EUA. Pandemia causará 400 mil mortes além das estimadas ainda este ano, sugere estudo

Fernando Bizerra / Lusa

Mais de 400 mil mortes além das esperadas podem ocorrer nos Estados Unidos (EUA) até o final do ano devido à covid-19, sugeriu um novo estudo. A estimativa inclui pessoas que morreram por causa do vírus e aquelas que morreram por causa das interrupções nos cuidados de saúde causadas pela pandemia.

No estudo, publicado segunda-feira na JAMA e citado pelo Live Science, foram analisados dados sobre as mortes que ocorreram nos EUA entre março e agosto de 2020. Os autores utilizaram esses dados para estimar o excesso de mortes, ou seja, o número de mortes além o que seria esperado com base nas tendências históricas.

Os investigadores descobriram que, nesse período, houve um aumento de 20% nas mortes nos EUA além do esperado, representando 225.530 em excesso. Destes, dois terços foram atribuídos diretamente à covid-19, devendo-se o restante a outras doenças.

Algumas das mortes não causadas por covid-19 podem estar associadas a infeções não diagnosticadas, enquanto outras relacionam-se com interrupções causadas pela pandemia – como as idas às consultas médicas, por exemplo -, apontou o estudo, liderado por Steven Woolf, da Virginia Commonwealth University School of Medicine.

Os autores identificaram um aumento significativo nas mortes por doenças cardíacas durante o pico de casos de covid-19 na primavera.

Com base neste estudo, que aponta para mais de 225 mil mortes em excesso no período indicado, o número total de mortes além das estimadas em 2020 será provavelmente superior a 400 mil, defenderam os investigadores.

“Essas mortes refletem o custo humano da grande pandemia de 2020″, ultrapassando “em muito o número de mortes nos EUA durante alguns conflitos armados, como a Guerra da Coreia e a Guerra do Vietname, e se aproximam do número de mortes na Segunda Guerra Mundial”, apontaram os autores.

Christophe Petit Tesson / EPA

As descobertas confirmaram ainda que as contagens oficiais das mortes por covid-19 nos EUA foram subestimadas. De acordo com dados da Johns Hopkins University School of Medicine, o país ultrapassou as 200 mil mortes pelo vírus a 22 de setembro. Este estudo revelou, porém, que o excesso de mortes ultrapassou esse nível um mês antes dessa data.

“O efeito das mortes por covid-19 na saúde mental será profundo”, escreveu um grupo de investigadores da NYU Grossman School of Medicine, liderado por Naomi Simon, diretora do programa de Transtornos do Luto Complicado e Ansiedade, num artigo que acompanha o estudo.

O artigo observou que “cada morte por covid-19 deixa cerca de nove membros da família em luto”, o que significa milhões de pessoas enlutadas no país. Além disso, “o stress e a rutura social causados ​​pela pandemia aumentaram a depressão e a ansiedade em todo o mundo e estão a afetar muitos indivíduos com transtornos psiquiátricos e transtornos preexistentes causados por abuso de substâncias”, referiu o grupo no texto.

Noutro artigo, os investigadores Lisa Cooper, da Johns Hopkins University School of Medicine, e David Williams, da Harvard T.H. Chan School of Public Health, sublinharam o efeito desproporcional da covid-19 nas comunidades negras.

Em meados de agosto, a taxa de hospitalização por covid-19 era cinco vezes maior entre os negros norte-americanos em comparação com a população branca, segundo os Centros de Controle e Prevenção de Doenças. Já a taxa de mortalidade era duas vezes maior.

“A pandemia de covid-19 agravou ainda mais as disparidades na saúde, sociais e económicas nas comunidades negras”, escreveram os investigadores. “Os efeitos de 2020 serão sentidos nos próximos anos, no entanto, medidas podem ser tomadas para interromper o curso e reduzir os danos”, frisaram.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

PCP desafia Governo a renacionalizar os CTT

O secretário-geral do PCP desafiou hoje o Governo a responder "à chantagem" do "grupo Champalimaud", retirar-lhe a concessão do serviço postal e renacionalizar os CTT. A proposta foi feita por Jerónimo de Sousa depois de estar …

"Covid persistente" atinge cerca de 20% dos curados (mas não recuperados)

Um novo estudo britânico indica que vários pacientes podem apresentar sintomas e sequelas durante vários meses, mesmo depois de testarem negativo. Os casos de “covid persistente” afetam maioritariamente mulheres e idosos. Há ainda muito por descobrir …

Acuña já é destaque em Espanha: "Não é bom nos 100 metros, mas..."

O ex-jogador do Sporting será uma referência para Lopetegui e já demonstrou um grande nível no jogo da Liga dos Campeões contra o Rennes. Marcos Acuña chegou a Sevilha há um mês e meio mas começa …

Portagens devem manter preços em 2021

Os preços das portagens nas autoestradas deverão voltar a manter-se em 2021, a confirmar-se a estimativa da taxa de inflação homóloga, sem habitação, de -0,18% em outubro, divulgada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). A fórmula …

Governo estuda novo confinamento total nas duas primeiras semanas de dezembro

O Governo está a ponderar decretar um novo confinamento total da população portuguesa nas duas primeiras semanas de dezembro. A notícia foi avançada esta sexta-feira pela TVI e, entretanto, confirmada por outros órgãos de informação. O …

Pelo menos 140 pessoas afogam-se no naufrágio mais mortal de 2020

Pelo menos 140 migrantes morreram afogados ao largo da costa senegalesa depois de a embarcação em que seguiam se ter incendiado e naufragado, avançou a Organização Internacional para as Migrações (OIM). O barco transportava 200 pessoas …

Nélson Évora terminou contrato com o Sporting

Nelson Évora, campeão olímpico do triplo salto nos Jogos Olímpicos Pequim2008, vai deixar o Sporting após o fim do contrato com o clube, no sábado, confirmou à "Lusa" fonte oficial do Sporting, esta sexta-feira. O atleta, …

Nova Zelândia aprova eutanásia. Mas rejeita legalização da marijuana

Os neozelandeses aprovaram a eutanásia voluntária, mas rejeitaram a legalização da marijuana para uso recreativo, em dois referendos realizados em 17 de outubro, anunciou esta sexta-feira a Comissão Eleitoral. Cerca de 65,2% dos neozelandeses votaram a …

Governo pondera novas medidas de apoio ao emprego e empresas

O Governo está a ponderar novas medidas de apoio ao emprego e às empresas em resposta ao agravamento da pandemia de covid-19, disse hoje o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro …

Cova da Piedade não joga: "Prefiro perder três pontos do que alguém perder a vida"

O jogo entre Estoril e Cova da Piedade, como se esperava, não vai ser realizado e deverão ser atribuídos três pontos ao Estoril. Diretor do Cova da Piedade não poupa nas críticas. Mais uma partida da …