Estimulação cerebral profunda pode ser a nova forma de combater a obesidade

(dr) baycrest.org

Utilizar a estimulação profunda com elétrodos para mexer diretamente no cérebro pode ser a nova forma mais eficaz de combater a depressão e a obesidade.

A intervenção só aconteceu numa única paciente, mas o caso, publicado recentemente no Neurocase, tem revelado resultados inesperados.

Ainda assim, os médicos responsáveis por esta intervenção advertem para o facto de a estimulação cerebral profunda não ser indicada para todos os casos, devendo ser usada apenas como um tratamento de fim de linha.

De acordo com o Diário de Notícias, esta técnica tem sido usada com alguma regularidade em doentes com Parkinson. Aliás, os bons resultados obtidos com estes pacientes motivaram à sua exploração para outras doenças.

Desde 2002, há em Portugal cerca de 900 doentes que recorrem a esta técnica, através de dois pequenos elétrodos no cérebro que libertam carga elétrica na parte afetada pela doença, permitindo que os indivíduos consigam ter controlo dos seus próprios movimentos.

Dado os resultados animadores nos doentes de Parkinson, esta técnica foi agora experimentada para tratar a depressão de uma doente. Anna viveu quase toda a sua via com esta doença e sofria também de obesidade mórbida.

Thomas Munte, neurologista da Universidade de Lubeck, na Alemanha, decidiu recorrer à técnica de estimulação cerebral para tentar solucionar ou, pelo menos, reverter a situação de Anna. Os resultados animaram não só a paciente como também o médico. Anna perdeu cerca de 2,8kg por semana e ficou curada da depressão.

Foi o sucesso conseguido neste caso particular que abriu as portas ao debate, de forma a discutir se este método é ou não aceitável para tratar algumas adições, visto que neste caso o que a estimulação fez foi desligar o cérebro da adição à alimentação.

No entanto, interferir diretamente no cérebro é um tema sensível na investigação médica ao longo do século XX. E, apesar de menos radical, a estimulação cerebral profunda não deixa de ser menos controversa.

No que diz respeito ao tratamento da obesidade, os cientistas acreditam que este método terá sucesso por mexer com a área do cérebro relacionada com a adição, seja de comida, droga ou álcool – a nuleus accumbens.

Se esta área do nosso cérebro for inibida, a “atração motivacional deixa de existir e já não somos atraídos para o objeto da nossa adição”, explica Thomas Munte.

Porém, “às vezes começamos a fazer testes clínicos antes de saber exatamente como é que as coisas funcionam”, acrescentou o neurologista. Foi o que aconteceu no caso dos doentes com Parkinson e, os cientistas, esperam que possa acontecer agora para a depressão e para a obesidade, e esperam obter o mesmo grau sucesso.

Importa, contudo, salientar que este é um método de último recurso por ser demasiado evasivo, caro e não indicado para todos os doentes.

A neurocientista Sonia Yokum, do Instituto de Investigação do Oregon, nos Estados Unidos, está a tentar criar uma forma de fazer esse mesmo trabalho mas sem cirurgia, através do desenvolvimento de um treino no qual os indivíduos obesos devem reprogramar a resposta do cérebro perante a comida.

Estamos a tentar treinar o cérebro desta forma“, refere a neurocientista,  frisando que esta é menos invasiva, mais barata e ao alcance de muitos mais doentes.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Um dinossauro gigante com o dobro do comprimento dos tiranossauros dominou a cadeia alimentar

A nova espécie foi descoberta no Uzbequistão e tinha dentes semelhantes aos de um tubarão. Pesava cinco vezes mais do que o principal predador conhecido até agora, o tiranossauro. Há cerca de 90 milhões de anos, …

A teimosia de Simeone e a "cabeça dura" de Conceição vão defrontar-se já amanhã

O FC Porto e o Atlético de Madrid vão arrancar a campanha na Champions já amanhã, e os velhos amigos Sérgio Conceição e Diego Simeone deixaram recados um ao outro nas conferências de imprensa. É já …

Parlamento Europeu apela ao reconhecimento das uniões homossexuais em toda a União

Os eurodeputados querem que os casais homossexuais e as suas famílias sejam tratadas de forma igual em todos os estados-membros. Os eurodeputados exigiram esta quarta-feira que os casais homossexuais beneficiem dos mesmos direitos dos restantes em …

Dínamo Kiev 0-0 Benfica | Tanta posse para acabar a rezar a São VAR

As “águias” dominaram as operações durante grande parte deste primeiro encontro de Liga dos Campeões “a sério” em 2021/22, mas não materializaram essa superioridade e no fim viram Vlachodimos, os postes e o VAR a …

Reino Unido avança com terceira dose para maiores de 50 anos. Máscara pode regressar

Boris Johnson anunciou hoje o plano de protecção do Reino Unido para o Outono e Inverno, que inclui medidas que vão entrar já em vigor e que prevê o regresso da máscara e a exigência …

Uma bactéria que "come carne" está a causar mortes da Flórida

A bactéria está mais presente na água do mar em zonas quentes e já matou 125 pessoas no estado norte-americano desde 2008. Pelo menos oito pessoas já morreram este ano na Flórida devido a uma infecção …

Siemens vai criar comboio de alta velocidade que ligará Mar Vermelho e Mediterrâneo

Um consórcio liderado pela multinacional alemã Siemens estabeleceu um contrato de 4,5 mil milhões de euros para construir uma linha ferroviária de alta velocidade que ligue Ain Sukhna, no Canal de Suez, a Alexandria e …

Alaba joga no Real Madrid mas o seu sonho era jogar no Barcelona

Véspera do grande jogo entre Barcelona e Bayern Munique serviu para Uli Hoeneß divulgar uma conversa pouco simpática para as pessoas ligadas ao Barcelona. A fase de grupos da Liga dos Campeões está de volta. Neste …

Chuva está a ajudar a controlar incêndios em Espanha

Há quase uma semana que as chamas deflagram em Málaga e o incêndio já matou um bombeiro. A chuva tem ajudado a combater o fogo. Há seis dias consecutivos que os bombeiros estão a combater incêndios …

Voos da ONU para Cabul são retomados. Doadores angariam 850 mil milhões de euros de ajuda

Os talibãs garantem que vão proteger as equipas humanitárias da ONU que vão ajudar o Afeganistão, que enfrenta uma grave crise devido à seca. Desde 15 de Agosto que os voos com ajuda humanitária da ONU …