Mesmo com poucos estudos, futebolistas portugueses sabem a importância de poupar

Hugo Delgado / Lusa

Apesar de terem poucos estudos, os jogadores e jogadoras de futebol dizem que vão fazendo poupanças ao longo da carreira.

O inquérito à literacia financeira dos jogadores profissionais decorreu entre março e maio de 2019 através de entrevistas presenciais a 424 jogadores da I Liga, II Liga, Campeonato de Portugal e campeonato de futebol feminino.

Os resultados permitiram perceber que 92,2% dos jogadores vão realizando poupanças ao longo da carreira, que 58,5% fizeram o ensino escolar obrigatório (12.º ano) ou que 8,2% terminaram um curso superior.

Quase 92% dos jogadores inquiridos disse gerir o seu próprio rendimento, sendo que 79% o fazem sozinhos. Apenas 7% afirmaram que é totalmente gerido por terceiros.

Quanto aos rendimentos auferidos mensalmente, apesar de 26,4% não ter respondido à questão, 28,5% afirmou que recebe acima dos 2.500 euros, sendo mais de metade jogadores do principal escalão, 26,4% recebe entre mil e 1500 euros e 13,9% aufere entre 500 e mil euros.

Há ainda 1,7% de entrevistados que não têm rendimento, na maioria com idade igual ou inferior a 20 anos (57,1%) e a jogar na II Liga (71,4%).

O inquérito resultou de um protocolo de cooperação entre o Conselho de Supervisores Financeiros (Banco de Portugal, Comissão de Mercado de Valores Mobiliários e Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões) e o SJPF, que tem como objetivo a formação e sensibilização da importância de criar hábitos de poupança e gerir adequadamente recursos financeiros.

À margem da apresentação dos resultados do inquérito, que decorreu no Auditório Alcínio Miguel, da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Bragança, o presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF), Joaquim Evangelista, disse que durante muito tempo os jogadores se limitaram a jogar futebol, mas que é fundamental que desenvolvam a capacidade de poupar e preparar o futuro.

Para Joaquim Evangelista, a carreira de um futebolista profissional é “curta e tem um desgaste enorme”, defendendo que os jogadores devem “preparar o futuro”.

O presidente do SJPF realçou que os jogadores devem “ter consciência das características da sua profissão”, para não serem surpreendidos no futuro. Sobre a escolaridade dos jogadores, Joaquim Evangelista lembra que em Portugal havia “um divórcio enorme entre a escola e o desporto”, mas que “esse paradigma está a mudar”.

“O sindicato já ajuda, por exemplo, ao nível da qualificação, pois já conseguimos que mais de 150 jogadores fizessem o 12.º ano ao âmbito do programa qualifica”, vincou.

Apesar da ideia geral de que os jogadores de futebol ganham muito dinheiro, o dirigente realçou que o estudo demonstra o contrário, pois “há uma minoria que ganha, mas a grande maioria não recebe esses salários elevados”.

“Em Portugal há características próprias como o incumprimento salarial, desemprego, jogadores a treinarem à parte nos clubes e tudo isso acrescenta problemas aos jogadores que precisam de estar preparados”, analisou.

O antigo jogador profissional de futebol, Marco Ferreira, de 41 anos, também marcou presença na apresentação e destacou que atualmente há mais “formação e informação”, mas que no seu tempo houve muitos colegas a “não saberem gerir o seu dinheiro”.

Natural de Vimioso, no distrito de Bragança, o antigo jogador de clubes como FC Porto e Benfica contou ainda que graças à profissão do pai, gerente bancário, sempre teve um bom acompanhamento na gestão das suas finanças.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O envelhecimento celular em humanos foi parcialmente revertido (com o uso de oxigénio)

Investigadores da Universidade de Tel Aviv, em Israel, descobriram uma forma de reverter o processo de envelhecimento celular e podem ter feito um avanço na procura pela juventude eterna. O novo estudo publicado na revista Aging …

Porto 0-0 Man City | Pragmatismo portista garante “oitavos”

O FC Porto está nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Os “azuis-e-brancos” precisavam apenas de um empate, ou que o Olympiacos não vencesse em França, em casa do Marselha, e ambos os pressupostos aconteceram – …

O céu tingiu-se de roxo na Suécia (e a culpa era de uma plantação de tomates)

O céu ficou misteriosamente tingido de roxo em Trelleborg, a cidade mais a sul da Suécia, por causa da luz vinda de uma plantação de tomate enuma cidade próxima. Há algumas semanas, os moradores de Trelleborg …

Maurícias estão a abater um morcego ameaçado de extinção por interesses económicos

O morcego das Maurícias, em perigo de extinção, é mais uma vez o centro de um polémico abate nas mãos do Governo, para alarme das organizações de conservação da vida selvagem. Sob pressão de agricultores e …

Procurador-geral dos EUA: não há provas de fraude eleitoral generalizada

O procurador-geral dos Estados Unidos da América, William Barr, reconheceu hoje que não houve fraude em dimensão suficiente para invalidar a vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais norte-americanas. "Nesta altura, não vimos fraude a …

Parque de esculturas subaquático vai ser inaugurado em Miami

Miami vai servir de casa para um novo parque de esculturas subaquático como nunca viu. O ReefLine é projetado para servir como um recife artificial e vai estar disponível a receber visitantes em dezembro de …

Da "política do filho único" aos incentivos à natalidade: como a China tem mudado a sua estratégia populacional

A China está a planear incluir novas medidas para estimular a taxa de natalidade do país e lidar com o rápido envelhecimento da população. A estratégia passa pelo “plano de cinco anos” que deverá estar …

Vacinação será “grande prioridade” de presidência portuguesa da UE

O primeiro-ministro português, António Costa, referiu hoje que a vacinação contra a covid-19 deverá ser uma das “grandes prioridades” da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE), após um encontro com o presidente do …

No Cambodja, os aldeões usam "espantalhos mágicos" para afastar a covid-19

Os aldeões do Cambodja têm evitado a pandemia de covid-19 sem máscaras nem distanciamento social, mas sim com "espantalhos mágicos" que espantam o vírus mortal. Os dois espantalhos de Ek Chan, um aldeão de 64 anos, …

O Arecibo desabou. É o fim de uma era à procura de vida extraterrestre

O Observatório de Arecibo, em Porto Rico, morreu. Três semanas depois de um dos principais cabos de sustentação da sua cúpula ter desabado, danificado irremediavelmente o radiotelescópio, o icónico caçador de vida extraterrestre antecipou-se à …