Estudo descobre provas de consciência depois da morte durante vários minutos

O maior estudo já feito sobre experiências de quase morte mostrou que cerca de 40% dos pacientes têm algum tipo de memória sobre o período em que estiveram clinicamente mortos.

O estudo, publicado no jornal Ressuscitation, sugere que uma pessoa pode continuar com actividade cerebral até três minutos depois de o seu coração parar completamente.

Durante quatro anos, cientistas da Universidade de Southampton, em Inglaterra, analisaram os casos de 2.060 pessoas que sofreram paragens cardíacas em 15 hospitais na Grã-Bretanha, Estados Unidos e Áustria.

Entre os 330 que sobreviveram, 140 puderam ser entrevistados e, destes, 55 (39%) mostraram ter alguma percepção ou lembrança do período em que estavam tecnicamente mortos.

nourfoundation.com

Sam Parnia, professor de Medicina na Universidade Estadual de Nova Iorque.

Sam Parnia, professor de Medicina na Universidade Estadual de Nova Iorque.

Entretanto, apenas duas pessoas relataram lembranças precisas sobre as suas experiências de quase morte.

Uma luz brilhante

Uma destas pessoas, um homem de 57 anos, relatou que observou de um canto da sala, enquanto os médicos executavam o procedimento de reanimação do seu corpo.

“Nós sabemos que o cérebro não pode funcionar depois de o coração parar de bater”, explicou Sam Parnia, um dos autores do estudo.

“Mas neste caso parece que a consciência continuou funcionando durante pelo menos três minutos”, acrescentou Parnia, professor de Medicina na Universidade Estadual de Nova Iorque.

“O homem descreveu tudo o que se passou no quarto. Descreveu de forma precisa as pessoas, os sons e actividades da sua reanimação”, explica o investigador.

“Tudo o que ele disse pareceu-nos credível e foi confirmado pelas outras pessoas presentes no local. Os registos médicos confirmam o relato”, conta Parnia, citado pelo Telegraph.

Segundo o estudo, o normal é a ocorrência de actividade cerebral residual entre 20 a 30 segundos após a paragem cardíaca.

A maior parte dos entrevistados não se lembrava de detalhes, mas descreveu sensações e imagens que se repetiram nos relatos. Cerca de 20% dos entrevistados disseram que se sentiram em paz, e 27% disseram que o tempo desacelerou ou acelerou.

Alguns lembram-se de ver uma luz brilhante, outros relataram medo, sensação de afogamento ou de ser sugado para águas profundas.

13% disseram que se sentiram separados dos seus corpos e o mesmo número diz que os seus sentidos ficaram mais aguçados do que o normal.

Além disso, 8% disseram ter encontrado algum tipo de presença mística ou voz identificável, e 3% viram espíritos religiosos ou de pessoas mortas.

Ninguém relatou ter vivido experiências do futuro.

O estudo destaca que, apesar de os pacientes terem aparentemente mais tempo de consciência durante a morte clínica, as suas memórias podem ser afectadas pelo impacto do processo de reanimação no cérebro ou pelos sedativos usados.

Os autores do estudo, citados pela BBC, apontaram no entanto limitações na investigação, em particular o baixo número de pacientes com memórias explícitas sobre o momento da morte clínica, o que impediu que houvesse análises mais profundas.

ZAP // BBC

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. eu tb tive experiencias destas. senti o calor do inferno e ouvi vozes. fui reanimado duas vezes antes de voltar a vida. qdo cheguei e vi que o passos ainda estava ca, desejei voltar.

  2. Eu enquanto vagava pelas portas do além vi o Diabo que me disse estar à espera do Passos, pelo que regressei na esperança de não o encontrar por aqui… enganou-me!

RESPONDER

Diário de oficial nazi revela localização de tesouro escondido na Polónia durante a 2.ª Guerra Mundial

Um diário que esteve na posse de uma sociedade secreta durante décadas contém um mapa que descreve a localização de mais de 30 toneladas de ouro escondidas pelos nazis durante a Segunda Guerra Mundial. Escrito há …

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …

Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia. Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às …

Já não mostra só as filas do supermercado. App "Posso ir?" também diz se pode ir à praia

A aplicação móvel que permite aos utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados também mostra como está a praia. Agora, a aplicação "Posso ir?" vai também dizer-lhe se é ou não prudente ir dar …

Discurso xenófobo. Na Áustria, "a islamofobia tornou-se uma forma dominante de racismo"

A Áustria regista um aumento preocupante do discurso xenofóbico, em particular em relação aos muçulmanos e refugiados, alerta um relatório do Conselho da Europa. A Comissão do Conselho da Europa contra o Racismo e a Intolerância …

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia é uma invenção

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia de coronavírus é uma invenção, de acordo com uma pesquisa realizada pela Escola Superior de Economia de Moscou (HSE). Segundo avançou o site de notícias RBC, citado …