Foi descoberta mais uma espécie de dinossauro que pode ter gatinhado

Os cientistas identificaram mais uma espécie de dinossauro que pode ter gatinhado antes de andar, tal como acontece quando somos bebés.

De acordo com o Science Alert, o dinossauro em causa pertence ao grupo dos Saurópodes, chama-se Mussaurus patagonicus e viveu há cerca de 200 milhões de anos, naquilo que agora podemos chamar de Argentina.

A nova investigação, publicada em maio na revista científica Scientific Reports, sugere que o crescimento dramático nos primeiros anos de vida pode ter levado a uma mudança na forma como se movimentava.

Estas descobertas baseiam-se nas reconstruções 3D feitas a partir de fósseis que demonstram três estágios cruciais na vida destes dinossauros – cria, um ano de idade e fase adulta – e que permitiram aos cientistas descobrir onde o seu centro de massa corporal estaria ao longo da vida.

“Temo-nos esforçado para encontrar outros animais, para além dos humanos, que passam por esta transição. Descobri-lo nestes fósseis é excecional”, afirma Andrew Cuff, paleontólogo da Universidade de Londres ao Science News.

Uma cria do M. patagonicus teria cabido na palma da nossa mão e pesava cerca de 60 gramas. Nesta fase, os cientistas afirmam que o animal teria uma cabeça e um pescoço relativamente grandes, assim como antebraços bem desenvolvidos, que usava para se movimentar com as quatro patas.

À medida que crescia e ficava com uma cauda mais longa, o centro gravitacional do dinossauro terá mudado para a zona pélvica, permitindo-lhe ficar em pé só com duas. Na fase adulta, esta espécie já teria cerca de seis metros e pesava cerca de mil quilos.

“Não sabemos se este padrão se aplica a todos os Saurópodes. Mas a verdade é que este grupo de animais alterou os seus movimentos de uma forma tão semelhante à dos humanos que é fascinante”, diz o paleontólogo do Museu de La Plata e autor principal do estudo, Alejandro Otero, à National Geographic.

Os investigadores também consideram que os seus modelos sugerem que a longitude da cauda e do pescoço é mais importante quando se trata de descobrir se os dinossauros andavam de pé – talvez mais importante do que o equilíbrio entre o comprimento da pata traseira e dianteira, que os especialistas usaram como linha de orientação até agora.

A maioria destes Saurópodes nunca chegaram à fase de andar em pé e provavelmente andaram toda a vida em quatro patas para conseguir suportar o peso da sua massa corporal. Pensa-se que algumas das exceções tenham sido o Maiassauro, o Iguanodon, o Psitacossauro, o Driossauro e o Massospondylus.

Ter acesso a fósseis suficientes que consigam representar tão bem a vida de um dinossauro é raro, tanto que, no caso deste Mussaurus patagonicus, foram precisos cerca de 50 anos para o conseguir.

“São raros os dinossauros para os quais temos uma boa série de fósseis, desde os ovos ou crias até adultos, e o Mussaurus foi um desses casos, o que nos abriu portas a algumas questões muito interessantes que não eram viáveis há 20 anos”, diz John Hutchinson, um dos investigadores da equipa.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Afinal, a economia portuguesa cresceu 2,2% em 2019 (mas está em desaceleração)

O Instituto Nacional de Estatística (INE) reviu em alta, de 0,2 pontos percentuais, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) português em 2019, situando-o em 2,2%, três décimas acima das previsões do Governo. Ainda assim, …

Deputado do PSD propõe referendo. "Concorda com a despenalização da prática da eutanásia?"

O deputado do PSD Pedro Rodrigues enviou na quarta-feira aos companheiros de bancada um projeto de resolução que propõe ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a convocação de um referendo sobre a eutanásia. De …

Alguém apostou no Placard num café fechado. Santa Casa perdeu dois milhões de euros

Durante quatro dias, a Santa Casa da Misericórdia registou o valor de dois milhões de euros em apostas, a partir de um café encerrado em Odivelas. Entre 9 e 12 de fevereiro, alguém apostou dois milhões …

Bairro da Jamaica. Novas suspeitas reabrem queixa contra agentes

Os moradores envolvidos nos confrontos de janeiro de 2019, no Bairro da Jamaica, pedem a reabertura do processo contra os agente da PSP. A defesa quer ver anulada a decisão do Ministério Público que acusou …

"Cuidados de morte." Governo acusado de cortar em cuidados paliativos para poupar dinheiro

A Associação Nacional dos Cuidados Continuados (ANCC) acusa o Governo de estar a cortar nos cuidados paliativos para poupar dinheiro. A TSF avança esta sexta-feira que a Associação Nacional dos Cuidados Continuados (ANCC) não tem dúvidas …

Novo Banco contrata detetives para seguir ex-líder da Ongoing

O Novo Banco contratou equipas especializadas compostas por investigadores privados para fazer o levantamento de todos os bens que possam ser associados a Nuno Vasconcellos, ex-líder da Ongoing. Segundo avança o Correio da Manhã esta sexta-feira, …

Eurobic nega que Teixeira dos Santos esteja a ser investigado pelo Banco de Portugal

Na quinta-feira, o jornal Público deu conta de uma investigação do Banco de Portugal (BdP) ao papel de Teixeira dos Santos no Eurobic no âmbito do caso Luanda Leaks. Agora, o banco vem a público …

Com Ferro Rodrigues "não acontecerá." Castração química não será debatida no Parlamento

Admitindo que as responsabilidades pela decisão de não admissibilidade do projeto de lei do Chega eram suas, Ferro Rodrigues deixou claro que, consigo na presidência da Assembleia da República, projetos de lei (provavelmente) inconstitucionais como …

Eleições para o Tribunal Constitucional suspensas. Boletins de voto estavam ilegais

A votação dos nomes para ocuparem as duas vagas no Tribunal Constitucional foi suspensa porque os boletins de votos que foram entregues aos deputados não estavam conforme manda a lei. De acordo com o jornal ECO, …

Chega já é a 5.ª força política em Portugal. CDS ultrapassado pelo PAN e Iniciativa Liberal

O PS mantém a distância para o PSD em fevereiro, segundo o Barómetro Político da Aximage para o Jornal Económico, que dá ainda conta que o CDS está em queda, posicionando-se apenas à frente do …