Estivadores do Porto de Lisboa assinam novo contrato coletivo

Steven Governo / Lusa

Estivadores em greve fazem vigília junto ao acesso ao porto de Xabregas, em Lisboa

Estivadores em greve fazem vigília junto ao acesso ao porto de Xabregas, em Lisboa

Estivadores e operadores do Porto de Lisboa assinaram esta terça-feira um Contrato Coletivo de Trabalho (CCT).

O novo contrato coletivo, resultado de negociações que decorrem desde janeiro, foi assinado hoje e estará em vigor durante seis anos, anunciou o Ministério do Mar.

Em comunicado, o Ministério de Ana Paula Vitorino considera que “estão assim formalizadas as bases sólidas para, em clima de paz social, se promover a estabilidade, a confiança e o crescimento do emprego e do Porto de Lisboa, da região e do país, no âmbito da implementação de uma abrangente e coerente estratégia de aumento da competitividade do setor portuário, invertendo o caminho descendente dos últimos quatro anos”.

As negociações entre os estivadores e os operadores do Porto de Lisboa foram reatadas com um acordo de paz social a 8 de janeiro passado, que veio a fracassar em abril.

Depois de um mês marcado por uma greve que paralisou o Porto de Lisboa, o Sindicato dos Estivadores, Trabalhadores de Tráfego e Conferentes Marítimos do Centro e Sul de Portugal e os representantes das Associações de Operadores do Porto de Lisboa voltaram a sentar-se à mesa para tentar chegar a uma redação consensual do novo CCT.

Para o presidente do sindicato, António Mariano, a principal vitória foi a garantia de que a empresa de trabalho temporário Porlis não contratará mais trabalhadores, devendo a situação dos atuais ser resolvida desejavelmente no prazo máximo de dois anos.

“Acordaram admitir 23 trabalhadores eventuais nos quadros da Empresa de Trabalho Portuário de Lisboa no prazo máximo de seis meses”, segundo documento.

Outro ponto em que os estivadores e os operadores do porto de Lisboa chegaram a acordo diz respeito à progressão na carreira, tendo ficado decidido um “regime misto de progressões automáticas por decurso do tempo e de progressão por mérito com base em critérios objetivos”.

“Foi acordada uma tabela salarial com dez níveis, incluindo dois escalões adicionais com remunerações para os novos trabalhadores inferiores às atualmente praticadas”, refere o documento.

Os estivadores e os operadores do porto de Lisboa acordaram também que as funções de planeamento “seriam exercidas prioritariamente por trabalhadores portuários com experiência e preparação para as exercer”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

No Japão, pilotar drones enquanto bêbado dá prisão

Os drones revolucionaram a fotografia, ajudaram na conservação, transportaram órgãos para transplantes e até já ajudaram em missões de busca e salvamento. Mas as máquinas voadoras controladas remotamente nem sempre são usadas para o bem. Também …

PSG na corrida por Bruno Fernandes. Atlético já terá proposta

Bruno Fernandes continua com o futuro incerto, mas o mercado continua a mexer. De acordo com a imprensa desportiva, o Paris Saint-Germain entrou na corrida pelo médio do Sporting e o Atlético de Madrid terá …

Crédito Agrícola vai cobrar MB Way e transferências online

O Crédito Agrícola, instituição bancária liderada por Licínio Pina, vai passar a cobrar não só as transferência feitas através da aplicação móvel MB Way, como também as transferências online, escreve o jornal Eco este sábado. …

Há uma "Cidade do Futuro" inacabada no deserto do Arizona

https://vimeo.com/342345734 No deserto do Arizona, nos Estados Unidos, há uma cidade experimental projetada para milhares de pessoas que agora contém apenas algumas dezenas de habitantes. Durante quase cinco décadas, um grupo chamado Fundação Cosanti tem trabalhado na …

Montenegro vai estudar liderança em França. Quer qualificar-se para o futuro

O ex-líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, vai para França estudar num programa de gestão avançada para executivos promovido pelo Instituto Europei para Administração de Empresas, escreve este sábado o Expresso. De acordo com o …

A dieta perfeita não existe

O número de dietas que existem não cabe nos dedos das nossas mãos, mas grande parte das pessoas vai dizer-lhe qual a melhor dieta a seguir. Mas não acredite, é tudo bluff. Uma equipa de cientistas …

Fenprof critica Marcelo. "Não é o Presidente de todos os portugueses”

O 13.º congresso da Fenprof terminou este sábado com a garantia de luta pela contagem integral do tempo de serviço dos professores e críticas a Marcelo Rebelo de Sousa, que “não é o Presidente de …

Consumo de álcool dos filhos associado a educação branda dos pais

Um estudo descobriu que há uma associação entre o consumo de álcool dos filhos e a educação que os pais dão em relação às bebidas alcoólicas. Quanto mais brandos os pais forem, mais probabilidade há …

Espiões podem estar a usar o LinkedIn para recrutar novos contactos

O LinkedIn é uma rede social de negócios, mas espiões podem estar a usá-la para encontrar novos contactos. Os espiões estarão a usar perfis falsos, gerados por inteligências artificial. Apesar de ser uma rede social bem …

Mercado de compras online pode não ser tão lucrativo quanto se pensa (e pode estar perto do fim)

Muitas pessoas provavelmente presumem que as lojas online estão a fazer uma fortuna, mas a realidade é bem diferente. Muitas atividades de comércio eletrónico são, na verdade, não lucrativas. Se as pessoas tivessem que pagar o …