EUA. Número de mortes associadas a cigarros eletrónicos sobe para 18

Até ao início de outubro, o número de casos de doenças pulmonares associadas ao uso de cigarros eletrónicos ou dispositivos de vaporização aumentou nos Estados Unidos (EUA) para 1080 e o número de mortes para 18.

Segundo um relatório divulgado na quinta-feira pelo centro norte-americano de controlo e prevenção de doenças (CDC, na sigla inglesa), citado pelo Público, a causa concreta dos casos de doença e da morte dos consumidores continua por identificar, mas as suspeitas apontam como principal responsável a exposição a determinados compostos químicos.

As 18 mortes foram registadas em 15 estados norte-americanos, todas resultantes de doenças respiratórias associadas ao uso destes produtos, encontrando-se ainda sob investigação outros óbitos. A idade média das vítimas mortais é de 49,5 anos.

O balanço do CDC inclui dados de 48 estados norte-americanos e das Ilhas Virgens Americanas, revelando um aumento significativo dos números em relação à semana passada, quando se apontava para 805 casos de doenças respiratórias e 12 mortes associadas ao uso de cigarros electrónicos.

Principal ameaça: produtos com THC

Anne Schuchat, vice-directora do centro de controlo e prevenção de doenças dos EUA, sublinhou, citada pelo USA Today, que o número de casos está a aumentar a um “ritmo acelerado” e que estão em causa “lesões muito graves”.

A entidade recomenda que se deixe de consumir estes produtos, especialmente se os mesmos contiverem tetra-hidrocanabinol (THC), a principal substância psicoactiva da cannabis, cujo consumo está associado a um maior número de casos.

De uma amostra de 578 pacientes (que disponibilizaram informação sobre as substâncias usadas nos seus dispositivos nos três meses anteriores ao aparecimento de sintomas de doenças respiratórias), cerca de 78% revelou ter consumido produtos com THC através de cigarros eletrónicos.

“Estes cigarros não devem ser consumidos por jovens, jovens adultos, mulheres grávidas ou pessoas que nunca consumiram anteriormente produtos à base de tabaco”, sublinhou Anne Schuchat.

De acordo com este balanço, cerca de 70% dos 889 doentes com lesões pulmonares analisados (sobre os quais existia informação detalhada) são homens. Aproximadamente 81% dos casos ocorrem em pessoas com menos de 35 anos e 37% são pacientes com menos de 21 anos (16% com menos de 18 anos).

Os dados coincidem com um estudo recente do centro médico Mayo Clinic que revela que serão os “vapores químicos tóxicos” (e não os óleos) os responsáveis pelas doenças associadas aos cigarros eletrónicos.

Embora o centro de controlo e prevenção de doenças dos EUA seja cauteloso, sublinhando que a causa concreta das doenças ainda está sob investigação, o estudo da Mayo Clinic, publicado esta quinta-feira na New England Journal of Medicine, garante que, na origem, podem estar os “vapores químicos tóxicos” libertados por estes produtos. O estudo analisou as biópsias de 17 pessoas com lesões pulmonares confirmadas ou possivelmente associadas aos cigarros eletrónicos, incluindo de dois pacientes que morreram.

Apesar de estes estudos fornecerem já algumas luzes, Anne Schuchat admite que ainda é necessário continuar a investigar as causas específicas destas doenças e a exposição dos pacientes a estes produtos químicos. Os sintomas iniciais das doenças respiratórias incluem tosse, falta de ar, fadiga, dores no peito, náuseas, vómitos e diarreia.

“Uma crise de saúde pública”

Embora alguns investigadores suspeitem que estas lesões possam estar relacionadas com uma acumulação de lipídeos (moléculas de gordura) nos pulmões, os autores do estudo da Mayo Clinic garantem que nenhum dos casos analisados mostrava sinais de pneumonia lipóide – uma doença causada pela aspiração de formulações lipídicas.

“Esta é uma crise de saúde pública, e muitas pessoas estão a trabalhar freneticamente a toda a hora para descobrir quais podem ser os culpados – e que produtos químicos podem ser responsáveis”, afirmou Brandon Larsen, patologista da Mayo Clinic e autor do estudo, num comunicado citado pelo USA Today.

E concluiu: “Com base no que vimos no nosso estudo, suspeitamos que a maioria dos casos envolve contaminantes químicos, subprodutos tóxicos ou outros agentes nocivos presentes nos líquidos dos cigarros electrónicos”.

