O escorpião vence o cancro. Veneno ajuda cirurgiões a detetar doença

fabiomaffei1 / Flickr

Escorpião da espécie Tityus serrulatus

Um grupo de cientistas descobriu que no veneno do escorpião-amarelo existe uma toxina que pode abrir um novo caminho para o tratamento do cancro.

Uma nova técnica de imagem pensada para ajudar os cirurgiões a identificar a localização de tumores cerebrais malignos durante a cirurgia está a demonstrar resultados promissores em ensaios clínicos precoces.

Segundo o New Atlas, a técnica combina uma nova câmara infravermelha de alta sensibilidade com um agente de imagem especial sintetizado a partir de um aminoácido encontrado no veneno do escorpião.

Tratar gliomas, um tipo letal de tumor cerebral, pode ser incrivelmente difícil, uma vez que estes tumores não respondem bem à quimioterapia tradicional nem à radioterapia e tendem a espalhar-se por um amplo espectro de tecido cerebral, dificultando o trabalho dos cirurgiões de detetar e remover todo o tecido cancerígeno.

A mais recente técnica baseia-se no composto “tozuleristide” – BLZ-100, uma versão sintética otimizada de um peptídeo encontrado no veneno do animal. Este composto liga-se naturalmente às células do cancro cerebral e, com a adição de um corante fluorescente, as células tumorais tornam-se facilmente distinguíveis do tecido normal sob luz infravermelha.

“Com esta fluorescência, conseguimos ver o tumor muito mais facilmente porque se acende como se fosse uma árvore de Natal”, descreve Adam Mamelak, autor do estudo publicado na Neurosergery no dia 9 deste mês.

Na fase inicial, esta técnica mostrou-se segura, não tóxica e eficaz. Dezassete pacientes passaram pelos testes e o composto mostrou não gerar efeitos colaterais adversos, enquanto iluminava a maioria dos tumores.

Além do novo agente, o ensaio clínico estava também a testar um sistema de câmara experimental que pode capturar simultaneamente imagens de infravermelho próximo e de luz branca. Anteriormente, para obter este tipo de imagem dupla num ambiente cirúrgico, eram necessárias várias câmaras, todas elas volumosas.

Esta nova tecnologia permite assim alternar em tempo real as duas visualizações de imagens, ajudando os cirurgiões a concentrarem-se nos tumores cerebrais e a removerem todo o tecido cancerígeno. “Para um cirurgião, esta inovação é muito atraente“, acrescenta Mamelak.

Atualmente, a técnica está a passar por ensaios clínicos mais amplos antes de uma possível aprovação da Food and Drug Administration (FDA).

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Há muitos anos atrás ouvia dizer aos aldeões que o veneno do dito bicho fazia bem a certos males, no entanto uma picada a sério pelo mesmo parece ser bastante dolorosa pelo que já observei, também posso afirmar que cá pelo meu sítio dantes era facílimo encontrar um debaixo de qualquer pedra e hoje é raríssimo encontrar um bicho destes, não duvido que é mais um em vias de extinção.

RESPONDER

Encontrada numa ilha remota do Japão garrafa com mensagem escrita em espanhol

Uma garrafa de vidro, que continha uma mensagem escrita em espanhol, foi encontrada recentemente numa praia na ilha de Minami Torishima, no Japão. A garrafa esteve à deriva no Oceano Pacífico mais de dez anos. A …

Emissões que estão a destruir camada de ozono vêm de duas províncias da China

A produção do clorofluorocarboneto (CFC) 11 foi proibida em todo o mundo em 2010. Mas, em 2018, verificou-se que a taxa de declínio do CFC tinha abrandado cerca de 50% desde 2012, o que significava …

O Japão fez um pedido ao mundo: Digam corretamente o nome do primeiro-ministro

Num momento em que se preparam uma série de eventos importantes no Japão, como a cimeira G20 e os Jogos Olímpicos de verão 2020, o ministro dos Negócios Estrangeiros japonês, Taro Kono, fez um pedido …

Ministério Público pede libertação do antigo líder da Juve Leo

O Ministério Público pediu esta sexta-feira a libertação de Fernando Mendes, antigo líder da claque do Sporting Juventude Leonina, justificando o pedido com o grave problema de saúde que enfrenta. Fernando Mendes foi detido a 7 …

Entender o que as pessoas mais temem pode ajudar a prevenir desastres naturais

Entender o que preocupa as pessoas é crucial para enfrentar perigos naturais e para a mitigação dos seus efeitos. Segundo uma análise avançada na quinta-feira, para evitar desastres, a população local, as autoridades municipais e …

Afinal, foi Banksy. Artista confirma autoria de mural em Veneza

O artista Banksy deixou a sua marca em Veneza ao pintar um mural sobre os migrantes no Mediterrâneo, uma certeza que chegou esta sexta-feira através do Instagram do artista, depois das suspeitas levantadas na semana …

"Engarrafamento" no Evereste. Já morreram cinco pessoas

Um norte-americano de 54 anos e uma mulher indiana morreram na quarta-feira na descida do monte Evereste, num dia que ficou marcado por um "engarrafamento" na montanha mais alta do mundo. O alpinista Nirmal Purja …

Se as europeias se disputassem nas redes sociais, ganharia o PAN

Se as eleições europeias, que se realizam no próximo domingo, fossem disputadas nas redes sociais, o Partido das Pessoas, Animais e Natureza, cuja lista é encabeçada por Francisco Guerreiro, teria fortes probabilidades de vencer. A …

Japão. Aplicação que protege as vítimas de assédio nos metros descarregada em número recorde

As mulheres no Japão estão a descarregar a aplicação Digi Police em número recorde. Trata-se de uma aplicação gratuita para 'smartphones', criada pela Polícia Metropolitana de Tóquio com o intuito de proteger as vítimas de …

Explosão em Lyon faz pelo menos oito feridos. Macron fala em "ataque"

Uma explosão de origem desconhecida numa rua pedonal do centro da cidade de Lyon, no leste de França, fez esta sexta-feira pelo menos oito feridos, noticiou a agência AFP. A Reuters adianta que serão dez …