Trump impõe novas taxas alfandegárias. China promete retaliação

Larry W. Smith / EPA

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

Os EUA vão impor tarifas alfandegárias a mais importações de bens provenientes da China, avaliadas em 200 mil milhões de dólares, cerca de 171 mil milhões de euros, a partir da próxima semana.

As tarifas vão começar em 10%, a partir da próxima semana, e subir para 25%, a partir de 1 de janeiro. Esta decisão significa uma escalada na guerra comercial entre os Estados Unidos e a China e um aumento nos preços de consumo nos EUA, que vão desde as malas de mão aos pneus de bicicleta.

A China já se declarou pronta para retaliar e o Presidente note-americano, Donald Trump, já declarou que se isto acontecer vai taxar mais importações equivalentes a 267 mil milhões de dólares.

“Para proteger os seus direitos e interesses legítimos, tal como as regras de livre comércio no mundo, a China ver-se-á obrigada a tomar medidas de retaliação de forma proporcional”, justifica o Ministério do Comércio de Pequim.

O Executivo de Pequim manifesta a sua perplexidade com as “novas incertezas” traduzidas nesta tarifas aduaneiras anunciadas no decorrer das negociações entre a China e os EUA para regular o seu diferendo comercial.

Os EUA decidiram avançar com estas novas tarifas, incidentes sobre cerca de 40% das importações chinesas, depois de um período de apreciação pública.

O anúncio aconteceu depois de os EUA já estarem a taxar importações chinesas no valor de 50 mil milhões de dólares.

Através de uma declaração escrita, distribuída pela Casa Branca, Trump afirmou: “As tarifas alfandegárias começam a vigorar em 24 de setembro e serão de 10% até ao final do ano. Em 1 de janeiro, as taxas serão elevadas para 25%”.

No mesmo comunicado, Trump adiantou: “Se a China tomar medidas de represália contra os nossos agricultores ou outras indústrias, vamos aplicar imediatamente a Fase 3, isto é, tarifas aduaneiras sobre cerca 267 mil milhões de dólares de importações suplementares”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Poluição do ar leva Sarajevo a cancelar todos os eventos públicos

As autoridades bósnias consideram que a poluição na capital do país, Sarajevo, atingiu níveis perigosos nos últimos dias. Perante a densa nuvem de nevoeiro que paira na cidade, o governo regional decidiu cancelar todos os …

A banana colada à parede que custou 108 mil euros foi comida

A banana mais cara do mundo, presa a uma parede com fita adesiva, foi descascada e comida por um artista que visitava o stand da galeria Perrotin, na feira de arte contemporânea Art Basel, nos …

Empresas norte-americanas reforçam domínio na venda global de armas

O Instituto Internacional de Estudos de Paz de Estocolmo (SIPRI) revelou esta segunda-feira que as empresas norte-americanas aumentaram o domínio no comércio global de armas em 2018, para 59% do volume total entre as 100 …

Faltam medicamentos para doenças crónicas nas Farmácias (e ninguém sabe porquê)

Há medicamentos para doenças crónicas que estão, constantemente, em falta nas Farmácias Portuguesas. Uma situação preocupante, sobretudo para os pacientes que deles precisam, e que não tem uma explicação. A Associação Nacional de Farmácias está …

Mais de dois mil coalas mortos devido aos incêndios na Austrália

O presidente da Aliança das Florestas do Nordeste da Austrália disse que os incêndios florestais que deflagram no leste do país, desde o início de novembro, provocaram a morte a mais de dois mil coalas. O …

Regionalização sem referendo é “golpe de estado palaciano”

Luís Marques Mendes falou este domingo, no habitual espaço de comentário político na SIC, sobre a regionalização, os "tempos difíceis para a direita", Greta Thunberg e Joe Berardo. Houve ainda tempo para falar sobre o …

China diz que detidos em Xinjiang estão "formados" e "vivem felizes"

Um alto quadro do regime chinês afirmou, esta segunda-feira, que os membros de minorias étnicas chinesas de origem muçulmana mantidos em "centros de treino vocacional" no extremo oeste do país já se "formaram" e levam …

Greve geral volta a parar França. Filas de trânsito chegam aos 620 quilómetros

Os acessos a Paris estão, esta manhã, muito complicados devido ao quinto dia de greve contra a reforma das pensões e que afeta sobretudo a rede de transportes na capital francesa. De acordo com as autoridades, …

"Mário Centeno está a perder influência no Governo". Os (maus) sinais para o Orçamento de Estado 2020

A proposta de Orçamento do Estado para 2020 [OE 2020] vai ser apresentada daqui a uma semana e alguns economistas antecipam os riscos do documento, falando de uma "situação potencialmente perigosa para as contas públicas" …

Utilizadores russos do Reddit terão divulgado documentos comprometedores sobre o Brexit

A rede social Reddit anunciou ter concluído que utilizadores russos estiveram na origem da divulgação de documentos confidenciais do governo britânico sobre as negociações comerciais do Brexit. O Reddit anunciou, num comunicado citado pela Associated Press, …