Estado perdeu o rasto a cinco jovens romenos forçados a mendigar pelos pais

O Estado português perdeu o rasto a cinco jovens romenos que estavam numa instituição por ordem judicial. Ninguém sabe onde estão as três raparigas e os dois rapazes retirados à família, que os usava em falsos peditórios.

A 15 de novembro de 2017, os cinco jovens foram acolhidos numa instituição para crianças e jovens em perigo, depois de terem sido retirados à família que os usava em falsos peditórios. Nesse mesmo dia, os pais e um terceiro adulto foram detidos pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Segundo o jornal Público, os jovens ficaram sob responsabilidade do Estado português, por decisão judicial. No entanto, as três raparigas e os dois rapazes, agora com idades entre os 12 e os 18 anos, desapareceram do lar de acolhimento, em junho deste ano, e o Estado não sabe sequer se as crianças estão em território nacional.

Contactado pelo matutino, o gabinete de imprensa do SEF explica que “atualmente estão difundidos pelo Sistema de Informação dos países europeus do Espaço Schengen vários pedidos de localização judicial dos menores desaparecidos, por determinação do tribunal de Família e Menores”.

Além disso, esclarece ainda que “após a detenção do grupo criminoso, o SEF colaborou com o Tribunal de Família e Menores do Porto e Diretoria da Polícia Judiciária do Porto, no sentido de prestar toda a informação possível” no que diz respeito a “moradas conhecidas e outra informação considerada relevante para eventualmente apurar o paradeiro dos menores”.

As autoridades tentaram descobrir o paradeiro dos jovens, mas sem sucesso. O Tribunal de Família e Menores do Porto acabou por arquivar, em 5 de junho de 2018, os processos de proteção abertos quando os adultos foram presos.

Duas raparigas e dois rapazes são filhos do casal. A estes quatro jovens juntou-se uma quinta menina que o casal foi buscar à Roménia em 2016. A mãe da criança deu consentimento para vir para Portugal e ficar a cargo de Ion Haralampie (de 37 anos) e Alina Calin (de 35 anos), os dois adultos, identificados como pais das quatro crianças. Nesta atividade, também participava um terceiro adulto, Tudoroi Radu, de 22 anos.

Os três adultos estão a ser julgados por quatro crimes de maus tratos, utilização das crianças para a mendicidade e por um crime de tráfico de seres humanos e associação criminosa.

As alegações finais dos advogados e do Ministério Público, que antecedem a leitura da sentença, estão previstas para esta quarta-feira.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Belenenses 0-2 Benfica | Rafa Silva destrói resistência azul

O Benfica foi ao Jamor vencer o Belenenses por 2-0, num jogo muito complicado para as “águias”, em especial no primeiro tempo, mas que acabou resolvido na etapa complementar. Rafa Silva foi o “abre-latas” de …

Cofundador do Alibaba paga 3,5 mil milhões para ser o único dono dos Brooklyn Nets

O cofundador do Grupo Alibaba, Joseph Tsai, vai pagar mais 3,5 milhões de dólares para ser o único dono da equipa de basquetebol norte-americana Brooklyn Nets, avança esta sexta-feira a Bloomberg. O multimilionário já detinha 49% da equipa, …

Instagram, Facebook e Whatsapp prejudicam saúde mental das crianças

Um estudo de investigadores da University College London demonstra que a utilização de redes sociais como o Instagram, o Facebook e o Whatsapp estão a causar danos ao bem-estar das crianças e jovens. A investigação, cujos …

Clínica da Opus Dei diz que homossexualidade causa gastroenterite

A Clínica Universitária de Navarra, que pertence à prelatura da Opus Dei, defende que a homossexualidade e a promiscuidade são causadoras de gastroenterite. No guia de atuação de urgência sobre esta condição médica, a Clínica Universitária …

Sporting anuncia saída de Bas Dost para o Eintracht de Frankfurt

O goleador holandês Bas Dost está de saída para o Eintracht Frankfurt, anunciou este sábado o Sporting. O clube alemão também já confirmou a transferência. O Sporting anunciou ter chegado a um princípio de acordo com …

Há centenas de esquilos pretos a invadir os Estados Unidos (e já se sabe porquê)

Biólogos do Reino Unido decifraram o mistério de todos os esquilos cinzentos (Sciurus carolinensis) que correm pelos Estados Unidos com pêlo preto. O pouco do código genético que faz com que as espécies de esquilo cinza …

Morreu Marium, o mais famoso dugongo da Tailândia. Comeu plástico

Quando foi resgatado, em abril, tornou-se uma estrela na Tailândia. O dugongo órfão, chamado Marium, acabou por morrer este sábado, devido a uma infeção causada pela ingestão de plástico, de acordo com os veterinários que …

Afinal, "cura milagrosa" para o cancro pode matar

O jornal britânico The Guardian denuncia o esquema do autoproclamado "Genesis II Church of Health and Healing" - que na verdade não é nem uma igreja nem uma instituição de saúde. Este sábado terá lugar em …

Há uma cidade na Venezuela que é "invisível"

Guanta está lá, embora não seja fácil vê-la. Vistas a partir de El Morro, do outro lado da baía, as suas luzes piscam sob uma nuvem baixa. É uma nuvem diferente das outras, mais espessa, mais …

Há novas regras para subir ao Everest. E é preciso apresentar currículo

O Nepal acaba de anunciar novas regras para escalar o Evereste. Com 8848 metros de altitude, é a montanha mais alta do mundo e verdadeira obsessão para alguns alpinistas, colecionadores de cumes, e cujo número …