Mesmo com poucos estudos, futebolistas portugueses sabem a importância de poupar

Hugo Delgado / Lusa

Apesar de terem poucos estudos, os jogadores e jogadoras de futebol dizem que vão fazendo poupanças ao longo da carreira.

O inquérito à literacia financeira dos jogadores profissionais decorreu entre março e maio de 2019 através de entrevistas presenciais a 424 jogadores da I Liga, II Liga, Campeonato de Portugal e campeonato de futebol feminino.

Os resultados permitiram perceber que 92,2% dos jogadores vão realizando poupanças ao longo da carreira, que 58,5% fizeram o ensino escolar obrigatório (12.º ano) ou que 8,2% terminaram um curso superior.

Quase 92% dos jogadores inquiridos disse gerir o seu próprio rendimento, sendo que 79% o fazem sozinhos. Apenas 7% afirmaram que é totalmente gerido por terceiros.

Quanto aos rendimentos auferidos mensalmente, apesar de 26,4% não ter respondido à questão, 28,5% afirmou que recebe acima dos 2.500 euros, sendo mais de metade jogadores do principal escalão, 26,4% recebe entre mil e 1500 euros e 13,9% aufere entre 500 e mil euros.

Há ainda 1,7% de entrevistados que não têm rendimento, na maioria com idade igual ou inferior a 20 anos (57,1%) e a jogar na II Liga (71,4%).

O inquérito resultou de um protocolo de cooperação entre o Conselho de Supervisores Financeiros (Banco de Portugal, Comissão de Mercado de Valores Mobiliários e Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões) e o SJPF, que tem como objetivo a formação e sensibilização da importância de criar hábitos de poupança e gerir adequadamente recursos financeiros.

À margem da apresentação dos resultados do inquérito, que decorreu no Auditório Alcínio Miguel, da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Bragança, o presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF), Joaquim Evangelista, disse que durante muito tempo os jogadores se limitaram a jogar futebol, mas que é fundamental que desenvolvam a capacidade de poupar e preparar o futuro.

Para Joaquim Evangelista, a carreira de um futebolista profissional é “curta e tem um desgaste enorme”, defendendo que os jogadores devem “preparar o futuro”.

O presidente do SJPF realçou que os jogadores devem “ter consciência das características da sua profissão”, para não serem surpreendidos no futuro. Sobre a escolaridade dos jogadores, Joaquim Evangelista lembra que em Portugal havia “um divórcio enorme entre a escola e o desporto”, mas que “esse paradigma está a mudar”.

“O sindicato já ajuda, por exemplo, ao nível da qualificação, pois já conseguimos que mais de 150 jogadores fizessem o 12.º ano ao âmbito do programa qualifica”, vincou.

Apesar da ideia geral de que os jogadores de futebol ganham muito dinheiro, o dirigente realçou que o estudo demonstra o contrário, pois “há uma minoria que ganha, mas a grande maioria não recebe esses salários elevados”.

“Em Portugal há características próprias como o incumprimento salarial, desemprego, jogadores a treinarem à parte nos clubes e tudo isso acrescenta problemas aos jogadores que precisam de estar preparados”, analisou.

O antigo jogador profissional de futebol, Marco Ferreira, de 41 anos, também marcou presença na apresentação e destacou que atualmente há mais “formação e informação”, mas que no seu tempo houve muitos colegas a “não saberem gerir o seu dinheiro”.

Natural de Vimioso, no distrito de Bragança, o antigo jogador de clubes como FC Porto e Benfica contou ainda que graças à profissão do pai, gerente bancário, sempre teve um bom acompanhamento na gestão das suas finanças.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A linguagem de Benoit está a morrer. O senegalês quer salvá-la através da música

O senegalês Benoit Fader Keita está a usar o poder da música para salvar a sua linguagem, ménik, que tem apenas 3 mil falantes e está em risco de extinção. Benoit Fader Keita nasceu no Senegal …

Doença cerebral misteriosa intriga médicos no Canadá

 A doença misteriosa foi identificada, pela primeira vez, em 2015, num doente considerado um "caso isolado e atípico". Há quase dois anos, Roger Ellis desmaiou depois de ter tido uma convulsão durante o 40.º aniversário de …

Estudo sugere que há quatro tipos de Alzheimer

Uma equipa de investigadores sugere que há quatro tipos da doença de Alzheimer, que atacam diferentes zonas do cérebro e têm sintomas distintos. Um novo estudo sugere que o Alzheimer é uma doença bem mais complexa …

Jovens tentam salvar vidas na Índia através do Youtube. Plataforma elimina vídeos por serem "perigosos"

A Índia continua a debater-se com a grave crise sanitária desencadeada pela covid-19. Jovens indianos publicaram no Youtube vídeos a produzir oxigénio em casa, usando processos químicos ensinados nas escolas. A plataforma eliminou-os. De acordo com …

Shuvuuia era um dinossauro do tamanho de uma galinha, que caçava às escuras

Os investigadores descobriram que Shuvuuia, um pequeno dinossauro do tamanho de uma galinha, tinha uma excelente audição e visão noturna, que lhe permitiam caçar de noite. São poucas as aves que têm aquilo que é preciso …

Na China, é ilegal pedir comida em excesso nos restaurantes

A China aprovou uma lei anti-desperdício de alimentos que proíbe clientes de restaurantes de pedirem mais do que precisam, uma legislação abrangente pode prejudicar a experiência de comer fora de casa. A lei, que entrou em …

Sindicato de pilotos denuncia pedidos da TAP para voos em folga

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) denunciou pedidos da Transportadora Aérea Portuguesa (TAP) para que alguns trabalhadores efetuem voos em dias de folga, ao mesmo tempo que afirma ter pilotos em excesso. Num email …

Bayern Munique 'festeja' nono título consecutivo com goleada

O Bayern Munique coroou este sábado o seu nono título consecutivo na Liga alemã de futebol com uma goleada no triunfo diante do Borussia Moenchengladbach (6-0), num jogo com um hat-trick de Lewandowski. Antes de pisar …

A piscina infinita mais alta do mundo fica no Dubai

Haverá poucas coisas tão libertadoras como dar um mergulho numa piscina infinita com vista para o oceano. Agora, quem visitar o Dubai poderá fazê-lo numa piscina a quase 300 metros acima do nível do mar. Segundo …

"Polskie Babcie", as avós que lutam pela democracia na Polónia

Um grupo de idosas polacas organiza protestos, todas as semanas, para lutar pela democracia no país, governado pelo partido de direita nacional-conservador e democrata-cristão Lei e Justiça (PiS). É hora de ponta em Varsóvia, capital da …