Estrela massiva desapareceu sem deixar rasto (e ninguém sabe para onde foi)

ESO/L. Calçada

Uma estrela massiva e particularmente brilhantes que os astrónomos observavam há décadas desapareceu dos céus sem deixar qualquer rasto.

Localizada perto da galáxia anã Kinman e com um brilho 2,5 vezes mais intenso do que o Sol, esta estrela desapareceu depois de uma década de monitorização. Em 2019, os astrónomos foram verificar o astro, mas este tinha desaparecido.

A cerca de 75 milhões de anos-luz de distância da Terra, na constelação de Aquário, a galáxia Kinman está longe demais para que os astrónomos possam observar estrelas individuais, nota o Sapo Tek. No entanto podem ser detetadas as assinaturas de alguns destes corpos, como foi o caso desta estrela brilhante que desapareceu.

O desaparecimento é um caso incomum, tal como refere o Gizmodo, que nota, contudo, que os especialistas têm duas explicações possíveis para justificar o desaparecimento – apesar de ninguém saber ao certo o que tirou esta estrela da “vista” dos telescópios.

De acordo com um novo estudo, cujos resultados foram esta semana publicados na revista Monthly Notices da Royal Astronomical Society, há dois cenários possíveis: a estrela pode ter diminuído drasticamente o seu brilho, sendo também obscurecida por uma nuvem de poeira ou, no segundo cenário, o mais estranho, pode ter morrido e ter-se transformado num buraco negro sem explodir numa supernova.

A confirmar-se o segundo cenário, esta seria apenas a segunda estrela já registada a tornar-se num buraco negro sem explodir numa supernova, frisa o portal Science Alert.

“Podemos ter detetado uma das estrelas mais massivas do Universo local a entrar suavemente na escuridão“, disse o astrofísico e co-autor do estudo Jose Groh, do Trinity College Dublin, na Irlanda.

Seja qual for o cenário que explique o fenómeno, os cientistas perderam uma oportunidade de atualizar os modelos baseados nesta estrela. Ainda assim, sublinha o Gizmodo a oportunidade de investigar uma estrela “desaparecida” compensa a perda inicial.

Todos ficamos agradavelmente surpresos ao descobrir que a assinatura da estrela não estava presente na nossa primeira observação (…) Inicialmente, esperávamos uma observação de alta resolução que se assemelhasse às observações anteriores”, disse ao portal Gizmodo Andrew Allan, autor principal do estudo.

ZAP //

 

 

 

 

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Foi dar uma curva para outras paragens, possivelmente até já andaria a espreitar a balburdia que vai aqui na Terra e desiludida mudou de local.

RESPONDER

Inglaterra 0-0 Escócia | Nulo total no dérbi britânico

A Inglaterra empatou hoje 0-0 com a Escócia, em jogo da segunda jornada do Grupo D do Euro 2020 de futebol, e desperdiçou a oportunidade de garantir já um lugar nos oitavos de final do …

Infeção pelo coronavírus pode não garantir proteção prolongada, revela estudo

Um novo estudo britânico sugere que uma infeção pelo SARS-CoV-2 não garante que o hospedeiro desenvolva uma resposta imunitária prolongada contra o vírus, sendo a imunidade "altamente variável de pessoa para pessoa". Segundo a pesquisa do …

Ex-ministro da Bolívia planeou um segundo golpe usando mercenários dos EUA

O vazamento de gravações telefónicas e e-mails revelam que um ex-ministro da Defesa boliviano estava a preparar-se para usar tropas estrangeiras para impedir que o partido de esquerda MAS regressasse ao poder. Os documentos e registos …

Espécie rara de orquídea encontrada em telhado de banco de investimentos em Londres

Uma espécie rara de orquídea, que se acredita estar extinta no Reino Unido, foi descoberta no jardim do telhado de um banco de investimentos em Londres. Segundo o The Guardian, a Serapias parviflora, uma espécie rara …

Pintura de David Bowie comprada por três euros vai agora ser leiloada por milhares

A pintura do ícone do rock, David Bowie, deverá ser vendida por milhares de dólares num leilão de arte online. O retrato, intitulado "DHead XLVI", faz parte de um conjunto de aproximadamente 47 obras que David …

Vila Nova de Milfontes vai ter praia para cães

A praia pet friendly, que fica próxima de Furnas-Rio, vai funcionar já esta época balnear de forma experimental. Uma praia concessionada que também admite cães vai funcionar, nesta época balnear, de forma experimental, em Vila Nova …

Podia ser um quadro de Dalí, mas é só o degelo glacial na Islândia

Na Islândia, o degelo glacial criou uma paisagem deslumbrante que o fotógrafo espanhol Manuel Ismael Gómez de Almería não deixou passar em branco. Faz lembrar a arte surrealista de Salvador Dalí, mas é uma versão ampliada …

Digby, o cão dos bombeiros, ajudou a salvar uma mulher do suicídio

O cão Digby desempenhou um importante papel ao salvar uma mulher que estava a ponderar pôr fim à sua própria vida no Reino Unido. Digby é um cão terapeuta que ajuda as pessoas a lidar com …

Seca pode ser a "próxima pandemia e não há vacinas que a curem", alerta a ONU

A seca e a escassez de água podem afetar o planeta de forma sistémica se não forem tomadas medidas urgentes sobre a gestão da água e dos solos, alertou a Organização das Nações Unidas (ONU) …

Três portugueses morrem em desabamento de escola na Bélgica

O desabamento de uma escola em construção em Antuérpia, na Bélgica, provocou, esta sexta-feira, a morte de três portugueses. As circunstâncias em que o desabamento ocorreu ainda não são conhecidas. Fonte consular portuguesa confirmou à RTP …