Estrela massiva desapareceu sem deixar rasto (e ninguém sabe para onde foi)

ESO/L. Calçada

Uma estrela massiva e particularmente brilhantes que os astrónomos observavam há décadas desapareceu dos céus sem deixar qualquer rasto.

Localizada perto da galáxia anã Kinman e com um brilho 2,5 vezes mais intenso do que o Sol, esta estrela desapareceu depois de uma década de monitorização. Em 2019, os astrónomos foram verificar o astro, mas este tinha desaparecido.

A cerca de 75 milhões de anos-luz de distância da Terra, na constelação de Aquário, a galáxia Kinman está longe demais para que os astrónomos possam observar estrelas individuais, nota o Sapo Tek. No entanto podem ser detetadas as assinaturas de alguns destes corpos, como foi o caso desta estrela brilhante que desapareceu.

O desaparecimento é um caso incomum, tal como refere o Gizmodo, que nota, contudo, que os especialistas têm duas explicações possíveis para justificar o desaparecimento – apesar de ninguém saber ao certo o que tirou esta estrela da “vista” dos telescópios.

De acordo com um novo estudo, cujos resultados foram esta semana publicados na revista Monthly Notices da Royal Astronomical Society, há dois cenários possíveis: a estrela pode ter diminuído drasticamente o seu brilho, sendo também obscurecida por uma nuvem de poeira ou, no segundo cenário, o mais estranho, pode ter morrido e ter-se transformado num buraco negro sem explodir numa supernova.

A confirmar-se o segundo cenário, esta seria apenas a segunda estrela já registada a tornar-se num buraco negro sem explodir numa supernova, frisa o portal Science Alert.

“Podemos ter detetado uma das estrelas mais massivas do Universo local a entrar suavemente na escuridão“, disse o astrofísico e co-autor do estudo Jose Groh, do Trinity College Dublin, na Irlanda.

Seja qual for o cenário que explique o fenómeno, os cientistas perderam uma oportunidade de atualizar os modelos baseados nesta estrela. Ainda assim, sublinha o Gizmodo a oportunidade de investigar uma estrela “desaparecida” compensa a perda inicial.

Todos ficamos agradavelmente surpresos ao descobrir que a assinatura da estrela não estava presente na nossa primeira observação (…) Inicialmente, esperávamos uma observação de alta resolução que se assemelhasse às observações anteriores”, disse ao portal Gizmodo Andrew Allan, autor principal do estudo.

ZAP //

 

 

 

 

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Foi dar uma curva para outras paragens, possivelmente até já andaria a espreitar a balburdia que vai aqui na Terra e desiludida mudou de local.

RESPONDER

Não é um quasar. Astrónomos descobrem galáxia com radiação UV intensa

Cientistas descobriram uma galáxia jovem que brilha em comprimentos de onda ultravioleta, de maneira tão brilhante quanto um quasar. Uma equipa de cientistas descobriu a galáxia BOSS-EUVLG1, com a ajuda do Gran Telescopio Canarias de La …

"Adiem a Liga dos Campeões", pede o Borussia Dortmund

Sorteio está marcado para esta quinta-feira mas Michael Zorc avisa: "Faltam requisitos legais para a fase de grupos arrancar". A fase de grupos da Liga dos Campeões vai começar, pela primeira vez, em outubro. A primeira …

Artista "ressuscita" 54 Imperadores Romanos com ajuda da Inteligência Artificial

Artista canadiano usou um ramo da Inteligência Artificial para criar retratos ultra-realistas de antigos Imperadores Romanos como, por exemplo, Calígula, Nero e Adriano. A aparência física destes antigos Imperadores Romanos foi preservada em centenas de esculturas …

Cantar pode ser uma má ideia durante a pandemia

Uma nova pesquisa revelou que cantar em grupo pode ser perigoso em termos de propagação de patógenos. Esta é só mais uma prova de que 2020 chegou para pôr um travão na diversão. A Universidade de …

Emirados Árabes Unidos anunciam missão espacial à Lua para 2024

Um alto responsável dos Emirados Árabes Unidos disse hoje que o país tenciona enviar para a Lua uma nave com um veículo não tripulado em 2024. O desejo de pisar a lua é uma ambição de …

Exército norte-americano quer ter acesso à rede de satélites da SpaceX

O exército dos Estados Unidos está de olho na Starlink, a constelação de satélites da SpaceX, cujo CEO é o multimilionário Elon Musk e que tem como objetivo levar Internet de banda larga a todos …

Portugal tem cada vez menos água disponível

Portugal tem cada vez menos água disponível e nos próximos cem anos a precipitação em certas regiões do país, como o Algarve, pode sofrer uma redução de até 30%, alertou esta terça-feira a Associação Natureza …

Tel Aviv vai ter estradas elétricas que recarregam autocarros em movimento

Tel Aviv, em Israel, está a trabalhar na criação de estradas elétricas sem fios para carregar e fornecer energia aos transportes públicos da cidade. As estradas elétricas são parte de um programa piloto liderado pelo município …

Suicídio entre militares norte-americanos aumenta 20% em época de covid-19

Os suicídios entre os militares subiram 20% este ano em comparação com o mesmo período de 2019, registando-se um aumento nos incidentes de comportamento violento à medida que as tropas lutam contra a covid-19 e …

Turista apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma. Arrisca ser condenado a prisão

Um turista foi apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma, em Itália, e arrisca ser punido com um até um ano de prisão. De acordo com o diário italiano La Repubblica, o turista, …