 anos depois, através dos diários do ex-primeiro-ministro …

Estudo revela que consumo diário de canábis aumenta risco de psicose

O consumo diário de canábis, sobretudo de elevada potência, está fortemente ligado ao risco de desenvolver uma psicose, conclui um estudo, que analisou pessoas em 11 locais da Europa e um no Brasil. Vários estudos observacionais …

Uma bebé nasceu "grávida" do seu irmão gémeo

Mónica Vega realizou uma ecografia durante o sétimo mês da sua gravidez daquela que seria a sua terceira filha. Mas, nas imagens, descobriu que dentro da sua bebé estava outro feto mais pequeno. O caso, que …