O CDC alerta ainda para a possibilidade de estes produtos conterem substâncias ilícitas.

Num outro relatório do organismo, os dados mostram que, desde 2014 até 2018, a percentagem de adultos entre os 18 e os 24 anos que fumam cigarros diminuiu de 16,7% para 7,8%. Por outro lado, a percentagem de adultos na mesma faixa etária que usam cigarros eletrónicos aumentou de 5,1% para 7,6%.

Na semana passada, o estado norte-americano de Massachusetts suspendeu, por um período de cerca de quatro meses, a venda de cigarros eletrónicos. Já os estados do Michigan, Nova Iorque e Rhode Island pretendem restringir a venda de tabaco com sabores para vaporizadores (produto da família dos cigarros eletrónicos). Em Junho, a cidade de São Francisco aprovou a suspensão da venda de cigarros eletrónicos em lojas físicas e online durante os primeiros sete meses de 2020.

O “surto” de doenças respiratórias associadas ao uso de cigarros eletrónicos ou de vaporizadores nos EUA está a ser investigado pelo centro de controlo e prevenção de doenças, pela agência reguladora Food and Drug Administration (FDA) e por outros departamentos e parceiros de saúde pública, de forma a averiguar quais as principais causas destas doenças e fatores de risco.

ZAP // //

PARTILHAR

RESPONDER

Super Ticão. Sete juízes juntam-se a Ivo Rosa e Carlos Alexandre

Os juízes Carlos Alexandre e Ivo Rosa vão deixar de ser os únicos juízes do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), que passa agora a contar com nove magistrados. O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, …

Ryanair avança para tribunal contra o Governo britânico

A Ryanair e uma empresa dona de três aeroportos britânicos, a MAG, vão fazer queixa nos tribunais contra o sistema de "luzes" nas viagens. Esta quarta-feira à noite, a Ryanair e a maior operadora aeroportuária do …

Ventura concorre pelo Chega à Assembleia Municipal de Moura

André Ventura é o candidato do partido à Assembleia Municipal de Moura nas próximas eleições autárquicas, anunciou o próprio esta quinta-feira. O presidente do Chega, André Ventura, disse esta quinta-feira que vai ser o cabeça-de-lista do …

Texas vai permitir porte de armas em público sem ser necessária qualquer licença

O governador republicano do Texas assinou uma lei que permite o porte de armas em público, sem respetiva licença, a última de uma série de medidas que expandem este tipo de direitos nos estados conservadores …

Para já, Ivo Rosa escapa de um inquérito disciplinar do Conselho Superior da Magistratura

O Conselho Superior da Magistratura não vai abrir inquérito disciplinar a Ivo Rosa, pelo menos, para já. O órgão de gestão dos juízes concluiu que não há suspeitas de violação de caso julgado na decisão …

Mario Gómez: "O futebol é como a roupa, é de modas"

Comentário do antigo internacional alemão sobre as funções do ponta-de-lança atual. Mario não tem saudades dos relvados. Mario Gómez García, o homem que veio de Riedlingen, na República Federal da Alemanha, para marcar muitos golos. Figura …

A um mês dos Jogos Olímpicos, Tóquio pondera levantar estado de emergência

Os Jogos Olímpicos, que foram adiados no ano passado devido à pandemia, vão começar no dia 23 de julho. O Governo japonês está a ponderar levantar o estado de emergência em Tóquio. Tóquio está em estado …

Militares birmaneses acusados de incendiar uma aldeia

Uma aldeia foi destruída pelo Exército birmanês depois de confrontos entre militares e opositores da junta ditatorial. Dois idosos, que não conseguiram fugir, acabaram por morrer queimados. A aldeia de Kin Ma, na região de Magway, …

Ucrânia 2-1 Macedónia N. | “Synio-zhovti” relançam aspirações

A Ucrânia conquistou esta quinta-feira a sua segunda vitória em Europeus, depois de seis derrotas consecutivas, ao bater a estreante Macedónia do Norte por 2-1, em encontro disputado em Bucareste, com arbitragem pelo argentino Fernando …

Mais 1.233 casos de covid-19 em Portugal. Morreram duas pessoas

Esta quinta-feira, Portugal registou 1.233 novos casos e duas mortes na sequência da infeção por covid-19. Segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), foram registados, nas últimas 24 horas, mais 1.233 casos e …