Estrelas em explosão perto da Terra podem ter posto a Humanidade a andar de pé

NASA

Impressão de artista de uma supernova

Uma equipa de investigadores liderada por Adrian Malott, professor emérito de física e astronomia na Universidade do Kansas, nos EUA, sugere que os nossos ancestrais começaram a caminhar de pé devido a uma série de supernovas.

A investigação descreve como, há cerca de oito milhões de anos, as supernovas – estrelas em explosão no final da sua vida – bombardearam a Terra com energia cósmica e esse processo terá atingido o seu apogeu há cerca de 2,6 milhões de anos.

Naquela época, na baixa atmosfera do nosso planeta, iniciou-se uma avalanche de eletrões, levando à cadeia de eventos que levou ao bipedismo nos nossos ancestrais, de acordo com o estudo publicado na revista especializada The Journal of Geology.

Especificamente, acredita-se que a ionização atmosférica poderia ter causado um enorme aumento de relâmpagos, que por sua vez, causou incêndios florestais. Esta poderia ser uma das razões pelas quais os hominídeos começaram a andar sobre duas pernas: tiveram de se adaptar às savanas que substituíram as florestas queimadas no nordeste da África.

“Acredita-se que já havia uma tendência para os hominídeos andarem sobre duas pernas antes mesmo deste evento”, disse Adrian Melott em comunicado. “No entanto, adaptaram-se principalmente para escalar árvores.”

Depois dessa adaptação à savana, os hominídeos tinham de caminhar muito mais frequentemente de uma árvore para outra através dos prados, por isso era melhor andar na vertical: conseguiam ver acima da relva alta e detetar predadores“, acrescentou.

Uma análise de restos de ferro-60 nos leitos marinhos do mundo mostrou que a ionização da atmosfera por culpa dos raios cósmicos teria tido origem numa supernova que explodiu na vizinhança cósmica da Terra, a cerca de 163 anos-luz, durante a transição entre o Plistoceno e a Idade do Gelo há 2,6 milhões de anos.

“Aparentemente, essa foi a mais próxima série de supernovas muito mais extensa”, assinalou o autor do estudo, acrescentando que a mesma “teria aumentado a ionização da atmosfera inferior em 50 vezes“.

Pela sua parte, Brian Thomas disse que o aumento dos relâmpagos como consequência da ionização, assim como o início dos incêndios florestais em todo o planeta foram corroborados pela descoberta de resíduos de carbono nos solos, que correspondem à cronologia de bombardeio de raios cósmicos.

Segundo Melott, “o aumento de incêndios estimulou a transição da floresta para a savana em muitos lugares, o que se acredita estar relacionado com a evolução humana no nordeste de África”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Joe Biden promete retirar todas as tropas do Afeganistão até 11 de setembro de 2021

O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, vai propor a retirada de todas as tropas do Afeganistão até ao dia 11 de setembro de 2021, no vigésimo aniversário do ataque ao World Trade Center. Segundo o …

120 anos depois, IA ajuda a recriar pintura escondida sob obra-prima de Picasso

A Inteligência Artificial (IA) ajudou a recriar uma obra de arte que esteve escondida sob uma pintura de Pablo Picasso durante quase 120 anos. Uma misteriosa paisagem esconde-se debaixo da superfície visível de La Miséreuse Accroupie …

Assistente que não validou golo de Portugal na Sérvia afastado do Euro 2020

O holandês Mario Diks, o árbitro assistente que não validou o golo de Cristiano Ronaldo nos instantes finais do Sérvia-Portugal, na qualificação para o Mundial 2022 de futebol, confirmou nesta terça-feira que vai falhar o …

Rússia está a criar a primeira unidade militar com tanques robôs

A agência de notícias estatal TASS avança que o Exército russo está a montar a sua primeira unidade militar armada com tanques robôs. O Exército russo está a desenvolver a sua primeira unidade militar armada com …

PSD propõe solução ao Governo para reduzir injeção no Novo Banco

O PSD defende que o Governo tem um argumento jurídico que pode usar para limitar os pagamentos do Fundo de Resolução ao Novo Banco este ano. Em causa está um artigo do Código Civil que …

Quarentena de 21 dias, testes e fecho de casinos levam Macau a erradicar covid-19

Macau, um dos primeiros territórios a identificar o novo coronavírus, é agora um dos locais livres de covid-19, estando há cerca de 380 dias sem qualquer registo de infeção local, segundo os dados oficiais. O …

Costa preocupado com desconfinamento. Concelhos de risco dão dores de cabeça

Com a terceira fase de desconfinamento aí à porta, o Governo ainda tem dúvidas sobre o que fazer, mantendo algumas pontas soltas. A maior preocupação incide nos conselhos onde há mais casos. Durante a reunião do …

Para prevenir acidentes, China inaugura o primeiro semáforo para camelos do mundo

Autoridades do norte da China inauguraram este domingo o que dizem ser o primeiro sinal de trânsito para camelos do mundo perto da cidade de Dunhuang, província de Gansu. O semáforo para camelos entrou em operação …

PRR terá mecanismo de fiscalização no Parlamento. PSD quer bazuca durante a presidência portuguesa da UE

O ministro do Planeamento, Nelson Souza recebeu nesta terça-feira, os partidos com assento parlamentar e as deputadas não inscritas para conversas bilaterais sobre o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Trata-se da chamada "bazuca" que virá …

Ministro da Saúde austríaco demite-se por falta de apoio na gestão da pandemia

O ministro da Saúde de Áustria, Rudolf Anschober, anunciou esta terça-feira a sua demissão, devido à falta de apoio na gestão da crise pandémica, cessando funções na próxima segunda-feira. "A situação é dramática nos serviços de …