Está sempre com fome? A culpa pode ser de um único ingrediente

Costuma sentir muita fome e não consegue perceber porquê? A explicação pode estar na quantidade de sódio que anda a consumir.

O sódio, elemento químico de origem mineral que está presente em grande quantidade no sal, é considerado actualmente um dos maiores vilões da saúde.

Um novo estudo, publicado no periódico científico Journal of Clinical Investigation, sugere que a ingestão de grandes quantidades de sódio aumenta a sensação de fome, o que pode contribuir para o aumento de peso.

Além disso, ao contrário do que diz a sabedoria popular, o consumo de altos níveis da substância pode fazer com que beba menos líquidos e não mais, segundo o Health.com.

Investigadores alemães e norte-americanos acompanharam 10 astronautas russos que participaram em programas de simulação de voo entre 2009 e 2011. Na altura, os astronautas estavam a viver em ambientes estritamente controlados, o que os tornava participantes ideais para pesquisas metabólicas e nutricionais.

O objectivo dos autores foi analisar o que aconteceria no corpo dos astronautas após uma redução gradual na quantidade de sódio ingerida, diariamente, de 12 gramas (quantidade média da dieta russa) para 6 gramas (quantidade recomendada por especialistas em saúde).

Para surpresa dos investigadores, os resultados mostraram que os participantes bebiam menos água quando ingeriam maiores quantidades de sal. Essa descoberta podia ter duas explicações: ou os seus corpos estavam a conservar a água ou a produzir mais água, em vez de a expelir com o sal, como os investigadores esperavam que acontecesse.

“Faz sentido que, numa dieta rica em sal, o corpo queira prevenir a perda de água. Então, os rins precisam de encontrar uma forma de aumentar a quantidade de água e, se se tem um alto teor de água no corpo, sentir-se-á menos sede”, diz Jens Titze, um dos autores do estudo e professor de medicina e biofísica na Universidade Vanderbilt, nos EUA.

Os voluntários disseram ainda ter mais fome na dieta com alto teor de sódio, apesar de ingerirem a mesma quantidade de calorias e nutrientes da alimentação com menos sal. Uma explicação é que o corpo gasta mais energia para conservar a água.

“Acredito que se tivéssemos oferecido mais comida aos astronautas, eles teriam comido demais e ganho peso”, nota Titze.

Num outro estudo, os investigadores replicaram estas descobertas em ratos. Os resultados mostraram que os animais submetidos a uma dieta rica em sal comeram mais do que aqueles que ingeriram menores quantidades do ingrediente e tiveram uma quebra de proteínas musculares.

Além disso, esse processo de quebra foi alimentado pelo aumento de glucocorticóides – compostos que, nos humanos, têm sido associados ao desenvolvimento de diabetes, obesidade, doenças cardíacas e osteoporose.

Para Titze, isso é significativo porque, até agora, os cientistas focaram-se apenas no aumento da hipertensão causado pelo sódio. “As nossas descobertas sugerem que há muito mais”, salienta.

Se esta teoria se comprovar, o autor acredita que reduções na quantidade de sódio em comidas prontas e em alimentos industrializados poderiam prevenir alguns dos efeitos prejudiciais no metabolismo e no apetite.

Até lá, a estratégia sugerida para manter o peso é “comer menor quantidade de tudo, e automaticamente irá ingerir menos sódio”, diz Titze.

Concluindo, o cientista sugere que as pessoas “façam mais exercício e comam menos” – algo que não é o primeiro a sugerir.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Não são só os lagartos. Os jacarés também são capazes de regenerar a sua cauda

Os jovens jacarés americanos (Alligator mississippiensis) têm a capacidade de regenerar as suas caudas até 18% do comprimento total do seu corpo, concluiu uma nova investigação da Universidade Estadual do Arizona, nos Estados Unidos. "O que …

"Morri no Paralelo79N". Diário revela as últimas horas de um explorador que morreu sozinho na Gronelândia

Os investigadores analisaram a última entrada do diário de explorador polar do século XX, Jørgen Brønlund, incluindo uma curiosa mancha negra, escrita antes de morrer sozinho no nordeste da Gronelândia, descobrindo o que lhe aconteceu …

Cybershoes. O problema de andar em Realidade Virtual pode já ter uma solução

Um dos problemas com os jogos de Realidade Virtual é que, normalmente, as experiências são definidas numa escala maior do que uma sala de estar. Assim, o jogador acaba por ter de ficar numa parte …

"Um tsunami de dívidas". O mundo deve a si mesmo 277 mil milhões de dólares

Prevê-se que até ao final deste ano, a dívida da economia mundial atinja os 277 mil milhões de dólares. A pandemia de covid-19 é um dos fatores responsáveis. A pandemia de covid-19 não só está a …

Empresas podem negar trabalho a quem não se quiser vacinar

"É obviamente possível" que as empresas evitem contratar um trabalhador se não quiserem ser vacinadas contra a covid-19. A presidente do Comité Económico e Social Europeu (CESE), Christa Schweng, admitiu a possibilidade de uma empresa se …

"A Suitable Boy". Um beijo numa série da Netflix provocou um escândalo (social e político) na Índia

A Netflix está a enfrentar uma reação negativa na Índia por causa de uma cena de um beijo entre duas personagens na série A Suitable Boy ("Um bom partido"). O partido no poder já pediu …

Irmãos transformaram 7 linhas de código num império de 36 mil milhões de dólares

Patrick e John Collison são dois jovens empreendedores irlandeses que fundaram a Stripe, uma empresa que criou uma solução alternativa para os pagamentos online, avaliada em 36 mil milhões de dólares. Em vez de construirem soluções …

ECDC. Portugal terá "níveis muito baixos" de novos casos se mantiver restrições

Se Portugal mantiver as restrições adotadas atualmente, irá registar em dezembro “níveis muito baixos” de novos casos de covid-19. O Centro Europeu para Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), criado com a missão de ajudar os …

Com apenas 14 anos, Xiaoyu é o adolescente mais alto do mundo. Mede 2,21 metros

Ren Keyu nasceu na China a 18 de outubro de 2006, e no dia em que comemorou o seu 14º aniversário recebeu também o título do Guinness World Records do adolescente mais alto do mundo, …

Jerónimo "não está a prazo" no PCP (e vai continuar a negociar com o PS)

O PCP continua disponível para negociar com o PS, mas não a troco de nada. Quanto ao quinto mandato consecutivo enquanto secretário-geral do partido, Jerónimo avisou, este domingo, que não está "a prazo". No discurso de …