Estrela que pisca com frequência inexplicável pode estar a devorar planetas

A estrela RZ Piscium fica a 550 anos-luz da Terra, na constelação de Pisces, e emite um brilho intermitente, com ritmo errático.

Cada episódio de escuridão pode durar até dois dias, e a estrela torna-se 10 vezes menos iluminada. Produz muito mais energia no comprimento de onda infravermelho do que estrelas como o Sol, o que indica que está cercada por um enorme disco de poeira.

“As nossas observações mostram que há aglomerados massivos de poeira e gás que ocasionalmente bloqueiam a luz da estrela e provavelmente estão a ir na sua direção”, diz a doutoranda do Instituto de Tecnologia Rochester, Kristina Punzi.

Essas e outras observações fizeram com que os astrónomos concluíssem que a RZ Piscium é uma estrela jovem parecida com o Sol. Outra visão sugere que a estrela seja mais velha do que o Sol e que esteja a começar a sua transição para gigante vermelha.

Um disco de poeira do início da vida da estrela teria se dispersado depois de alguns milhões de anos, então os astrónomos precisavam de outra explicação para toda a poeira a sua volta. Uma explicação possível seria a de que a destruição de planetas com órbitas próximas criaria toda essa poeira.

Mas afinal de contas, a RZ Piscium é uma jovem estrela com disco de detritos ou uma idosa destruidora de planetas? De acordo com a pesquisa de Punzi, é um pouco dos dois.

No estudo, foram usadas informações captadas pelo satélite XMM-Newton, da Agência Espacial Europeia, pelo observatório Lick na Califórnia e pelo observatório W. M. Keck no Havaí.

A estrela tem temperatura de 5.330 ºC, pouco menos que a do Sol. A sua superfície é rica em lítio, que é lentamente destruído por reações nucleares que acontecem nas estrelas. Através do estudo da quantidade de lítio, é possível estimar a idade da estrela. A RZ Piscium tem entre 30 a 50 milhões de anos.

Apsar de ser considerada jove, é muito velha para ainda estar cercada por tanto gás e poeira. “A maioria das estrelas parecidas com o Sol perde os seus discos formadores de planetas em poucos milhões de anos do nascimento. O facto de a RZ Piscium ainda ter tanto gás e poeira depois de dezenas de milhões de anos significa que está provavelmente a destruir planetas, em vez de os criar”, diz o pesquisador Ben Zuckerman, professor de astronomia da Universidade da Califórnia em Los Angeles.

A observação dos investigadores mostra que essa poeira está a escapar da estrela e ao mesmo tempo a ser absorvida por ela.

A melhor explicação é que a estrela esteja cercada por detritos que representam o resultado de um desastre de proporções planetárias. É possível que a estrela esteja a arrancar materiais de vizinhos, produzindo a corrente intermitente de gás e poeira. Outra possibilidade é que planetas ricos em gás tenham passado por uma colisão catastrófica em um passado recente.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “A estrela tem temperatura de 5.330 ºC, pouco menos que a do Sol.”
    A “certeza no cagar” destes cientistas!
    Podiam ser 5.320 ou 5.340 mas tal é a precisão, são só 550 anos de luz que qualquer termómetro a essa distância nos dá esse valor preciso.
    A minha duvida nem está nos meses e dias de luz aquém ou além do 550 anos mas sim se começaram a contar isso em ano bissexto.
    Como dizia o F. Pessa e esta hem?

  2. o que me admira nestes estudos é eles terem tanta informação e depois quando precisamos duma foto nítida de plutão que é aqui no quintal do vizinho em comparação com estas distâncias e tivemos de esperar pela sonda new horizons

RESPONDER

A Via Láctea roubou minúsculas galáxias à sua vizinha

Utilizando dados obtidos pelo Telescópio Gaia, os cientistas chegaram à conclusão que a Via Láctea "sequestrou" galáxias da Grande Nuvem de Magalhães, uma outra galáxia que a orbita. No nosso Universo, a regra é orbitar: a …

Pode ter sido encontrada (e ignorada) vida em Marte em 1976, defende antigo cientista da NASA

O antigo cientista da agência espacial norte-americana Gilbert V. Levin afirma que foram encontradas evidências de vida em Marte na década de 70. No entender do especialista, deviam ter sido levado a cabo mais investigações …

Era marketing. Fortnite voltou (e está diferente)

Depois de 10 temporadas, um buraco negro engoliu a ilha na qual diariamente milhões de jogadores tentavam sobreviver, matando-se uns aos outros. Durante um dia e meio, ninguém podia jogar. O susto acabou esta terça-feira, …

Cientistas determinam o que diminui a fertilidade das mulheres com o avanço da idade

Investigadores da Universidade de Copenhaga mapearam alguns dos mecanismos que podem afetar a fertilidade das mulheres desde a adolescência até a menopausa. A fertilidade natural das mulheres flutua entre altos e baixos na forma de uma …

Dono do Paris Saint-Germain quer comprar o Leeds (e torná-lo no novo Manchester City)

A Qatar Sports Investments (QSI), empresa que é detida por Nasser Al Khelaifi, quer dar o salto para o mercado inglês e adquirir o Leeds United, emblema que milita atualmente no segundo escalão. Na semana em …

Município italiano proíbe Google Maps. App faz com que muitas pessoas se "percam"

O autarca do município italiano de Baunei, na Sardenha, proibiu o uso do Google Maps na região, argumentando que "muitas" pessoas se perderam por causa de "sugestões enganosas" do serviço de localização. A informação é …

Pedalar mais dá direito a prémios. Tecnologia portuguesa desperta interesse de Copenhaga

Depois de se ter estreado em Matosinhos e de ter despertado interesse em Nova Iorque, um programa português que premeia comportamentos de mobilidade ambientalmente sustentáveis chamou a atenção em Copenhaga. O AYR, desenvolvido pela empresa CEiiA …

Associação de Armas americana editou artigos da Wikipédia para desacreditar o Holocausto

A National Rifle Association (Associação Nacional de Armas) dos Estados Unidos tem estado a editar artigos da Wikipédia de forma a desacreditar o Holocausto. Um trabalho de investigação da Splinter identificou pelo menos 150 edições em …

Bebé recém-nascida encontrada enterrada viva numa sepultura na Índia

Uma bebé recém-nascida enterrada viva foi encontrada na Índia por um pai que estava a enterrar a filha, que morreu após o parto, revelou o chefe da polícia local, Abhinandan Singh. A menina foi encontrada dentro …

Reutilização é a verdadeira alternativa a plástico descartável

A alternativa aos produtos de plástico descartáveis tem sido outros produtos também descartáveis, mas a melhor solução passa pela reutilização, indica um relatório divulgado esta terça-feira, que dá exemplos de sucesso. O documento, “The Reusable solutions: …