Com mais de 11.700 anos, esqueleto do “Homem de Loizu” tem um valor “incalculável”

O “Homem de Loizu”, descoberto na caverna Errotalde I, é o esqueleto humano completo mais antigo encontrado em Navarra e um dos mais antigos de Espanha.

O esqueleto de um homem, enterrado há mais de 11.700 anos com um buraco na cabeça numa caverna em Loizu, no vale do Erro, é o mais antigo descoberto em Navarra.

O indivíduo, que terá falecido com uma idade entre os 17 e os 21 anos, foi violentamente atingido por um projétil de alta velocidade ou por um objeto afiado na sua cabeça, escreve o Ancient-Origins. O homem será um representante das últimas gerações de caçadores e coletores que viveram nos Pirenéus na passagem do Pleistoceno para o Holoceno.

O esqueleto encontra-se em perfeito estado de conservação e os especialistas concordam que o seu valor arqueológico e antropológico é “incalculável“, já que poderia fornecer informações relevantes sobre o comportamento das sociedades daquela época e, sobretudo, sobre a origem da violência entre os seres humanos.

O “Homem de Loizu” foi descoberto a 20 de novembro de 2017. Citado pelo El País, Pablo Arias Cabal, professor de pré-história da Universidade da Cantábria, disse que a descoberta vai muito além do facto de se tratar do “indivíduo mais velho de Navarra”.

A descoberta vai permitir analisar os humanos do sudoeste da Europa que viveram num dos grandes momentos de mudança para a Humanidade: a transição da última era glacial para os tempos geológicos modernos, um período de intensas mudanças de clima e transformações ecológicas profundas.

A datação por radiocarbono dos vestígios coloca o “Homem de Loizu” por volta do ano 9700 a.C., na passagem do Pleistoceno para o Holoceno, “uma época em que as evidências antropológicas não são abundantes na Península Ibérica e mesmo em todo o continente europeu”, garante Arias Cabal, no seu relatório.

O professor Manuel González Morales, da Universidade da Cantábria, acredita que a descoberta é “muito interessante”, mas defende que devemos aguardar a publicação do estudo detalhado para conhecer o seu verdadeiro valor e avaliar o contexto arqueológico deste depósito humano.

No dia 12 de março, os restos mortais foram finalmente retirados da caverna Errotalde I. Isto significa que os cientistas vão agora poder dar continuidade à sua investigação num ambiente de laboratório controlado. Devido à sua localização remota e de difícil acesso, a escavação final foi um processo complexo e delicado.

O esqueleto será agora submetido a uma “bateria muito grande” de testes genéticos, para ver se é possível determinar de onde era o homem, como era a sua dieta e de que doenças padecia antes de morrer.

Responder a certas questões que continuam sem resposta permitirá aos arqueólogos e antropólogos desvendar os mistérios da vida dos povos de caçadores e coletores que ocuparam o continente europeu.

Na investigação participa uma equipa multidisciplinar, composta por 26 especialistas, dirigida pelo Governo de Navarra em conjunto com o Instituto Internacional de Estudos Pré-históricos da Universidade da Cantábria.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Valor incalculável… O que é isso? Se é incalculável, como pode ter valor? Se tem valor… é só fazer as contas!

RESPONDER

O Projeto Galileu quer provar a existência de aliens através da tecnologia deixada para trás

Investigadores vão centrar o seu trabalho na procura de objetos físicos associados a equipamento tecnológico extraterrestre, em oposição às pesquisas anteriores que se focaram em sinais eletromagnéticos. Um grupo de investigadores de Universidade de Harvard está …

O tesouro dos Templários pode estar escondido debaixo de uma casa em Inglaterra

Um historiador inglês alega que um edifício histórico em Burton, em Inglaterra, é onde está escondido o lendário tesouro dos Templários. Existem várias lendas sobre um tesouro que alguns templários conseguiram esconder do rei francês Filipe …

O núcleo interno da Terra está a crescer mais de um lado do que do outro

O núcleo interno da Terra está a crescer mais de um lado do que do outro. No entanto, isto não quer dizer que o nosso planeta esteja a ficar inclinado. Mais de 5.000 quilómetros abaixo de …

Incêndios devastam sul da Europa e obrigam a retirar moradores e turistas

Dezenas de aldeias e hotéis foram este domingo evacuados nas zonas turísticas do sul da Turquia devido a incêndios que começaram há cinco dias e já mataram oito pessoas no país, devastando também regiões da …

Há uma empresa a transformar as cinzas de entes queridos em diamantes

Uma empresa norte-americana transforma cinzas de entes queridos — e animais de estimação — em diamantes, que podem ser colocados em anéis ou colares. Lidar com a morte de um ente querido é sempre uma altura …

Pianista de aeroporto ganhou 60 mil dólares em gorjetas

Tonee "Valentine" Carter, que toca piano num aeroporto norte-americano, ganhou 60 mil dólares (cerca de 50.800 mil euros) depois de um estranho partilhar um vídeo seu a tocar. Tonee "Valentine" Carter, de 66 anos, não é …

Youtubers denunciam campanha de fake news contra vacina da Pfizer

De acordo com a imprensa brasileira, uma agência de marketing terá tentado que influenciadores digitais de todo o mundo partilhassem desinformação sobre as vacinas contra a covid-19. A denúncia foi feita por alguns dos influenciadores …

Na Tailândia, a legalização do aborto enfrenta "resistência espiritual"

Desde fevereiro, qualquer pessoa que procure fazer um aborto na Tailândia consegue fazê-lo legalmente, pelo menos no primeiro trimestre. Ainda assim, muitos médicos e enfermeiros recusam-se a levar a cabo o procedimento. A advogada Supecha Baotip …

Haiti. Viúva do presidente assassinado implica seguranças no crime

Martine Moise, a viúva do presidente haitiano Jovenel Moise — assassinado na sua residência por um comando armado no início de julho — descreveu abertamente o ataque e partilhou as suas suspeitas sobre o crime …

Covid-19. Portugal regista 2.306 novos casos e aumento nos internados

Portugal registou este domingo 2.306 novos casos de infeção por covid-19 e mais oito mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).  Portugal regista este domingo oito mortes atribuídas à covid-19, 2.306 novos casos …