EUA procuram acordo de controlo de armas nucleares com a Rússia. E querem incluir a China

Yuri Gripas /ABACA / POOL

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

O governo dos Estados Unidos (EUA) está a preparar um novo acordo para limitar o armamento nuclear do próprio país, da Rússia e da China, depois de o Presidente ter anunciado a saída do tratado “Open Skies”.

Segundo avançou o Expresso na quinta-feira, para fazer avançar o plano, o Presidente dos EUA conta com o apoio russo. O Wall Street Journal noticiou que o conselheiro de Donald Trump, Marshall Billingslea, deverá reunir-se com o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros russo em Viena. Sem data marcada, um alto funcionário do governo dos EUA indicou que todos concordam “que [deve acontecer] o mais rápido possível”.

Esta notícia surgiu no dia em que o governo Trump anunciou a saída dos EUA do tratado “Open Skies” (“Céus Abertos”), assinado entre mais de 30 países há quase 30 anos, visando reduzir o risco de guerra nuclear entre o Ocidente e a Rússia.

Trump acusou Moscovo de violar o acordo e negou que a saída venha a aumentar as tensões. “Não, acho que vamos ter uma relação muito boa com a Rússia”, disse.

De acordo com a imprensa norte-americana, Marshall Billingslea conta com a diplomacia russa para criar um novo acordo que inclua a China. A ideia seria restringir e verificar o arsenal de armamento nuclear.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Podia ser um quadro de Dalí, mas é só o degelo glacial na Islândia

Na Islândia, o degelo glacial criou uma paisagem deslumbrante que o fotógrafo espanhol Manuel Ismael Gómez de Almería não deixou passar em branco. Faz lembrar a arte surrealista de Salvador Dalí, mas é uma versão ampliada …

Digby, o cão dos bombeiros, ajudou a salvar uma mulher do suicídio

O cão Digby desempenhou um importante papel ao salvar uma mulher que estava a ponderar pôr fim à sua própria vida no Reino Unido. Digby é um cão terapeuta que ajuda as pessoas a lidar com …

Seca pode ser a "próxima pandemia e não há vacinas que a curem", alerta a ONU

A seca e a escassez de água podem afetar o planeta de forma sistémica se não forem tomadas medidas urgentes sobre a gestão da água e dos solos, alertou a Organização das Nações Unidas (ONU) …

Três portugueses morrem em desabamento de escola na Bélgica

O desabamento de uma escola em construção em Antuérpia, na Bélgica, provocou, esta sexta-feira, a morte de três portugueses. As circunstâncias em que o desabamento ocorreu ainda não são conhecidas. Fonte consular portuguesa confirmou à RTP …

António Oliveira desiste de candidatura à Câmara de Gaia

Esta sexta-feira, numa reunião de emergência, António Oliveira, candidato à Câmara de Vila Nova de Gaia, anunciou ao líder do PSD, Rui Rio, a sua desistência da corrida eleitoral. António Oliveira tinha sido a escolha de …

Elemento da comitiva olímpica portuguesa recusou vacina

Todas as outras pessoas que estarão em Tóquio, a representar Portugal, já foram vacinados contra a COVID-19. Quase todos os membros da comitiva olímpica portuguesa, que vão estar nos Jogos Olímpicos de Tóquio, foram vacinados contra …

Os balões incendiários são a mais recente arma nas tensões Israel-Hamas

Durante a noite, forças israelitas voltaram a quebrar o cessar-fogo e lançaram um ataque aéreo na Faixa de Gaza em resposta a balões incendiários lançados pelo Hamas. Ativistas palestinianos lançaram dezenas de balões incendiários por cima …

Croácia 1-1 República Checa | Perisic empata e ninguém se chateia

A República Checa empatou hoje a um golo com a Croácia, em encontro da segunda jornada do Grupo D do Euro2020 de futebol, disputado em Glasgow, colocando-se em boa posição para chegar aos oitavos de …

Rio Ave não vai admitir adeptos nos jogos

Federação confirmou que o público pode voltar ao futebol mas o clube de Vila do Conde considera que a medida anunciada é injusta e tardia. Algumas competições organizadas pela Federação Portuguesa de Futebol estão autorizadas a …

Parlamento levanta imunidade a André Ventura

O levantamento da imunidade parlamentar permite a André Ventura responder perante o Tribunal Judicial da Comarca de Braga sobre o jantar-comício nas presidenciais, que contou com mais de 170 pessoas. O Parlamento levantou, esta sexta-feira, a …