Estudo mostra que nem o dinheiro faz com que as pessoas queiram fazer exercício físico

Agora que se sabe que a vida sedentária está ligada a consequências prejudiciais para a saúde, alguns cientistas estão a criar incentivos, como pagar às pessoas para serem ativas.

A trabalhar com três mil e 515 participantes que usavam rastreio de fitness comerciais, uma equipa de investigadores tentou criar um incentivo monetário que levasse as pessoas a fazerem mais passos por dia.

Segundo os resultados do estudo publicado, na semana passada, na JAMA Open Network, no geral, as pessoas que receberam um incentivo constante por passo percorreram uma média de 306,7 passos a mais por dia do que as pessoas num grupo controlado.

O grupo de investigadores fez três cenários possíveis: no primeiro, 879 participantes receberam um pagamento constante por duas semanas — o que equivale a cerca de 1,80€ por 10 mil passos.

No segundo, foram oferecidos incentivos crescentes a 881 pessoas. Começaram com uma taxa de 45 cêntimos por 10 mil passos, mas em duas semanas essa taxa aumentou para cerca de 3,20€ por 10 mil passos. Na terceira condição, as pessoas receberam cada vez menos dinheiro ao longo de duas semanas.

Os participantes na condição de diminuição registaram, em média, um aumento de 96,9 passos por dia. Já os voluntários na condição de aumento não viram mudanças significativas na contagem de passos em comparação com o grupo controlado.

Os resultados foram claros: o incentivo constante funcionou significativamente melhor do que os pagamentos crescentes e decrescentes.

schroederhund / Pixabay

Fazer com que as pessoas se exercitem é mais complicado do que parece

O incentivo constante também lucrou mais para os seus participantes, do qual o seu grupo ganhou cerca de 14,09 euros durante duas semanas. Já os grupos de pagamento crescente e decrescente ganharam, respetivamente, 13,23 euros e 13,35 euros.

“Nas outras estratégias, receber quantias diferentes por realizar a mesma atividade pode ter sido confuso, ou até mesmo injusto, o que potencialmente pode ter contribuído para a relativa ineficácia destas estratégias”, lê-se no artigo.

O pagamento constante teve ainda outra vantagem. Quando o benefício terminou, as pessoas em incentivo constante deram 329,5 passos a mais do que o grupo controlado, na primeira semana sem receber o pagamento. Na segunda semana depois do fim de testes deram mais 315 passos.

Contudo, os efeitos só se notaram a curto prazo: na terceira semana após os incentivos terminarem, as pessoas voltaram aos seus hábitos antigos.

Mas os autores, liderados por Chethan Bachireddy, foram capazes de mostrar que a criação de um esquema de pagamento certo pode mudar quantos passos adicionais as pessoas fazem e por quanto tempo estas mantêm a mudança  o que sugere que pode haver futuras formas de corrigir o problema a longo prazo.

O estudo evidencia que embora o dinheiro seja uma boa forma de iniciar as pessoas a fazerem exercício físico, não é o suficiente para fazer com que estas mudem os seus hábitos e comportamentos antigos.

DR, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Nu num cavalo branco e de saltos altos. Retrato de Emiliano Zapata gera indignação no México

Centenas de manifestantes invadiram o Palácio de Belas Artes do México, na passada terça-feira, por causa de um retrato do general Emiliano Zapata (1879-1919), considerado um herói revolucionário no país. A obra, pintada pelo artista …

Felipe VI designa Sánchez como candidato a formar o próximo Governo

O Rei de Espanha designou, esta quarta-feira, em Madrid, o secretário-geral do PSOE e primeiro-ministro em funções como candidato a chefe do próximo Governo, anunciou a presidente do Parlamento. "Sua majestade o Rei [...] comunicou-me a …

No Porto, há um painel publicitário que recicla tanto ar como 230 árvores

O painel publicitário da Volvo, instalado na fachada de um prédio entre a Avenida da Boavista e a Rua 5 de Outubro, no Porto, é mais do que publicidade. A tela ajuda a reciclar o …

Governo recua e deixa cair proposta sobre perda de férias em caso de baixa prolongada

O Governo recuou e deixou cair a proposta apresentada aos sindicatos que previa que os funcionários públicos mais antigos que estivessem de baixa prolongada perdessem dias de férias, disse esta quarta-feira o líder da Fesap, …

Marta Temido recusa ser "refém" de Centeno e anuncia maior concentração de Urgências até ao verão de 2020

"Eu nunca me senti refém [de Mário Centeno]. Tenho alguma dificuldade nessa leitura. Este reforço de meios também permitirá injetar mais confiança no sistema e criar respostas. Mas não considero que tenho estado refém do …

IVA da luz. Proposta do Governo foi afastada há um ano porque "não tinha enquadramento legal"

Em 2018, o Bloco de Esquerda apresentou a proposta da taxa reduzida do IVA da luz para um primeiro escalão de consumo. O Governo não fez o pedido a Bruxelas - como fez agora -, …

Nenhum dos treinadores do FC Porto ou Belenenses relatou agressões à PSP

Nem Sérgio Conceição nem Pedro Ribeiro mencionaram uma eventual agressão nas suas declarações à polícia. O treinador portista deverá ser ilibado de qualquer acusação. No domingo, os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e …

Estado não cumpre os requisitos mínimos que criou para os cuidados paliativos

A maioria das equipas de cuidados paliativos do SNS não tem cumprido os requisitos mínimos definidos pelo próprio Estado. Há uma grave falta de profissionais nesta área. Os cuidados paliativos em Portugal têm vindo a regredir …

Rússia diz que pode organizar os seus próprios Jogos Olímpicos

Na sequência da exclusão por quatro anos, anunciada na segunda-feira, a presidente do Parlamento russo sugeriu que o país pode organizar os seus próprios Jogos Olímpicos. A presidente do Parlamento russo, Valentina Matviyenko, afirmou que o …

Israel vai voltar às urnas. É a terceira eleição consecutiva em menos de um ano

Israel vai ter o terceiro ato eleitoral consecutivo em menos de um ano, estancado num bloqueio político e com um primeiro-ministro acusado de corrupção. Ao terminar à meia-noite de quarta-feira o prazo do Parlamento para eleger …