Especialistas apelam ao fim dos arranha-céus cobertos de vidro

Alguns arquitetos estão a apelar pelo fim dos arranha-céus de vidro, que podem ser a representação moderna mais grandiosa da riqueza e do poder mas representam igualmente um enorme desgaste para o ambiente. 

Entre os arquitetos encontra-se Simon Sturgis, presidente do grupo de sustentabilidade no Instituto Real de Arquitetos Britânicos e conselheiro da autoridade municipal londrina, noticiou na segunda-feira o Expresso.

“Construir uma estufa durante uma emergência climática é uma coisa bastante estranha de fazer, para dizer o mínimo. Quando usamos as fachadas de vidro normais, precisamos de muita energia para as arrefecer, e usar muita energia equivale a uma data de emissões de carbono”, disse Simon Sturgis ao Guardian.

Ainda há meses, o mayor de Nova Iorque anunciou o fim da construção de arranha-céus na cidade – embora depressa se tenha percebido que o que ele vai fazer é obrigar os novos edifícios a cumprirem normas ambientais mais exigentes.

Calcula-se que, atualmente, cerca de 14 por cento da utilização total de energia dispendida seja gasta em ar condicionado. Uma solução que, além de dispendiosa em termos financeiros, também o é em termos ambientais.

É-o ainda para a saúde, nomeadamente se as condutas não estiverem bem limpas, como é frequente. Micróbios, bactérias e substâncias várias em suspensão podem ser fonte de doenças. E a questão não se põe só nos países mais ricos.

Num país como Portugal, o problema não são tanto os arranha-céus – embora existam em Lisboa e não só – como a tendência para esquecer que, num clima que não é frio, não faz muito sentido fechar as pessoas em espaços de vidro sem janelas, concebidos para aproveitar a mínima réstea de sol, lê-se no Diário de Notícias.

Quando o tempo aquece a sério, qualquer falha técnica ou deficiência de limpeza no sistema de ar condicionado pode levar a situações desconfortáveis.

Isso tanto se aplica a edifícios como, por exemplo, a autocarros e outros transportes públicos. Mas ainda existe pouca consciência dos riscos envolvidos, embora o potenciar de fenómenos como alergias seja há muito associado a esse tipo de ambientes.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Hesitação anedótica dos deputados do PSD Madeira terá sido motivada por pressões de Rui Rio

O momento anedótico protagonizado pelos deputados do PSD Madeira, no Parlamento, aquando do chumbo às transferências de mais dinheiro para o Novo Banco, terá sido motivado por pressões de Rui Rio sobre o presidente do …

Estudo prevê menos de 2 mil novos casos diários no Natal

No Natal, Portugal deverá registar menos de dois mil novos casos diários de covid-19, segundo uma projeção da Faculdade de Ciência da Universidade de Lisboa divulgada hoje. Neste momento regista-se uma redução de 2,7% de novos …

A brilhar na seleção e sem lugar no Sporting, Plata é pretendido pelo Leicester

Depois de somar um par de boas exibições ao serviço da seleção equatoriana, Gonzalo Plata está a ser sondado pelo Leicester. O jovem de 20 anos não tem sido opção no Sporting. Gonzalo Plata tem atraído …

"É impensável um relaxamento". Entre novas medidas, Itália impõe quarentena a turistas nacionais e estrangeiros no Natal

O governo de Itália aprovou a quarentena obrigatória para cidadãos italianos que estejam no estrangeiro entre 21 de dezembro e 6 de janeiro e regressem ao país e para turistas, para prevenir uma "terceira vaga" …

Esta à porta mais um fim de semana de restrições. Concelhos “fecham” a partir das 23h

Entre as 23h00 desta sexta-feira e as 23h59 de terça-feira estão proibidas as deslocações para fora do concelho de residência habitual, salvo algumas exceções previstas na lei. Nesta sexta-feira, o Parlamento prepara-se para dar “luz verde” …

Lucas Veríssimo tem dado dores de cabeça ao Benfica, mas "poderá sair de graça em janeiro"

O presidente do Santos, Orlando Rollo, avisa que há o sério risco de Lucas Veríssimo sair a custo zero já em janeiro. O SL Benfica está ainda a estudar a sua contratação. O negócio de Lucas …

Tabelas do IRS podem significar aumento do salário mínimo até 685 euros

A divulgação das novas tabelas de retenção na fonte de IRS sugere que o salário mínimo nacional possa aumentar até aos 685 euros. O valor a partir do qual salários e pensões passam a descontar IRS …

Arquipélago na "Atlântida britânica" sobreviveu a tsunami há 8 mil anos

Cientistas acreditam que uma parte de Doggerland, uma antiga civilização conhecida como a "Atlântida britânica", tenha sobrevivido ao tsunami que inundou a região há 8 mil anos. Doggerland foi uma civilização antiga no Mar do Norte, …

Plano de vacinação pode prolongar-se até março de 2022. Normalidade pode regressar já no próximo verão

Portugal vai receber 22,8 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 que chegam para imunizar toda a população, mas o processo vai decorrer em três fases, a última das quais poderá prolongar-se até ao …

Partidos concordam com o alívio no Natal (mas plano de vacinação não satisfaz Marcelo)

Com o voto favorável do PSD assegurado, o Parlamento vai aprovar, esta sexta-feira, o decreto presidencial com a segunda renovação do estado de emergência desta segunda fase da pandemia. Depois da reunião no Infarmed, Marcelo Rebelo …