Até um milhão de espécies podem ser ameaçadas de extinção

lucianosilva / Flickr

Os gibões estão actualmente sob ameaça de extinção devido à actividade do Homem

O Homem depende da natureza, mas consegue destruí-la metodicamente: até um milhão de espécies de animais e vegetais podem ser ameaçadas de extinção, muitas delas “nas próximas décadas”, de acordo com um relatório preliminar da ONU sobre biodiversidade, obtido pela AFP.

Água potável, florestas que absorvem CO2, insetos polinizadores necessários para as culturas, peixes. A Plataforma Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistémicos (IPBES) vai reunir-se entre os dias 29 de abril e 4 de maio, em Paris, para fazer a primeira avaliação global dos ecossistemas em quase 15 anos.

E o estado da biodiversidade deve ser tão preocupante quanto as previsões sobre a mudança climática.

O relatório de 1.800 páginas, no qual 150 especialistas de 50 países trabalham há três anos, será acompanhado por um resumo, a ser discutido linha por linha e adotado pelos 130 países membros do IPBES, seguindo o modelo dos relatórios do IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas) sobre o clima.

De acordo com o resumo preliminar obtido pela AFP — o mais recente, datado de janeiro —, várias “evidências independentes apontam para uma aceleração iminente da taxa de extinção de espécies mesmo que os fatores não se tenham intensificado”.

Dos oito milhões de espécies estimadas, incluindo 5,5 milhões de espécies de insetos, no planeta, “entre meio milhão e um milhão de espécies devem estar em risco de extinção, muitas delas nas próximas décadas”, segundo o texto. A formulação do documento pode mudar dependendo do que os governos decidirem apresentar, mas não as conclusões científicas.

Estas projeções correspondem às advertências de muitos cientistas que acreditam que a Terra está no início da “sexta extinção em massa“, a primeira atribuída aos humanos, que já fizeram desaparecer pelo menos 680 espécies de vertebrados em 500 anos.

Agricultura e pesca

O relatório baseia-se parcialmente na análise de espécies bem estudadas, principalmente de vertebrados, mas destaca as “incertezas” em relação a outras espécies muitos menos conhecidas, especialmente de insetos.

O desaparecimento dessa biodiversidade tem um impacto direto nos seres humanos. Alimentos, energia, medicamentos: “as contribuições que as pessoas tiram da natureza são fundamentais para a existência e riqueza da vida humana na Terra, e a maioria delas não são totalmente substituíveis”, adverte o texto.

Por exemplo, mais de dois mil milhões de pessoas dependem de madeira para energia, quatro mil milhões fazem uso da medicina natural e 75% das culturas precisam de ser polinizadas por insetos. Os principais responsáveis por esta situação sombria são o uso da terra (agricultura, extração de madeira, mineração) e a exploração direta de recursos (pesca, caça).

Em seguida vem a mudança climática, a poluição e espécies invasoras, cujo impacto é “relativamente menos importante até este momento”, mas está a acelerar“.

O texto também destaca as ligações entre essa perda de biodiversidade e a mudança climática, às vezes incentivadas pelos mesmos fatores, especialmente o modelo agrícola extensivo num mundo cada vez mais populoso.

Devemos reconhecer que as mudanças climáticas e a perda da natureza são importantes, não apenas para o meio ambiente, mas também para as questões económicas e de desenvolvimento”, indicou recentemente à AFP o diretor do IPBES Robert Watson, que pediu uma “transformação” da produção de alimentos e energia.

“Se quisermos um planeta sustentável que forneça serviços para as comunidades em todo o mundo, devemos mudar a trajetória nos próximos 10 anos, como devemos fazer para o clima”, ressalta Rebecca Shaw, cientista-chefe da organização WWF.

O relatório também estima que três quartos da superfície terrestre, 40% do ambiente marinho e metade dos cursos de água foram “severamente alterados“.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Parasitas": O Melhor Filme dos Óscares chega à televisão

Parasitas vai passar na televisão esta sexta-feira (3), às 21h30, no canal TVCine Top. A produção de Bong Joon-ho angariou, nesta última award season, inúmeras nomeações, tendo sido Palma de Ouro no Festival de Cinema …

Países entram numa "guerra secreta" por ventiladores, admite agente da Mossad

Muitos países estão a utilizar os seus serviços de informações para a compra de material de saúde encomendado por outros, sobretudo ventiladores, para enfrentar a crise do novo coronavírus, disse um agente da Mossad, encarregado …

Pessoas que espalham ódio na Internet tendem a ser psicopatas

Os utilizadores da Internet que publicam comentários de ódio sobre outras pessoas tendem a ter traços psicopáticos. Por outro lado, os cientistas não encontraram uma correlação entre essa prática e narcisismo ou maquiavelismo. Estes utilizadores são …

Polícia britânica tingiu de negro uma lagoa azul para afastar visitantes

A Polícia britânica decidiu tingir de negro uma lagoa azul muito procurada na região de Derbyshire, visando assim afastar os visitantes e fazer com que estes cumpram o isolamento social exigido pelas autoridades para travar …

A maior cascata do Equador desapareceu repentinamente

A maior cascata do Equador, com cerca de 150 metros, desapareceu repentinamente por causa de uma dolina. Investigadores ainda não sabem se esta apareceu por causas naturais ou humanas. Em fevereiro, a cascata de San Rafael, …

Aprovada descida de 3% na eletricidade no mercado regulado

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) aprovou uma descida do preço da tarifa aplicada no mercado regulado de cinco euros por megawatt/hora (MWh). Contas feitas, trata-se de uma redução de aproximadamente 3% no total …

Turquemenistão proibiu o uso da palavra "coronavírus"

Enquanto o mundo luta para conter a propagação da pandemia de covid-19, no Turquemenistão os cidadãos podem ser presos só por dizerem a palavra "coronavírus". De acordo com a rádio NPR, que cita a organização não …

EDP oferece desconto de 20% a profissionais e organizações de saúde

Face à pandemia de covid-19, a EDP vai oferecer um desconto de 20% na fatura da eletricidade a profissionais e organizações de saúde, anunciou esta quarta-feira a empresa liderada por António Mexia em comunicado. “A …

Bill Gates deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia

Num artigo publicado no jornal norte-americano Washington Post, o fundador da Microsoft, Bill Gates, deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia de covid-19, que já fez 43 mil mortes em todo o …

Comissão de Trabalhadores da TAP pede nacionalização da companhia

A Comissão de Trabalhadores (CT) da TAP reforçou esta quarta-feira o apelo para que a transportadora “se torne 100% pública”, depois de a empresa ter anunciado o lay-off da maioria dos trabalhadores, segundo um comunicado. No …