Estação espacial chinesa vai cair na Terra (e ninguém sabe onde)

(dr) Xinhua

A nave espacial chinesa Shenzhou 9 numa manobra de acoplagem à estação espacial Tiangong 1

A estação espacial chinesa Tiangong-1, que pesa 8,5 toneladas, está fora de controlo e estima-se que caia na Terra entre este mês de outubro e abril do próximo ano. O problema: ninguém sabe exatamente onde vai cair.

Segundo o The Guardian, uma estação espacial chinesa de 8,5 toneladas está em queda descontrolada em direção à Terra e estima-se que se despenhe nos próximos meses.

A Tiangong-1 , também conhecida por “Palácio Celestial”, foi lançada em 2011 e descrita como um “potente símbolo político” da China, como parte de um ambicioso programa científico do país para se tornar uma superpotência espacial.

Foi utilizada para missões tanto tripuladas como não tripuladas e foi visitada pela primeira mulher astronauta chinesa, Liu Yang, no ano de 2012.

Mas, em 2016, depois de vários meses de especulação, as autoridades chinesas confirmaram que tinham perdido o controlo da estação espacial e que iria cair na Terra entre 2017 e 2018. A agência espacial chinesa avisou até a ONU de que esperavam que isso fosse acontecer entre outubro deste ano e abril de 2018.

Desde então que a órbita da estação espacial está a aproximar-se do nosso planeta. Nas últimas semanas, a Tiangong-1 entrou nas camadas mais densas da atmosfera e começou a cair ainda mais rápido.

“Agora que o perigeu já está a menos de 300km de altura e atingiu as camadas mais densas da atmosfera, o ritmo da queda está a aumentar”, disse Jonathan McDowell, astrofísico de Harvard, ao jornal britânico. “É de esperar que se despenhe dentro de alguns meses – em finais de 2017 ou início de 2018”, acrescentou.

Embora se espere que parte do laboratório espacial se incendeie e desintegre na atmosfera, McDowell considera que algumas das peças que podem atingir a superfície poderão pesar mais de 100 kg. Além disso, é impossível saber o local exato onde vão cair. “Não se pode dirigir o trajeto destas coisas”, disse McDowel em 2016.

NASA

Reentrada do ATV – Automated Transfer Vehicle, da ESA. Destino igual espera a Tiangong 1

“Mesmo quando só faltar alguns dias para a sua reentrada, é provável que não se consiga fazer melhor do que calcular o momento do impacto com uma margem de seis ou sete horas, para mais ou para menos. E não saber quando vai cair traduz-se em não saber onde vai cair”, explicou.

Segundo o astrofísico, um ligeira alteração nas condições atmosféricas pode empurrar os destroços da estação espacial “de um continente para outro”.

A 23 de março de 2001, caiu na Terra a estação espacial russa MIR (que se pode traduzir em russo como “paz” ou “mundo”). Desintegrou-se na atmosfera e os seus destroços caíram sobre o oceano Pacífico.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Tribunal dos Estados Unidos confirma 18 anos de prisão para familiares de Maduro

Um tribunal de apelação de Nova Iorque ratificou a condenação a 18 anos de prisão de dois familiares do Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, por conspiração para enviar droga para os Estados Unidos. "Fica ordenado, julgado …

Ana Gomes espera "verdadeiro Portugal Leaks" com Rui Pinto a colaborar com a justiça

A antiga eurodeputada Ana Gomes considerou que “é um verdadeiro Portugal Leaks” que se pode esperar a partir de agora, depois de Rui Pinto aceitar colaborar com a justiça portuguesa. O criador do Football Leaks e …

Exames nacionais adiados. Terceiro período arranca a 14 de abril (mas à distância)

Esta quinta-feira, António Costa falou ao país para anunciar que o 3.º período irá recomeçar no dia 14 de abril, mas sem aulas presenciais. Os exames nacionais do ensino secundário foram adiados para julho e …

TAP. Estado equaciona reformas antecipadas sem penalizações

O Jornal Económico escreve esta quinta-feira que o Estado pondera avançar com reformas antecipadas sem penalizações na TAP, visando assim diminuir o impacto da pandemia de covid-19 na companhia aérea portuguesa. Apesar de a empresa ter …

Santa Maria ganha 40 camas para os cuidados intensivos

A maior unidade hospitalar do país reforçou capacidade dos Cuidados Intensivos para os doentes infetados, passando das atuais 80 camas para cerca de 120. O Hospital Santa Maria, em Lisboa, vai quadruplicar a sua capacidade …

"Isto é criminoso". Estivadores dizem que há risco de portos pararem

"Da forma como estamos a trabalhar nos portos, corremos o risco de todo o contingente ficar parado, porque não há nenhum cuidado em termos de criar equipas rotativas", garantiu o líder sindical. O presidente do Sindicato …

Demitiu-se o diretor do serviço de cirurgia e transplantação do Curry Cabral

Américo Martins demitiu-se esta quarta-feira por ter visto impedida a proposta de reorganização com circuitos independentes no hospital. O diretor do Serviço de Cirurgia Geral e Transplantação do Hospital Curry Cabral, Américo Martins, demitiu-se esta quarta-feira …

Bancos impedidos de cobrar comissões por operações digitais. Acesso a jogos online limitados

Os bancos vão ficar impedidos de cobrar comissões por operações de pagamento através de plataformas digitais dos prestadores de serviços, segundo uma proposta do PEV com alterações do PS aprovada no Parlamento. O projeto de lei …

Pessoas assintomáticas devem usar máscara, diz Centro Europeu de Controlo de Doenças

Num relatório divulgado na quarta-feira, o Centro Europeu de Controlo de Doenças (ECDC) referiu que as máscaras podem reduzir a propagação do novo coronavírus de pessoas assintomáticas, recomendando a sua utilização. De acordo com o Público, …

Portugal ultrapassa as 400 vítimas mortais. Cordão sanitário em Castro Daire equacionado

Portugal regista esta quinta-feira 409 mortos associados à covid-19, mais 29 do que na quarta-feira, e 13.956 infetados (mais 815), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Trata-se de um aumento de 6% …