Esqueça o sangue ou DNA, respire e saiba como está de saúde

Mizrak / Flickr

-

Muitos são os avanços que recentemente têm ocorrido a nível da Medicina. O mais recente, relacionado com exames médicos, não usa nem sangue nem DNA – apenas a respiração.

Raed Dweik, médico responsável pelo programa de hipertensão pulmonar no Instituto Respiratório da Clínica de Cleveland, passou vinte anos a estudar os padrões moleculares na respiração que podem dar indícios do que está a acontecer dentro do corpo.

Isto inclui doenças como câncro do pulmão, doenças do fígado, cardíacas, asma e inflamações intestinais. E as implicações médicas são de extrema importância: este dispositivo – semelhante ao usado para soprar ao balão para detectar a taxa de álcool no sangue – pode ser tão preciso quanto o teste de sangue ou a tradicional biópsia, mas mais barato e menos invasivo.

clevelandclinic.org

Raed Dweik, investigador do Instituto Respiratório da Clínica de Cleveland,

Raed Dweik, investigador do Instituto Respiratório da Clínica de Cleveland,

«Para muitas pessoas, a respiração representa o que está nos pulmões», afirmou Dweik em declarações à Mashable. «Porém, percebemos agora que qualquer coisa que esteja no corpo e que está, eventualmente, no sangue, pode ser medida através da respiração», acrescentou.

Alguns dispositivos de análise da respiração apresentam uma maior concentração de certas moléculas.  Outros mostram exactamente quais as moléculas presentes e em que níveis, o que permite aos médicos entender melhor a saúde do indivíduo e, ao mesmo tempo, adquirir conhecimentos sobre a doença ou condição do mesmo.

Porém, nem todas as doenças são reveladas através destes dispositivos. Dweik não conseguiu, por exemplo, encontrar um padrão de respiração distinto em pacientes com câncro do esófago. Algumas condições podem também influenciar o resultado final, como é o caso da obesidade.

«Isso chocou-nos», advogou o médico responsável pelo projecto. «E foi por isso mesmo que comecei a pensar na respiração como algo muito para além dos pulmões… Agora temos de perceber o que acontece com as pessoas obesas que faz com que tenham uma respiração diferente. Será que metabolizam os alimentos de forma diferente? Este factor levanta muitas questões», desabafou.

Um dos próximos passos – e talvez o mais revolucionário – é fazer com que estes dispositivos andem sempre com as pessoas, e assim controlarem a sua saúde.

Esta realidade ainda está, no entanto, um pouco distante, uma vez que muitos dos dispositivos em estudo são do tamanho de máquinas de lavar roupa.

Ainda assim, Dweik não desanima e conclui: «Quando mais olhamos para a respiração, mais novidades descobrimos».

CG, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …

China anuncia fim de novas centrais a carvão no estrangeiro

Segundo os especialistas, o impacto da medida deverá depender da forma como será implementada, podendo ter um grande impacto na luta contra as alterações climáticas. Num anúncio bem recebido por ativistas e organizações ambientes, a China …

Roménia vai distribuir €200 mil a quem tiver vacinação completa contra a covid-19

A Roménia anunciou uma "lotaria de vacinação" que distribuirá prémios de até 200.000 euros entre aqueles que tiverem a vacinação completa, na tentativa de elevar a taxa de imunização, a segunda mais baixa da União …