Escola em Itália proibiu o Natal

O director de um colégio em Itália decidiu proibir o concerto de Natal da escola e outras celebrações típicas da época – tudo para não ofender outras religiões.

A medida do director do Colégio Garofani, em Rozzano, no norte de Itália, está a causar polémica e já motivou a intervenção dos mais altos responsáveis do governo do país, nomeadamente do primeiro-ministro e da ministra da Educação.

Marco Parma, o homem no centro da polémica, proibiu as celebrações natalícias no colégio, adiou o Concerto de Natal para Janeiro para o transformar no Concerto de Inverno e retirou os crucifixos das paredes.

Uma decisão que visa, conforme argumenta, salvaguardar a liberdade e a integração dos cerca de 20% de alunos estrangeiros da instituição que alberga crianças dos Ensinos Primário e Secundário.

Mas a ideia não encontra muita compreensão e até o primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, já veio dizer que “não se dialoga renunciando ao Natal”, nota o Il Corriere della Sera.

“Debate e diálogo não significam sufocar a identidade no sentido do politicamente correcto nebuloso e insípido. A Itália laica e cristã jamais renunciará ao Natal“, salienta Matteo Renzi.

A ministra de Educação, Stefania Giannini, frisa, por seu lado, que “Belém já não é um símbolo de poder para derrubar ou defender” e que é o “sinal de uma história plural, na qual se inscrevem outras histórias, dignas de conhecimento e respeito”.

E a presidente da Câmara de Rozzano, Barbara Agogliati, sublinha que a decisão do director do colégio só veio “criar divisões”.

Marco Parma apresentou, entretanto, a demissão do cargo e vai ter que explicar a sua posição diante do Conselho de Educação do Governo Regional da Lombardia.

Vários pais de crianças do colégio têm manifestado a sua revolta à porta das instalações, onde alguns apareceram empunhando uma estátua do Menino Jesus e a dizer que a iam levar para a sala de aulas porque “na nossa religião não se toca”.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Fez asneira da grossa! Festejar o natal não é faltar ao respeito a outras religiões. Desde que não seja imposto os festejos a ninguém. Cada um tem a liberdade de festejar ou não. Agora proibindo acabou por faltar ao respeito de quem queria festejar.

  2. Deve ser mais um mohamed disfarçado, talvez em breve venha a propor saias aos alunos e burcas ás alunas,; com europeus desta espécie à frente de instituições procurando matar as raízes da nossa cultura não tenho dúvidas de que a Europa caminha a passos largos para o suicídio.

    • “Uma nação pode sobreviver aos idiotas e até aos gananciosos. Mas não pode sobreviver à traição gerada dentro de si mesma. Um inimigo exterior não é tão perigoso, porque é conhecido e carrega suas bandeiras abertamente. Mas o traidor se move livremente dentro do governo, seus melífluos sussurros são ouvidos entre todos e ecoam no próprio vestíbulo do Estado. E esse traidor não parece ser um traidor; ele fala com familiaridade a suas vítimas, usa sua face e suas roupas e apela aos sentimentos que se alojam no coração de todas as pessoas. Ele arruína as raízes da sociedade; ele trabalha em segredo e oculto na noite para demolir as fundações da nação; ele infecta o corpo político a tal ponto que este sucumbe. Deve-se temê-lo mais que a um assassino.”- Cicero, 42 B.C.

  3. Penso que a atitude não foi a mais sensata. Não sendo obrigatório a prática da religião do estado, cada um deve decidir sobre si mesmo.
    A verdade é que num mundo cada vez mais multi-religioso, a educação secular devia ser imparcial, pois nada têm a ver.
    No entanto, achei interessante a expressão: “na nossa religião não se toca”. Se estivesse em causa qualquer outra crença religiosa, já era fanatismo.

RESPONDER

ADN revelou quem teve casos extraconjungais nos últimos 500 anos

Os cientistas revelaram que membros da sociedade tinham mais probabilidade de ter filhos fora do casamento ao estudar o ADN de pessoas da Europa ocidental nos últimos 500 anos. A densidade populacional do local onde uma …

O Ártico pode ficar sem gelo no verão de 2044

As mudanças climáticas provocadas pelo Homem estão muito perto de tornar o Ártico livre de gelo, já a partir do verão de 2044. Um artigo científico, publicado recentemente na Nature Climate Change por investigadores da Universidade …

Estamos sozinhos no Universo? Cientistas detalham que exoplanetas poderiam albergar vida

Através da modelagem climática, uma equipa de cientistas da Universidade de Northwestern, nos Estados Unidos, apontou que tipo de planetas têm maior probabilidade de serem habitáveis. A descoberta pode ajudar os astrónomos a selecionar áreas …

Viagens ao Espaço têm um novo perigo desconhecido para os astronautas

Há um perigo inerente às longas viagens espaciais dos astronautas desconhecido até aos dias de hoje. Um novo estudo aponta que os cosmonautas podem ver o seu fluxo sanguíneo revertido na parte superior do corpo. A …

Macrocilix maia, a misteriosa traça que tem moscas a comer fezes nas suas asas

Macrocilix maia é uma espécie de traça que se destaca pela forma como se camufla dos seus predadores. Nas suas asas vê-se duas moscas a comer excrementos de pássaro. A natureza nunca falha em surpreender-nos e …

Há provas que ligam misteriosa doença que paralisa crianças a vírus raro

Pela primeira vez, foram encontradas provas da associação do Enterovírus D68, um vírus raro até há algum tempo, à Mielite Flácida Aguda, uma doença semelhante à poliomielite que tem afectado centenas de crianças, provocando a …

Antigos egípcios podem ter encurralado milhões de pássaros só para os mumificar

Novas evidências de ADN sugerem que os antigos Egípcios capturavam pássaros selvagens para sacrifícios ritualísticos (e para os poderem mumificar depois). As catacumbas egípcias contêm milhares de pássaros mumificados, especificamente íbis-sagrados (Threskiornis aethiopicus), empilhados uns sobre …

Estudo mostra que sondagens tendenciosas enviesam eleições políticas

Através de experiências práticas, uma investigação recente sugere que as sondagens tendenciosas podem influenciar e enviesar as eleições políticas, até mesmo nas grandes democracias. Enquanto uma eleição se aproxima no Reino Unido e uma votação presidencial …

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …