Estudo identifica origem dos órgãos genitais

Patrick Tschopp / Harvard Medical School

-

Quando os animais invertebrados evoluíram do mar para a terra, foram necessárias algumas mudanças drásticas, já que os seus ancestrais marinhos não tinham necessidade de órgãos sexuais externos.

Agora, um novo estudo revela as mudanças genéticas que permitiram que os animais terrestres desenvolvessem órgãos sexuais.

A investigação divulgada na publicação científica Nature sugere que a chave da origem dos órgãos genitais estaria nos membros – pelo menos em cobras e lagartos. Nesses casos, para que as genitálias (chamadas de hemipenes) se desenvolvam, um centro de sinalização dá instruções para que os genes relevantes sejam ligados.

Inicialmente, os investigadores queriam perceber por que é que as cobras não desenvolvem membros, mas logo descobriram que os primeiros estágios do desenvolvimento genital se assemelhavam à formação dos membros.

Descobriram ainda que, com um “empurrãozinho”, células embrionárias de membros de lagartos e cobras poderiam ser transformadas em órgãos genitais. Em ratos, as células da cauda poderiam ser manipuladas de forma semelhante.

A equipa conseguiu isso movendo a posição de “uma fonte de sinalização” chamada de cloaca – uma estrutura embrionária transitória que emite moléculas de sinalização para “ligar ou desligar” genes.

“Isso demonstra que há uma flexibilidade sobre o tipo de célula que pode ser recrutada durante o desenvolvimento para formar a genitália”, disse Patrick Tschopp, da Faculdade de Medicina de Harvard (EUA), autor do estudo.

“O que nós fomos capazes de mostrar é que se transplantarmos essa cloaca em células dos membros ou da cauda, essas células respondem de uma forma que reflete o seu desenvolvimento sendo redirecionado para um destino genital. Em outras palavras, ao extraviar um sinal molecular, podemos desviar essas células nas sua trajetória de desenvolvimento.”

Com o objetivo de mudar os destinos dessas células, os investigadores traçaram as populações de células que formam os órgãos genitais durante o desenvolvimento.

“Recrutamento” de células

Os investigadores, então, analisaram os componentes genéticos das células embrionárias para identificar quais foram os genes ativados e desativados extraindo e sequenciando moléculas de RNA, os mensageiros de cada gene.

O estudo também constatou que nos ratos os órgãos sexuais tinham origens genéticas na cauda. Segundo os investigadores, isso ocorreu devido a uma posição diferente da cloaca que alterou as células que poderia “recrutar” para formar a genitália.

Tschopp explicou que a evolução genital foi outra medida de adaptação vital para a vida na terra, semelhante à forma como os membros têm uma origem evolutiva nas nadadeiras.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Amostras de sangue de animais de zoológicos ajudam a prever doenças em humanos

Os cientistas querem usar padrões genéticos similares, que estão presentes no sangue de humanos e animais há milhares de anos, para melhorar o prognóstico da doença assistida por computador. Os jardins zoológicos de Saarbrücken e Neunkirchen, …

Encontrado no topo dos Alpes um lago que não devia existir

Um montanhista capturou a formação de um lago "alarmante" no alto dos Alpes franceses depois de a neve glacial ter derretido durante a intensa onda de calor que atingiu a Europa central no final de …

Fogo na Sertã reacendeu e há aldeias cercadas pelas chamas

O incêndio no concelho da Sertã reacendeu à tarde depois de sido dado como dominado durante a madrugada, continuando os fogos no distritos de Castelo Branco a mobilizar mais de mil bombeiros e 15 meios …

Há uma cidade onde o dinheiro cresce das árvores

Morador da remota cidade de Skagway, no Alaska, há cerca de um ano, John Sasfai entra na cervejaria Skagway Brewing Co. e pede uma cerveja artesanal local à base de broto de abeto (árvore conífera …

Os gatos são um problema na Austrália. Matam mais de dois mil milhões de animais selvagens por ano

Quando os gatos vagueiam livremente, pequenos animais selvagens morrem. Na Austrália, a contagem de corpos já excede os dois mil milhões de animais nativos por ano. Na Austrália, investigadores ambientais analisaram centenas de estudos sobre os …

Morreu a antiga apresentadora da RTP Isabel Wolmar

Morreu a antiga apresentadora da RTP Isabel Wolmar. A cara histórica da estação pública tinha 86 anos. A notícia foi avançada pelo amigo Júlio Isidro na sua página oficial de Facebook. No Facebook, o apresentador da …

Cidade americana usa músicas infantis para afastar os sem-abrigo

https://vimeo.com/349252020 A cidade de West Palm Beach, no estado americano da Flórida, está a usar músicas infantis em loop para evitar que os sem-abrigo durmam no parque da cidade durante a noite. Numa tentativa desesperada e bizarra …

Nicolás Maduro acusa EUA de usarem sanções para se apoderarem do petróleo da Venezuela

O Presidente Nicolás Maduro acusou sábado os EUA de usarem as sanções contra a Venezuela como uma maneira de dominar o país para se apoderarem dos recursos petrolíferos venezuelanos. "Os EUA querem dominar-nos para controlar o …

Ministros das Finanças e da Justiça britânicos demitem-se se Boris Johnson for primeiro-ministro

O ministro das Finanças britânico, Philip Hammond, disse este domingo à BBC que se demite se o candidato à liderança do Partido Conservador Boris Johnson se tornar primeiro-ministro, por se opor a um Brexit sem …

Há 50 anos, Armstrong pousou na lua. Simulação mostra como foi

A equipa do Lunar Reconnaissance Orbiter Camera (LROC) da NASA recriou o pouso na superfície da Lua em 1969, do módulo lunar Apollo 11, conhecido como "Águia", mostrando o que o astronauta Neil Armstrong viu da …