Estão reunidas condições para acordo com a Grécia

europeancouncilpresident / Flickr

O primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi (de pé), com o primeiro-ministro da Grécias, Alexis Tsipras

O presidente do Conselho da Europa, Donald Tusk (segundo a contar da esquerda), com o primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi (de pé), e o primeiro-ministro da Grécias, Alexis Tsipras

O primeiro-ministro italiano disse hoje estarem reunidas todas as condições para que a Grécia e os seus credores internacionais alcancem um acordo benéfico para ambas as partes, pondo fim à crise da dívida grega.

“Seria um erro não aproveitar esta janela de oportunidade”, afirmou Matteo Renzi numa conferência de imprensa conjunta com o presidente francês, François Hollande, em Milão, acrescentando que a cimeira de emergência dos líderes da zona euro, marcada para segunda-feira no Luxemburgo, deverá ter uma “conclusão positiva”.

A declaração de Renzi surgiu algumas horas depois de o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, ter apresentado propostas para “uma solução definitiva, e não provisória” da crise grega.

“Dar-lhe-emos conta da nossa disponibilidade para ajudar a encontrar o caminho para o acordo”, acrescentou Matteo Renzi.

Entretanto, a líder do maior banco grego mostrou-se otimista, referindo que seria “de loucos” se não houvesse um acordo com os credores.

“Penso que irá prevalecer a sanidade e será feito um acordo, porque não consigo encontrar razão para os nossos parceiros e os credores não chegarem a acordo”, afirmou Louka Katseli, presidente do Banco Nacional da Grécia, em declarações à rádio BBC.

Esta segunda-feira, os ministros das Finanças da zona euro reúnem-se com o objetivo de discutir a situação da Grécia.

Esta cimeira foi marcada na quinta-feira pelo presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, após a reunião do Eurogrupo que se realizou no Luxemburgo ter terminado sem qualquer acordo nem avanços nas negociações entre a Grécia e os seus parceiros e credores, quando faltam menos de duas semanas para terminar o atual programa de assistência, a 30 de junho.

O último dia deste mês é também a data limite para Atenas pagar ao Fundo Monetário Internacional (FMI) 1,6 mil milhões de euros.

Bruxelas estuda “novas propostas” para acordo grego

A Comissão Europeia confirmou hoje que está a trabalhar sobre as “novas propostas” para conseguir que a Grécia alcance um acordo com os credores internacionais na cimeira extraordinária de segunda-feira em Bruxelas.

“O trabalho sobre novas propostas está em marcha”, disse à agência EFE uma fonte diplomática, esclarecendo que, “não obstante, até este momento não foram ainda apresentadas novas propostas”.

As fontes também confirmaram que ao longo da manhã de hoje foram feitas várias chamadas telefónicas entre o presidente da Comissão Europeia (CE), Jean-Claude Juncker, e o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, bem como com a diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, e com a chanceler alemã, Ângela Merkel.

Segundo um comunicado hoje divulgado pelo gabinete do primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras apresentou aos responsáveis da Alemanha, França e ao presidente da Comissão Europeia as propostas da Grécia, tendo em vista “um acordo benéfico mútuo”.

As propostas foram apresentadas durante as conversas telefónicas de Alexis Tsipras com a chanceler alemã, Ângela Merkel, o Presidente francês, François Hollande, e o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

O acordo “deverá trazer uma solução definitiva e não provisória” para a Grécia, refere o comunicado, sem precisar se as propostas feitas são novas, como desejam os seus credores.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Depois de tudo quanto foi dito e escrito nos jornais , televisões e todas as redes de comunicação social por jornalistas e comentadores de várias tendências, partidos políticos, e até do nosso presidente da República, eu penso , com os meus modestos conhecimentos, de que está mais preocupada a União Europeia, a começar pela Alemanha de que a Grécia saia da união monetária do que a própria Grécia em ser excluída da União monetária por incumprimento com os credores.

  2. Simples: O “smart” que durante semanas se atirava suicidariamente contra o “blindado UE “ percebeu que este poderia não se desviar…
    “Penso que irá prevalecer a sanidade e será feito um acordo” afirmou Louka Katseli, presidente do Banco Nacional da Grécia
    Os papagaios perderam as penas… Não cantam e deixaram de voar

RESPONDER

Refeições tardias podem realmente fazer engordar

Um jantar tardio pode contribuir para o aumento de peso e para altos níveis de açúcar no sangue, concluiu um pequeno estudo recentemente publicado. "Este estudo lança uma nova luz sobre como é que ingerir …

Salgado. "A montanha vai parir um rato" (mas ainda vamos saber o que aconteceu)

A defesa de Ricardo Salgado disse, esta sexta-feira, que ficou claro, na instrução da Operação Marquês, que o mais provável é a absolvição do ex-presidente do BES dos crimes de corrupção e que “a montanha …

Covid alastra na América. EUA bate recorde diário com mais de 60 mil infetados

Os Estados Unidos registaram 754 mortos e 60.383 infetados (um novo recorde) por covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com um balanço da Universidade Johns Hopkins. Depois de a Europa ter sucedido à China como …

Os maiores tubarões do mundo têm pequenos "dentes" nos olhos (e já se sabe porquê)

Uma investigação sobre os olhos dos tubarões-baleia, os maiores tubarões do mundo, revelaram que os seus olhos estão cobertos por pequenos dentes chamados "dentículos dérmicos". O tubarão-baleia (Rhincodon typus) é o maior peixe do oceano, com …

Astrónomos localizaram com precisão o centro do Sistema Solar

Pela primeira vez, uma equipa internacional de cientistas foi capaz de localizar com precisão o centro de gravidade do Sistema Solar. De acordo com o portal Science Alert, que recorda que o baricentro (centro gravidade) …

Misteriosa cruz de mármore com 1.200 anos encontrada no Paquistão

Uma cruz de mármore foi recentemente descoberta no cimo das montanhas do Baltistão, no Paquistão. Os investigadores acreditam que tem cerca de 1.200 anos e que pode ser um sinal da presença de uma antiga …

Nona Sinfonia de Beethoven revela novos detalhes sobre o cérebro humano

A Nona Sinfonia de Ludwig van Beethoven, 250 anos após a sua criação, ajudou a demonstrar a existência de células conceituais no cérebro. Quase 200 anos depois da morte de Beethoven, a maior obra do músico …

Governo vai suspender devolução dos manuais escolares

O ministro da Educação informou hoje que o Governo vai suspender a devolução de manuais escolares, em curso desde 26 de junho, cumprindo a decisão do parlamento, que aprovou uma proposta nesse sentido. O plenário da …

Cuba prestes a abrir portas ao turismo (exceto aos cubano-americanos)

Depois de fechar as suas fronteiras para os turistas no final de março por causa da pandemia da covid-19, Cuba prepara-se agora para reabrir várias das suas baías ao turismo - mas há algumas exceções. …

Cidade do México enterrou os rios para prevenir doenças, mas a covid-19 resiste e prospera

Na tentativa de evitar a disseminação de doenças como a malária e a cólera, a Cidade do México enterrou os seus rios. Agora, como consequência, criou inadvertidamente as condições necessárias para a covid-19 prosperar. A Cidade …