Para Marcelo, é “essencial” que os políticos não saiam dos cargos mais ricos do que entraram

Tiago Petinga / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa,

O Presidente da República considerou esta quarta-feira “essencial” que quem exerça “cargos públicos não saia deles mais rico do que entrou, nem saia para lugares que se prestem a ser pagamento de favores anteriores”.

A frase de Marcelo Rebelo de Sousa surgiu numa conferência que assinalou os dez anos do Conselho de Prevenção da Corrupção, na Fundação Champalimaud, em Lisboa.

“É essencial que seja normal que quem exerça cargos públicos não saia deles mais rico do que entrou, nem saia para lugares que se prestem a ser pagamento de favores anteriores, nem se rodeie de parentes e próximos”, defendeu o chefe de Estado, acrescentando: “Nem permitam a correligionários e amigos condutas em funções que deveriam ser inspiradoras que são intoleráveis para o comum dos mortais”.

E advertiu para a frustração dos cidadãos com a lentidão da justiça na punição da corrupção. “A legítima impaciência dos portugueses aumenta a ritmo imparável de dia para dia”, advertiu Marcelo Rebelo de Sousa. Segundo o Presidente da República, “essa impaciência é alimentada pelas elevadas expectativas suscitadas quanto à rápida conclusão de investigações criminais abertas e pelas subsequentes frustrações”.

É preciso que a desilusão não esvazie os balões de esperança que o anúncio do arranque de processos conhece quando se percebe que só terminarão uma ou duas gerações mais tarde”, defendeu, alertando para os danos que a falta de punição ou a punição tardia provoca na prevenção da corrupção.

Marcelo Rebelo de Sousa referiu que “tem crescido o escrutínio, o controlo público da corrupção” e que “múltiplas instituições a têm eleito como prioridade das suas funções”, o Conselho de Prevenção da Corrupção, o Tribunal de Contas, o Ministério Público, a Autoridade Tributária.

Porém, realçou a lentidão da justiça, mencionando que há “processos que ao fim de dez anos não conhecem a última decisão, isto é, transitada em julgado, ou ao fim de cinco anos não conhecem a primeira decisão judicial ou sequer acusação, ou ao fim de dois anos e meio ainda não viram iniciado o respetivo julgamento”, sem nomear nenhum caso.

No que respeita à ação dos políticos, o chefe de Estado pediu atenção “a episódios específicos que podem dar um sinal errado aos cidadãos acerca da correção ética no desempenho de poderes sociais”, igualmente sem dar nenhum exemplo.

No plano da prevenção, de acordo com o chefe de Estado exige-se “ação educativa, que comece nos mais jovens dos jovens e envolva todos os protagonistas escolares, profissionais e sociais”, para promover “os valores éticos que podem evitar a corrupção”.

“Humildade, transparência, isenção, lealdade, honorabilidade e verdade. E não oportunismo, clientelismo, nepotismo, arranjismo, promoção pessoal à custa dos outros, deslumbramento com o poder, arrogância e prepotência”, elencou. “É um longo caminho o que falta percorrer”, considerou.

O Presidente da República concluiu o seu discurso afirmando que este desafio “não é de um messias, de um D. Sebastião, de um grupo restrito de iluminados, nem implica demagogia ou ilusões miríficas”, é sim “um combate que tem de ser todos”.

À saída, em declarações aos jornalistas, reforçou esta mensagem: “Todos devemos fazer tudo para que se previna a corrupção e, ao mesmo tempo, quando ela existir, seja punida em tempo útil”.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Por isso têm contas offshore (em nome dos primos e sobrinhos) cá são uns desgraçados e pobrezinhos.
    até têm de mandar picar o ponto na (AR) Assembleia da Realeza para ganharem mais uns trocos ao fim do mês.
    Qualquer dia só falta proibir de entrar a comunicação social lá dentro e só emitiam pelo canal AR para o exterior (devidamente editado).
    Em casa de gente que se afirma honesta é preciso sê-lo e não só parecê-lo.
    Oh professor PR dedique-se ás selfies que o ofício de atirar areia para os olhos já vi que não tem jeito nenhum.

RESPONDER

Portugal renova frota de aviões. Acordo é de 827 milhões de euros

O primeiro-ministro, António Costa, assinou na terça-feira, em Évora, um contrato com a brasileira Embraer para a compra de cinco aviões KC-390. O negócio inclui a aquisição de um simulador de voo e a manutenção …

Apesar dos 6.500 euros oferecidos pelo Programa Regressar, só 71 emigrantes quiseram voltar

Um mês depois do seu início, o Programa Regressar, que prevê a atribuição até 6536,40 euros aos emigrantes que regressarem a Portugal, recebeu apenas 71 candidaturas. Os dados, avançados pelo jornal Público, são o mais recente …

Incêndio na ilha espanhola de Grã Canária controlado

O incêndio florestal que deflagrou no sábado na ilha espanhola de Grande Canária está controlado, depois de ter atingido cerca de 9.200 hectares e obrigado à retirada de mais de 10 mil pessoas, anunciaram as …

Coreia do Norte recusa diálogo com EUA até terminarem exercícios militares

Um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte criticou igualmente a intenção de Washington de enviar caças F-35 para a região, e defendeu que tal pode, provavelmente, "desencadear uma nova guerra fria". A …

Jerónimo acusa PS, PSD e CDS de quererem rever leis eleitorais para falsificar resultados

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, acusou na noite de quarta-feira PS, PSD e CDS-PP de quererem rever as leis eleitorais para falsificar os resultados e fazer maiorias governativas com minoria de votos. Esta cíclica …

Campeão europeu foi oferecido ao Benfica. "Águias" rejeitaram

Daniel Sturridge, vencedor da Liga dos Campeões ao serviço do Liverpool, foi oferecido ao SL Benfica. As "águias" rejeitaram e, horas depois, o jogador assinou pelo Trabzonspor, da Turquia. Não é propriamente todos os dias que …

CGD poderá ter lucrado mais 157 milhões de euros acima do anunciado

No primeiro semestre deste ano, a Caixa Geral de Depósitos anunciou um lucro de 282,5 milhões de euros. Agora, as contas poderão ser revistas e calcula-se que haja um lucro adicional de 157 milhões. Face ao …

Encontrado em Marrocos o mais antigo estegossauro do mundo

Cientistas britânicos consideram que uma nova espécie de estegossauro - um dos dinossauros mais reconhecíveis, por causa dos ossos em forma de placa que se projetam da espinha e pelos espinhos nas suas caudas - …

Jovens do CDS contra lei que permite a alunos transgénero escolherem WC que querem usar. Governo já esclareceu

No final da semana passada, o Governo publicou o despacho da lei que pretende implementar a "identidade de género" nas escolas. O caso já tinha levantado alguma polémica quando deputados do PSD e CDS pediram uma …

Bolsonaro diz que ONG podem ter provocado incêndios para prejudicá-lo

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse que organizações não governamentais (ONG) com intenção de prejudicar o seu Governo podem ser responsáveis pelos incêndios florestais na Amazónia. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse esta quarta-feira …