EUA. Pandemia causará 400 mil mortes além das estimadas ainda este ano, sugere estudo

Fernando Bizerra / Lusa

Mais de 400 mil mortes além das esperadas podem ocorrer nos Estados Unidos (EUA) até o final do ano devido à covid-19, sugeriu um novo estudo. A estimativa inclui pessoas que morreram por causa do vírus e aquelas que morreram por causa das interrupções nos cuidados de saúde causadas pela pandemia.

No estudo, publicado segunda-feira na JAMA e citado pelo Live Science, foram analisados dados sobre as mortes que ocorreram nos EUA entre março e agosto de 2020. Os autores utilizaram esses dados para estimar o excesso de mortes, ou seja, o número de mortes além o que seria esperado com base nas tendências históricas.

Os investigadores descobriram que, nesse período, houve um aumento de 20% nas mortes nos EUA além do esperado, representando 225.530 em excesso. Destes, dois terços foram atribuídos diretamente à covid-19, devendo-se o restante a outras doenças.

Algumas das mortes não causadas por covid-19 podem estar associadas a infeções não diagnosticadas, enquanto outras relacionam-se com interrupções causadas pela pandemia – como as idas às consultas médicas, por exemplo -, apontou o estudo, liderado por Steven Woolf, da Virginia Commonwealth University School of Medicine.

Os autores identificaram um aumento significativo nas mortes por doenças cardíacas durante o pico de casos de covid-19 na primavera.

Com base neste estudo, que aponta para mais de 225 mil mortes em excesso no período indicado, o número total de mortes além das estimadas em 2020 será provavelmente superior a 400 mil, defenderam os investigadores.

“Essas mortes refletem o custo humano da grande pandemia de 2020″, ultrapassando “em muito o número de mortes nos EUA durante alguns conflitos armados, como a Guerra da Coreia e a Guerra do Vietname, e se aproximam do número de mortes na Segunda Guerra Mundial”, apontaram os autores.

Christophe Petit Tesson / EPA

As descobertas confirmaram ainda que as contagens oficiais das mortes por covid-19 nos EUA foram subestimadas. De acordo com dados da Johns Hopkins University School of Medicine, o país ultrapassou as 200 mil mortes pelo vírus a 22 de setembro. Este estudo revelou, porém, que o excesso de mortes ultrapassou esse nível um mês antes dessa data.

“O efeito das mortes por covid-19 na saúde mental será profundo”, escreveu um grupo de investigadores da NYU Grossman School of Medicine, liderado por Naomi Simon, diretora do programa de Transtornos do Luto Complicado e Ansiedade, num artigo que acompanha o estudo.

O artigo observou que “cada morte por covid-19 deixa cerca de nove membros da família em luto”, o que significa milhões de pessoas enlutadas no país. Além disso, “o stress e a rutura social causados ​​pela pandemia aumentaram a depressão e a ansiedade em todo o mundo e estão a afetar muitos indivíduos com transtornos psiquiátricos e transtornos preexistentes causados por abuso de substâncias”, referiu o grupo no texto.

Noutro artigo, os investigadores Lisa Cooper, da Johns Hopkins University School of Medicine, e David Williams, da Harvard T.H. Chan School of Public Health, sublinharam o efeito desproporcional da covid-19 nas comunidades negras.

Em meados de agosto, a taxa de hospitalização por covid-19 era cinco vezes maior entre os negros norte-americanos em comparação com a população branca, segundo os Centros de Controle e Prevenção de Doenças. Já a taxa de mortalidade era duas vezes maior.

“A pandemia de covid-19 agravou ainda mais as disparidades na saúde, sociais e económicas nas comunidades negras”, escreveram os investigadores. “Os efeitos de 2020 serão sentidos nos próximos anos, no entanto, medidas podem ser tomadas para interromper o curso e reduzir os danos”, frisaram.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O futuro dos 28 arguidos da Operação Marquês já está traçado

O futuro dos 28 arguidos da Operação Marquês, incluindo o do antigo primeiro-ministro José Sócrates e o do banqueiro Ricardo Salgado, está decidido. Uma fonte judicial adiantou ao Expresso que só o juiz Ivo Rosa conhece …

Portugal "não está livre de uma quarta vaga" de contágios quando desconfinar

Na quarta-feira, Graça Freitas admitiu que Portugal pode voltar a enfrentar uma nova vaga da pandemia de covid-19 nos próximos meses. O epidemiologista Manuel Carmo Gomes repete o alerta da diretora-geral da Saúde. Portugal pode enfrentar …

PCP propõe estender moratórias por seis meses. BE quer ouvir Centeno

O PCP quer estender as moratórias bancárias, que vão terminar dentro de algumas semanas, por seis meses. O Bloco de Esquerda entregou um requerimento, com carácter de urgência, para ouvir o Governador do Banco de …

Plano de desconfinamento tem várias velocidades, mas não tem datas

O primeiro esboço do plano de desconfinamento já chegou a São Bento e será apresentado na reunião do Infarmed, marcada para a próxima segunda-feira. A equipa de peritos - liderada por Óscar Felgueiras, da ARS/Norte, e …

Átomo extinto revela segredos da infância do Sistema Solar

Usando o átomo extinto nióbio-92, uma equipa de investigadores da ETH Zurich, na Suíça, conseguiu explicar eventos do início do sistema solar com a maior precisão de sempre. Se um átomo de um elemento químico tiver um …

Marcelo cria nova equipa em Belém para controlar "bazuca" europeia

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, criou uma equipa para manter uma vigilância apertada sobre a gestão do dinheiro que chega da "bazuca" europeia. Marcelo Rebelo de Sousa criou uma nova equipa para a …

Espanha vai proibir viagens durante a Páscoa. França, Hungria e Brasil com novas restrições

Espanha prepara-se para aprovar um plano de desconfinamento para as próximas semanas, particularmente para a Páscoa, que prevê a proibição de viajar entre as suas comunidades autónomas e recolher obrigatório entre as 22h00 e as …

FBI detém funcionário de Donald Trump pela invasão ao Capitólio

O Departamento Federal de Investigação (FBI) deteve na quinta-feira um funcionário do ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump pela invasão ao Capitólio a 6 de janeiro, noticiaram os media norte-americanos. Trata-se de Federico Klein, um homem …

Bebidas, fatos e centro "fantasma". Presidência portuguesa da UE debaixo de fogo após gastos "incomuns"

A presidência portuguesa do Conselho Europeu está no olho do furacão depois de uma reportagem que evidencia as "despesas incomuns" com bebidas, fatos e um centro de imprensa "fantasma", em contratos que custaram "centenas de …

Padres, provedores e autarcas. MP investiga casos de vacinação indevida

A investigação do Ministério Público (MP) e da Polícia Judiciária (PJ) conta já com 33 casos suspeitos de vacinação indevida, estendendo-se a padres, provedores de misericórdias, administradores hospitalares e autarcas. Desde o início da campanha da …