Esquerda e direita unem-se contra o PS para baixar preço dos combustíveis

As propostas do PCP, Bloco de Esquerda, CDS-P e PSD vão ser discutidas esta quinta-feira, com o objetivo de reduzir o imposto sobre os produtos petrolíferos. O PS já prometeu votar contra e invoca a lei travão. No entanto, a descida do imposto pode ser aprovada se os votos da Direita se juntarem aos da Esquerda.

PCP, Bloco de Esquerda, CDS-P e PSD. Cada um com a sua proposta, estes quatro partidos defendem a redução do Imposto Sobre os Produtos Petrolíferos (ISP), a eliminação do aumento que este imposto sofreu em 2016 ou a sua adequação face ao aumento do petróleo atual.

De acordo com o Jornal de Negócios, estes quatro partidos, que irão apresentar as suas prepostas esta quinta-feira o Parlamento, estão juntos pela mesma causa: a descida do preço dos combustíveis. Aliás, até podem bem fazê-lo acontecer hoje, na Assembleia da República, à revelia do PS.

O CDS-PP, partido que agendou o debate, apresenta hoje um projeto de lei para eliminar o aumento do imposto sobre os produtos petrolíferos que, segundo os centristas, faz com que o Estado cobre 900 milhões de euros a mais aos contribuintes.

O Bloco apresenta também um projeto de lei que tem como objetivo eliminar o adicional e aprovar as revisões mensais das taxas unitárias de imposto aplicável à gasolina sem chumbo e ao gasóleo rodoviário.

Já o PSD e o PCP recomendam ao Governo o fim do adicional ao ISP. O PSD avança que dará luz verde à proposta do CDS, deixando assim em aberto o sentido de voto quanto aos textos da Esquerda. A redução do ISP só não baixa caso o BE e o PCP não quiserem, isto porque como voto favorável das bancadas da Direita, bastará a abstenção de um dos partidos à Esquerda.

Por sua vez, o PS já adiantou que votará contra todas as propostas em cima da mesa.

O socialista Carlos Pereira disse ao Negócios que o partido tem “consciência de que o preço da matéria prima veio colocar o preço dos combustíveis em valores que não eram espectáveis”. No entanto, afirmou também que as mudanças nos preços devem ser feitas de forma a que “as contas públicas não sejam postas em causa”.

Assim, o PS recorda a lei travão para que não seja possível avançar com estas mudanças no imposto, uma lei que impede o Parlamento de aprovar medidas com impacto no equilíbrio orçamental ao longo do ano.

Contudo, o PSD argumenta que a lei travão não está em causa com esta proposta da bancada, dado que a redução do ISP equivale ao montante de receita adicional de IVA obtida devido ao aumento do preço dos combustíveis.

A Assembleia da República discute, esta quinta-feira, a eliminação do adicional ao Imposto Sobre os Combustíveis.

Liliana Malainho LM, ZAP //

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. Estes cromos misturam tudo!
    Oh Senhor Carlos Pereira do PS, gostaria de o ler ou ouvir dizer o mesmo sobre assuntos de saúde. Creio que talvez bem o desejasse fazer, mas a hipocrisia do politicamente correcto não o deixa dizer que salvar muitos doentes põe as contas públicas em causa e logo, deixa-o calado… Não diz mas pensa.
    Isto é como as juntas médicas para atribuição de reformas antecipadas por incapacidade. Estas juntas mais parecem ser lideradas por economistas das finanças do que por médicos, já que o que observam é se podem pagar ou não e se não podem pagar nunca admitem o estado de incapacidade da pessoa.

  2. Confirma-se então que não existe qualquer tipo de diferença entre a “esquerda” e a “direita” portuguesa! C’est tout la même chose… Já quando foi da assinatura do PEC 4, que trouxe a troika a Portugal, estes mesmos também foram a favor dessa vinda ou já se esqueceram???

    • Eu não me esqueci e sempre tento lembrar os outros que se esquecem disso.
      Mas parece que agora estão preparados para fazer o mesmo.
      Discutir o imposto sobre os combustiveis? Será que são os trabalhadores que ganham o salário minimo que tem “bombas” para pagarem e suportarem esse imposto? Mas como eu tb vejo os lideres partidários de esquerda a andarem em bons carros, deve ser por isso que se vão unir à direita, como fizeram com o chumbo do PEC IV

    • Quem trouxe a troika foi o país no abismo levado a cabo por Sócrates. O PEC IV era apenas uma forma sub-reptícea de aumentos de impostos a prestações. Este era já o 4º acto de aumento de impostos. Será difícil compreender isto ? Ou o facciosismo partidário fala mais alto colocando a verdade de lado?

