Estados Unidos enviam mais mil militares para o Médio Oriente para “monitorizar” ações do Irão

thejointstaff / Flickr

Secretário de Estado da Defesa dos EUA, Patrick Shanahan

Após o anúncio do Irão, de que vai recomeçar o enriquecimento de urânio para fins militares, os Estados Unidos decidiram enviar mais mil militares para o Médio Oriente.

Os Estados Unidos decidiram enviar cerca de mil militares suplementares para o Médio Oriente em contexto de tensões acrescidas com o Irão, anunciou esta segunda-feira o chefe do Pentágono, Patrick Shanahan.

Nas palavras do Ministério da Defesa dos Estados Unidos da América, esta medida destina-se a “garantir a segurança e a saúde dos militares destacados na região e a proteger os interesses nacionais” norte-americanos, enquanto se garantiu, ao mesmo tempo, que “os EUA não procuram entrar em guerra com o Irão”.

Em comunicado, Shanahan afirmou que “os recentes ataques iranianos validam informações viáveis e credíveis recebidas sobre o comportamento hostil das forças iranianas e dos grupos que apoiam, o que representa uma ameaça para os cidadãos e os interesses norte-americanos no conjunto da região”.

Em resposta a um pedido do Comando Central dos EUA (Centcom), que pediu reforços, de acordo com o chefe de Estado-Maior e após consultas com a Casa Branca, Shanahan informou que autorizou “o envio de mil tropas suplementares com fins defensivos para responder a ameaças aéreas, navais e terrestres no Médio Oriente”, sem detalhar a repartição do efetivo.

O Pentágono já tinha enviado em meados de maio para o Golfo um navio de guerra, com veículos, designadamente anfíbios, e uma bateria de mísseis Patriot, acrescentando-se à deslocação para a região de um porta-aviões, perante a ameaça de ataques “iminentes” que os Estados Unidos atribuíam aos Irão.

No final de maio, os Estados Unidos já tinham anunciado a transferência para o Médio Oriente de 1.500 soldados suplementares, invocando “ameaças persistentes” contra as suas forças provenientes “do mais alto nível” do Governo iraniano.

Aparelhos de reconhecimento e vigilância e um esquadrão de 12 aviões de combate reforçaram o dispositivo.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mark Zuckerberg tem medo do TikTok (e já se sabe porquê)

Mark Zuckerberg já deixou claro, mais do que uma vez, que não gosta do TikTok. No entanto, agora sabemos o que está por trás desta hostilidade pelo rival: a aplicação está a crescer muito, mesmo …

A empresa mãe da Google já vale um bilião de dólares

Esta quinta-feira, a Alphabet, empresa mãe da Google, conseguiu uma cotação na bolsa de 1 bilião de dólares, cerca de 900 mil milhões de euros. A Alphabet tornou-se, esta quinta-feira, a quarta empresa norte-americana a conseguir …

Cientistas criam "cimento vivo" capaz de se "curar"

Uma equipa de cientistas dos Estados Unidos criou um "cimento vivo" juntando areia e bactérias num material de construção capaz de se auto-reproduzir, de absorver dióxido de carbono e manter a resistência. "Já usamos materiais biológicos …

Sporting 0-2 Benfica | Águia vence dérbi e foge na frente

O Benfica foi o grande vencedor do dérbi lisboeta. Na visita ao Sporting, os “encarnados” marcaram dois golos sem resposta, ambos na segunda parte, por Rafa Silva, entrado no decorrer da segunda parte, após ter …

Um em cada seis homens é vítima de abuso sexual antes dos 18 anos

Um em cada seis homens é vítima de abuso sexual antes dos 18 anos e podem levam décadas até pedir ajuda, por nem sempre aceitarem e entenderem que sofreram violência sexual. Na maior parte dos …

"Messiah", da Netflix, reacende controvérsia sobre os limites da liberdade de expressão

A série Messiah, disponível na plataforma de streaming Netflix, acende a controvérsia em torno dos limites da liberdade de expressão e da criatividade no mundo das artes e do entretenimento. Messiah, uma série produzida por Michael …

Quadro encontrado por jardineiro era mesmo a obra desaparecida de Klimt

Em 1997, Retrato de uma Senhora desapareceu da Galeria de Arte Moderna Ricci Oddi, em Piacenza. Em dezembro, o quadro foi descoberto. Estava escondido numa parede da instituição. O quadro encontrado em dezembro, escondido na reentrância …

Terramotos modificaram a geografia de Porto Rico (e a NASA mostra como)

Os terramotos que Porto Rico tem sentido desde dezembro passado, que causaram pelo menos um morto e milhões de dólares em prejuízos, estão também a mudar a geografia desta ilha das Caraíbas. A agência espacial …

Maldivas desesperam por fundos enquanto continuam a afundar

As Maldivas correm o risco de desaparecer completamente a menos que o Governo consiga aceder a financiamentos para combater a subida das águas. Atualmente, 80% do país está um metro abaixo do nível do mar. "Não …

O avião-baleia da Airbus já fez o seu primeiro voo

https://vimeo.com/385554265 O BelugaXL, da Airbus, é um avião-baleia e é a aeronave com mais espaço de carga do mundo. O avião foi desenvolvido para transportar peças de aviões entre as várias fábricas da empresa europeia e …