Estivadores não desarmam e prolongam greve (mesmo após apelo de Marcelo)

Steven Governo / Lusa

Estivadores em greve fazem vigília junto ao acesso ao porto de Xabregas, em Lisboa

Os estivadores decidiram prolongar a greve que já dura há 36 dias até 16 de Junho, não cedendo sequer ao apelo de Marcelo Rebelo de Sousa que pediu que a situação se resolva “num tempo razoável”.

O presidente do Sindicato dos Estivadores anunciou que na próxima sexta-feira inicia-se uma nova fase na luta dos trabalhadores com a entrega formal do pré-aviso da greve que se vai prolongar até meados de Junho.

“O novo pré-aviso de greve tem início a 27 de Maio até ao dia 16 de Junho”, sublinhou o presidente do sindicato dos estivadores, no final de um plenário de trabalhadores que decorreu no Cais Marítimo de Alcântara, em Lisboa.

Uma posição que surge depois de Marcelo Rebelo de Sousa ter apelado para que a greve no Porto de Lisboa seja resolvida “num tempo razoável” para não provocar “consequências preocupantes” para o país.

“Espero que seja possível, num tempo razoável, ver resolvida a situação que existe no Porto de Lisboa, porque chegam ecos das consequências para a economia nacional, mas também de algumas consequências sociais”, disse o Presidente da República após um encontro com jovens na Universidade de Évora.

Entretanto, já há queixas de que faltam bens nos Arquipélagos da Madeira e dos Açores.

O presidente do PSD açoriano, Duarte Freitas, defendeu que o Governo Regional, liderado pelo socialista Vasco Cordeiro, deve pedir ao governo que proceda à requisição civil dos estivadores, considerando que esta “pode ser feita independentemente do cumprimento dos serviços mínimos”.

Os estivadores alegam que a ideia de que faltam bens nas ilhas não faz sentido, argumentando que dois navios carregados seguem para a Madeira e para os Açores todas as semanas.

Segundo a ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, a greve provoca prejuízos de 100 mil euros por dia, enquanto os operadores se queixam de perdas de 300 mil euros.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Se os trabalhadores não querem fazer mais horas do que as do seu turno e se não desejam trabalhar ao fim de semana e feriado estão no seu pleno direito. Porque não contrataram estivadores para o efeito?

RESPONDER

Trump chega a acordo com os democratas sobre orçamento para evitar “shutdown"

O Presidente norte-americano anunciou, esta segunda-feira, ter chegado a acordo com a oposição democrata quanto ao orçamento, evitando assim a perspetiva de paralisação (“shutdown”) da administração federal até às próximas Presidenciais. "Estou feliz por anunciar que …

Bianca Devins foi assassinada e as imagens partilhadas centenas de vezes na Internet

Uma jovem de 17 anos foi assassinada quando acompanhava o namorado a um concerto, nos Estados Unidos. O companheiro, que ainda tentou o suicídio após o crime, partilhou fotografias do cadáver da vítima na Internet, …

VianaPolis chega a acordo com casal. Já só restam sete moradores no prédio Coutinho

A VianaPolis informou, esta terça-feira, ter chegado a acordo com um casal que detinha um apartamento no prédio Coutinho, em Viana do Castelo, onde ainda permanecem sete pessoas em cinco frações. Em declarações à agência Lusa, …

Ghosn processa Nissan e Mitsubishi na Holanda

Carlos Ghosn, ex-presidente da Nissan e da Mitsubishi e ex-CEO da Renault, processou as duas fabricantes de automóveis japonesas e reclama uma indemnização de 15 milhões de euros. Carlos Ghosn instaurou à Nissan e à Mitsubishi …

Faturas detalhadas de telecomunicações estão a confundir os clientes, alerta a Deco

As faturas detalhadas de telecomunicações, adotadas na sequência da decisão da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom), estão a confundir os clientes, revelou esta terça-feira a Deco Proteste, que considerou que a medida do regulador deve …

Catarina Martins entreabre porta a nova geringonça

Catarina Martins lembrou que nas últimas legislativas se fez na política "o que nunca se tinha feito antes" e alerta que o que se conseguiu alcançar "não chega" face a "tudo o que há para …

Destroços de navio interditam praia em Torres Vedras

A praia do Navio, em Santa Cruz, está interdita a banhos e a desportos náuticos devido ao aparecimento de destroços de um navio afundado. A praia do Navio, em Santa Cruz, no concelho de Torres Vedras, …

Ministro da Justiça demite-se após eleição de Boris Johnson (e não é o único)

O ministro da Justiça britânico, David Gauke, anunciou a sua demissão após ser conhecida a eleição de Boris Johnson para a liderança dos conservadores e a sua designação como primeiro-ministro do Reino Unido. No domingo, David …

TdC deteta pagamentos "ilegais" do Serviço de Saúde da Madeira a empresa que pertencia ao presidente

A sociedade gerida pelo então presidente do Serviço de Saúde da Madeira recebeu 116 mil euros do Serviço de Saúde da Madeira. O Serviço de Saúde da Madeira (SESARAM) autorizou "ilegalmente" o pagamento de 116 mil …

Fábio Coentrão apontado ao FC Porto

O lateral esquerdo, que se encontra neste momento sem clube, terá sido alvo de sondagem por parte do FC Porto para reforçar a equipa de Sérgio Conceição. Segundo o jornal A Bola, Fábio Coentrão já foi …