  3. Vamos lá ver se os maluquinhos da esquerda deste pais deixam de falar de cartão de cidadania, de agitar bandeiras do che guevara e outras cosias do género e se, pelo menos uma vez, lutam pelos interesses da esmagadora maioria dos cidadão portugueses (e não apenas daqueles que vivem ou querem viver da mama do estado)…
    Vamos lá ver…
    Eu estarei preparado para aplaudir…

  4. Quem consegue entender este ps?
    Que defende este partido em favor do povo, governa, ou governa-se?, de certeza que ainda vai tentar virar a seu favor o be a troco de algum rebuçado, ainda falavam e pretendiam maioria absuluta nas proximas.
    Livra.

  5. Estes parasitas que clamavam contra o peso dos impostos da troika…
    Que viriam reduzir a carga fiscal…
    Parasitas, oportunistas e bandalhos.
    E têm a pouca vergonha de reclamar o sucesso da economia… fruto da anterior asfixia que condenavam a plenos pulmões.
    … Paga povo! Tens de ser espremido até ao tutano…

    • Quantos carros tem? Está tão preocupado com o imposto sobre os combustiveis deve ter uma frota.

      Se esse imposto servir para baixar o IRS é de manter.

      Ou será daqueles que tem muitos carros mas não paga IRS?

      • Você vive no muno da Alice no país das maravilhas não?! Ainda não reparou que temos um país cheio de impostos e quando precisamos do estado eles fazem de tudo para não ajudarem!? Será que ainda não entendeu que com tantos impostos, o país não deveria estar melhor do que está?! Um mau gestor tanto governa mal cem euros como milhões!…Se eles têm o dom de não aplicar correctamente os nossos impostos, imagine lá com mais impostos?!?’ Mais dinheiro para eles esbanjarem e o povo impávido e sereno deixa andar…acorde…Em vez de estar preocupado com tanto imposto e nada de melhorias, você está preocupado com os carros que o senhor anterior tem ou não?!!?! A inveja é lixada!..deixe-se disso…

    • Este Centeno nunca me enganou. Diz que consegue o défice. Pura mentira. Esmaga os ministérios, sobretudo o da saúde (que está de pantanas) e depois gaba-se de que consegue a meta do défice. Esta governação é só fachada.

RESPONDER

Jogos da última jornada da Liga NOS vão ter adeptos nas bancadas

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta quarta-feira, que os jogos da última jornada da I Liga vão poder ter público nas bancadas. "Os jogos da última jornada da Liga NOS vão ter público nas …

"Mudou radicalmente". Diretor da PJ diz que Rui Pinto está a colaborar com a Justiça

O diretor nacional da Polícia Judiciária (PJ), Luís Neves, enfatizou esta quarta-feira a importância da colaboração estabelecida com Rui Pinto e sublinhou que o principal arguido do processo Football Leaks "mudou radicalmente" de atitude há …

Pessoas sem-abrigo vão poder indicar autarquias como morada

Os portugueses sem endereço postal físico vão poder indicar a morada de uma autarquia, de um serviço local da Segurança Social ou de uma associação da sociedade civil sem fins lucrativos quando fazem o cartão …

Marcelo sobre festejos do Sporting: "Quem deve prevenir não conseguiu prevenir"

O Presidente da República defendeu, esta quarta-feira, que "quem deve prevenir" aglomerados de pessoas como os dos festejos do Sporting, em Lisboa, "não conseguiu prevenir", esperando que tal "não tenha custos" para a saúde pública …

Em 2040, reformas vão cair para metade em Portugal

A Comissão Europeia prevê que, até 2040, os pensionistas passem a viver com pouco mais de metade do salário que tinham. Discrepância entre os últimos rendimentos do trabalho e as pensões de reforma dos portugueses …

Bruxelas piora previsões para défice português, mas melhora as do desemprego

A Comissão Europeia piorou hoje em duas décimas as previsões para o défice português, esperando um saldo negativo das contas públicas de 4,7% este ano. Contudo, melhorou as da dívida pública em três pontos percentuais, …

Barcelona empata com o Levante e "despede-se" do título espanhol

O FC Barcelona deu hoje um gigante passo atrás na corrida ao título espanhol de futebol, ao empatar 3-3 no reduto do Levante, depois de estar a ganhar por 2-0 e 3-2, em encontro da …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: 11.05.2021

Festa verde e assunto encerrado. Sporting quebra jejum de 19 anos e volta a celebrar a conquista de um título de campeão nacional. O novo desafio de Mourinho. As finais da Champions e Liga Europa. …

Certificado covid-19. Preço para os testes na UE gera discórdia

O Certificado Verde Digital, proposto pela Comissão, deverá passar a chamar-se Certificado Covid19 da UE, admitiu a presidência portuguesa da União Europeia. Os eurodeputados querem testes gratuitos para quem viaja, mas essa proposta esbarra nos …

Paulo Fonseca em negociações com o Lyon

O ainda treinador da AS Roma, que vai ser substituído por José Mourinho na próxima temporada, já estará em negociações com o Lyon. Segundo o jornal Record, Paulo Fonseca não só figura na lista de prioridades …