Escritor chinês detido por cometer os homicídios que inspiraram as suas obras

Um escritor chinês premiado foi detido esta sexta-feira por envolvimento num quádruplo homicídio que aconteceu em 1995, na China. O homem usou os crimes como inspiração para as suas obras.

O trabalho de Liu Yongbiao, de 53 anos, foi interrompido pelo toque da campainha. Do outro lado da porta, estava a polícia, mas o escritor não se afligiu: tinha “estado à espera este tempo todo”, confessou de imediato, segundo o Sixth Tone.

O chinês trabalhava no seu próximo policial, “A bela escritora que matou”, quando as autoridades foram a casa detê-lo pelo quádruplo homicídio que cometeu em 1995 e que terá inspirado as suas obras. O escritor teria um cúmplice, Wang, de 64 anos que também foi detido pelo mesmo crime.

O crime aconteceu há quase 22 anos, na noite de 29 de Novembro de 1995. Quatro pessoas morreram na sequência de um assalto numa casa de hóspedes: o casal proprietário, o neto de 13 anos e um hóspede. Todos foram vítimas de pancadas na cabeça com um objeto contundente.

Os dois detidos terão sido surpreendidos pelo hóspede quando tentavam roubar-lhe dinheiro, o homem mostrou resistência e foi espancado até à morte. Para encobrir o crime, terão feito mais três vítimas.

A ausência de sistema de vigilância e de registos de identificação dos hóspedes dificultaram a investigação. Apesar dos interrogatórios feitos a hóspedes, vizinhos e testemunhas, que conduziram a retratos robô, e das pistas deixadas no local, como toalhas usadas, impressões digitais e marcas de sapato, a polícia nunca foi capaz de desvendar o crime.

A investigação foi aberta várias vezes ao longo dos anos, não tendo havido nenhum progresso até à última delas, iniciada em Junho. A polícia local usou agora uma nova tecnologia de identificação de ADN que permitiu chegar a uma correspondência, depois de comparadas cerca de 60 mil impressões digitais, explica a mesma fonte.

O escritor chinês terá confessado os crimes numa carta que deixou à esposa. “Agora estou, finalmente, livre do tormento que aguentei por tanto tempo” escreveu Liu Yongbiao, segundo o jornal China Daily.

Liu Yongbiao nasceu em Anhui, uma das províncias mais pobres da China, e tornou-se escritor depois de não ter conseguido entrar na universidade.

O reconhecimento literário surgiu em 2005 com o romance “Um filme“, que ganhou vários prémios literários no país e foi publicado pela Writers Publishing House, a maior editora chinesa.

Em 2013, o romancista foi admitido na Associação de Escritores Chineses, controlada pelo Partido Comunista; entretanto, viu o seu sucesso passar do papel para o ecrã, quando uma das suas obras publicadas em 2014 adaptada à televisão.

No prefácio de um dos seus romances, “A culpa secreta“, pode ler-se: “Quero escrever um romance sobre uma escritora bonita que matou muitas pessoas num caso que se mantém por desvendar.” A imprensa chinesa questiona agora se esta obra e aquela que estava a escrever estarão relacionadas com o homícidio cometido.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

PSD a 3 deputados da maioria na Madeira. CDS afasta geringonças

Miguel Albuquerque, político experiente, apreciador de música e apaixonado por rosas, voltou hoje a vencer as eleições regionais da Madeira, mas tem agora pela frente a ‘espinhosa’ tarefa de negociar um entendimento que garanta estabilidade …

Porto 2-0 Santa Clara | E vão cinco vitórias consecutivas na Liga

O FC Porto respondeu ao triunfo do Benfica no sábado em Moreira de Cónegos com a quinta vitória consecutiva na Liga, na recepção ao Santa Clara, por 2-0. Num jogo morno, com uma segunda parte mal jogada …

Mazda entra na corrida e prepara lançamento do seu primeiro carro elétrico

A Mazda garantiu o lançamento do seu primeiro carro elétrico já no próximo ano. O veículo será apresentado no Salão Automóvel de Tóquio. A corrida dos veículos elétricos acelera a todo o vapor e a Mazda …

Descobertas evidências de um reino bíblico em pleno deserto israelita

A bíblia faz referência a um reino de Edom, do século X antes de Cristo. Novas evidências sugerem que este reino poderá ter estado assente no deserto de Arava, no Israel. A análise de arqueólogos a …

PSD vence regionais na Madeira mas perde maioria absoluta

O PSD venceu hoje as eleições legislativas regionais na Madeira, com 37% a 41% dos votos, o que lhe retira a maioria absoluta no parlamento, segundo a projeção da RTP/Católica. O Partido Social Democrata venceu as …

No Afeganistão, há mulheres a arriscar a vida por um golo

As jogadores da seleção de futebol feminino do Afeganistão não treinam no seu país por razões de segurança. Muitas sofreram abusos sexuais e correm risco de vida para poderem jogar futebol. Pelo menos alguma vez na …

Cientista diz que avanços científicos podem levar à extinção humana

A evolução da ciência e tecnologia pode ser fundamental para evitar catástrofes, mas, ironicamente, pode também ser a causadora do fim da nossa espécie. O estudo das mudanças climáticas baseia-se em simulações cada vez mais de …

A ilha mais remota do mundo tem nome português

Tristão da Cunha é uma ilha com apenas 250 habitantes, onde ninguém fala português. Não há hotel nem aeroporto. Há quem parta em busca de um lugar sossegado para evitar as grandes multidões turísticas. Caso esteja …

Costa não tinha dúvidas. O parecer da PGR sobre familiares é “absolutamente inequívoco”

O secretário-geral do PS, António Costa, defendeu hoje que o parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre as incompatibilidades entre governantes e negócios com empresas de familiares é “absolutamente inequívoco”. “O parecer é absolutamente inequívoco sobre …

Jovens do mundo inteiro ocupam a ONU em inédita Cimeira do Clima

Mais de 500 jovens, representantes de mais de 140 países, ocuparam este sábado o espaço habitualmente destinado aos diplomatas da ONU. A United Nations Youth Climate Summit, primeira cimeira da juventude sobre o clima, em Nova …