Estudo identifica origem dos órgãos genitais

Patrick Tschopp / Harvard Medical School

-

Quando os animais invertebrados evoluíram do mar para a terra, foram necessárias algumas mudanças drásticas, já que os seus ancestrais marinhos não tinham necessidade de órgãos sexuais externos.

Agora, um novo estudo revela as mudanças genéticas que permitiram que os animais terrestres desenvolvessem órgãos sexuais.

A investigação divulgada na publicação científica Nature sugere que a chave da origem dos órgãos genitais estaria nos membros – pelo menos em cobras e lagartos. Nesses casos, para que as genitálias (chamadas de hemipenes) se desenvolvam, um centro de sinalização dá instruções para que os genes relevantes sejam ligados.

Inicialmente, os investigadores queriam perceber por que é que as cobras não desenvolvem membros, mas logo descobriram que os primeiros estágios do desenvolvimento genital se assemelhavam à formação dos membros.

Descobriram ainda que, com um “empurrãozinho”, células embrionárias de membros de lagartos e cobras poderiam ser transformadas em órgãos genitais. Em ratos, as células da cauda poderiam ser manipuladas de forma semelhante.

A equipa conseguiu isso movendo a posição de “uma fonte de sinalização” chamada de cloaca – uma estrutura embrionária transitória que emite moléculas de sinalização para “ligar ou desligar” genes.

“Isso demonstra que há uma flexibilidade sobre o tipo de célula que pode ser recrutada durante o desenvolvimento para formar a genitália”, disse Patrick Tschopp, da Faculdade de Medicina de Harvard (EUA), autor do estudo.

“O que nós fomos capazes de mostrar é que se transplantarmos essa cloaca em células dos membros ou da cauda, essas células respondem de uma forma que reflete o seu desenvolvimento sendo redirecionado para um destino genital. Em outras palavras, ao extraviar um sinal molecular, podemos desviar essas células nas sua trajetória de desenvolvimento.”

Com o objetivo de mudar os destinos dessas células, os investigadores traçaram as populações de células que formam os órgãos genitais durante o desenvolvimento.

“Recrutamento” de células

Os investigadores, então, analisaram os componentes genéticos das células embrionárias para identificar quais foram os genes ativados e desativados extraindo e sequenciando moléculas de RNA, os mensageiros de cada gene.

O estudo também constatou que nos ratos os órgãos sexuais tinham origens genéticas na cauda. Segundo os investigadores, isso ocorreu devido a uma posição diferente da cloaca que alterou as células que poderia “recrutar” para formar a genitália.

Tschopp explicou que a evolução genital foi outra medida de adaptação vital para a vida na terra, semelhante à forma como os membros têm uma origem evolutiva nas nadadeiras.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Neymar recusa treinar depois de não ser convocado

O futebolista brasileiro Neymar, que joga atualmente no PSG, recusou-se a treinar no dia seguinte a não ter sido convocado para o jogo frente ao Dijon, para a Taça de França, revelou esta quarta-feira o …

"Poesia de emergência". Espanhóis criam número de telefone para quem quiser ouvir poemas

O projeto "Poesia de Emergência" nasceu no início de 2018 e tem mais de uma centena de voluntários que recitam poemas próprios autores conhecidos. Basta ligar para um número.   A ideia, que já tem voluntários em …

Vitalino Canas: "Andei 40 anos a preparar-me para ser juiz do Tribunal Constitucional"

O ex-secretário de Estado Vitalino Canas assumiu hoje, no parlamento, que esteve nos últimos “40 anos” a preparar-se para “ser juiz do Tribunal Constitucional”, e salientou que se for eleito não será porta-voz “de nenhum …

Lei que proíbe eutanásia "comercial" considerada inconstitucional por tribunal alemão

O Tribunal Constitucional da Alemanha considerou esta quarta-feira inconstitucional uma lei de 2015 que proíbe o suicídio assistido "organizado" por médicos ou associações. A lei privou doentes em fase terminal do "direito de escolher [a sua] …

Relatório policial acusa adeptos portistas de racismo contra jogador do Moreirense

O FC Porto está a ser alvo de um processo disciplinar por acusações de racismo contra um jogador guineense do Moreirense, numa partida disputada dia 10 de janeiro. Depois de toda a polémica a envolver Marega, …

Montijo: Lei que permite veto dos municípios ao aeroporto é "desajustada e desproporcional

O ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, defendeu hoje, em Lisboa que a lei que permite aos municípios vetar a construção do aeroporto do Montijo é “desajustada e desproporcional”, pelo que deve ser alterada. “O debate …

Multimilionários chineses são quase 800. Já superaram os norte-americanos

O número de novos multimilionários chineses cresceu a um nível recorde até 31 de janeiro, ultrapassando os Estados Unidos (EUA). Apesar do surto do novo coronavírus, que tem afetado a economia chinesa, há empresas que …

Ex-jogador dos Chicago Bulls assina pelo FC Porto

O FC Porto contratou até final da época o basquetebolista norte-americano Rawle Alkins, que já jogou na NBA ao serviço dos Chicago Bulls, para substituir o lesionado compatriota Will Sheehey, anunciou hoje o clube. “Sei que …

Sánchez e Torra iniciam diálogo. Mas mantêm braço de ferro sobre a Catalunha

Os governos de Espanha e da Catalunha iniciam esta quarta-feira o diálogo sobre a questão catalã. Mas se por parte do primeiro os membros da mesa são todos ministros, do lado catalão, alguns dos escolhidos …

Alcochete. Arguido iliba Mustafá de dar ordem para o ataque à academia

O arguido Valter Semedo disse hoje em tribunal que o objetivo da ida a Alcochete no dia da invasão à academia do Sporting consistia em mostrar aos jogadores "descontentamento de uma maneira não simpática". Além …