Entrevista dos Sussex caiu como uma bomba. Família Real diz que vai lidar com “questões raciais” em privado

Facundo Arrizabalaga / EPA

O príncipe Harry, de Inglaterra, e a atriz norte-americana Meghan Markle

Os duques de Sussex deram a sua primeira grande entrevista na televisão norte-americana, no domingo à noite, à apresentadora Oprah Winfrey. Um dia depois, o Palácio de Buckingham emitiu um comunicado onde diz que vai lidar com as questões raciais em privado.

A Casa Real refere como preocupantes às questões raciais mencionadas por Harry e Meghan durante a entrevista concedida à apresentadora Oprah Winfrey que foi para o ar no passado domingo.

“Apesar de as memórias poderem variar, vão ser levadas a sério e vão ser endereçadas pela família real em privado”, pode ler-se.

O comunicado, emitido pelo Palácio de Buckingham esta tarde, lamenta os desafios enfrentados pelo casal durante os últimos anos e conclui dizendo que “Harry, Meghan e Archie vão ser sempre membros muito amados da família”.

Esta foi uma das revelações bombásticas feitas pelos duques de Sussex e dos mais comentados na imprensa após a exibição da entrevista da CBS.

Logo depois da entrevista, a imprensa britânica foi a primeira reagir com alguns colunistas a serem muito críticos às declarações feitas.

No entanto, o Palácio de Buckingham demorou um pouco mais a reagir, acabando por fazê-lo hoje, contra todas as expectativas.

Na segunda-feira, a Rainha Isabel II terá mesmo recusado assinar um comunicado preparado pelo Palácio, focado no amor da Família Real pelos duques de Sussex, sendo que preferiu dormir sobre o assunto, diz o The Times.

A monarca passou o dia de ontem reunida com o príncipe Carlos e o filho William, alega o Daily Mail para, em conjunto, tentarem gerir a situação de crise – sendo que a família resolveu emitir comunicado.

Esta terça-feira, Carlos foi pela primeira vez visto em público após a conversa entre os Sussex e Oprah, sendo fotografado em Londres no decorrer de uma visita a uma clínica de vacinação em formato pop-up do Serviço Nacional de Saúde britânico. Questionado sobre a polémica entrevista, o príncipe de Gales, de máscara, permaneceu em silêncio.

“Ao menos nunca me vesti de Hitler”

Também o pai de Meghan Markle já reagiu à entrevista.

Thomas Markle, em declarações ao programa Good Morning Britain, acusa a filha de silêncio e de fazer ghosting à família que “diz não conhecer”.

Conhecer o estado de saúde mental da filha via entrevista deixou Thomas, de 76 anos, “perturbado”. “Como disse, teria sido fácil ela falar comigo ou com o resto da família que ela diz não conhecer”, frisou.

Na entrevista, Oprah questionou Meghan sobre se se sentiu traída quando descobriu que o pai tinha trabalhado com os tabloides. A duquesa explicou como tentou que o pai admitisse o que tinha feito, embora sem sucesso.

Sobre o assunto, Thomas diz que “todos cometemos erros”, mas que “ao menos nunca me vesti de Hitler”, atirando assim farpas a Harry. Recorde-se que o duque foi forçado a pedir desculpas publicamente depois de ter sido fotografado a usar um uniforme Nazi numa festa em 2005.

O pai da duquesa afirma que colabora com a imprensa porque não recebe quaisquer notícias de Harry ou Meghan, casal que atualmente vive nos Estados Unidos à semelhança de Thomas. “Quando eles decidirem falar comigo, eu paro de falar com a imprensa”.

Em resposta às supostas acusações de racismo por parte da monarquia, Thomas Markle diz não considera a Família Real racista, ainda que os duques de Sussex tenham revelado uma conversa sobre a cor de pele de Archie, que esteve a base da decisão de o filho de ambos não ter o título de príncipe.

A relação entre Meghan e o pai, Thomas Markle, tem sido conturbada nos últimos anos.

Já a entrevista do casal bateu todos os recordes de audiências. Só nos EUA, a emissão da entrevista terá atraído pelo menos 17,1 milhões de pessoas.

Ana Isabel Moura, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O circo da família parasita britânica é mesmo importante para a humanidade… ouvi agora que a Oprah vendeu esta entrevista por 7 milhões à CBS!…
    7 milhões por uma entrevista a uns tontinhos!…

RESPONDER

Mudanças na lei laboral podem prejudicar a retoma, avisa Centeno

É crucial para a retoma que haja "estabilidade e previsibilidade na legislação laboral", de forma a estimular o investimento empresarial e o crescimento económico, afirmou esta quarta-feira o governador do Banco de Portugal (BdP), Mário …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Von der Leyen dá luz verde ao Plano de Recuperação e Resiliência português. E "não é por acaso"

O primeiro-ministro, António Costa, e a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, anunciaram esta quarta-feira que o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) foi aprovado por Bruxelas.  A presidente da Comissão Europeia, Ursula von …

Kim Jong-un reconhece que país enfrenta "situação de tensão alimentar"

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, reconheceu que o país está a enfrentar uma "situação de tensão alimentar", informaram hoje os meios de comunicação oficiais. O país, cuja economia é alvo de múltiplas sanções internacionais impostas em …

Iniciativa Liberal apoia recandidatura de Rui Moreira à Câmara do Porto

A Iniciativa Liberal vai apoiar a recandidatura de Rui Moreira à Câmara do Porto nas próximas eleições autárquicas, considerando “inquestionável a mudança e o desenvolvimento” da cidade desde que o independente assumiu a presidência do …

Comissária europeia diz que variante Delta “diminui” proteção da vacina

A comissária europeia para a Saúde disse esta terça-feira que estão a surgir provas que demonstram que a variante Delta do coronavírus SARS-CoV-2 “diminui a força do escudo protetor” criado pelas vacinas, instando à aceleração …

DGS diz que demora de conclusões sobre eventos-piloto não é por erro técnico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) rejeitou, esta terça-feira, que tenha havido erro técnico no tratamento de dados dos eventos-piloto da Cultura, ocorridos em abril e maio, mas admitiu que o processo está demorado. Numa declaração enviada …

Governo quer fazer alterações na duração de cargos de dirigentes

As mudanças que estão a ser preparadas passam por reduzir a duração dos cargos em substituição e, por outro lado, pelo ajustamento do período das comissões do serviço em função da avaliação. Segundo o Jornal de …

Responsável pelas manifestações em Lisboa é coordenador no Gabinete de Apoio à Presidência da CML

O responsável pelas manifestações na cidade de Lisboa é coordenador técnico no Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara liderada por Fernando Medina. De acordo com o semanário Expresso, António Santos tem sido, nos últimos …

Sporting e Braga jogam Supertaça em Aveiro no dia 31 de julho

A Supertaça Cândido Oliveira, que vai ser disputada entre Sporting e Sporting de Braga, vai ser disputada em Aveiro, a 31 de julho, anunciou a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). "A decisão da Supertaça Cândido de …

Um quarto da população portuguesa já tem a vacinação completa

Em Portugal, 42% das pessoas já receberam a primeira dose de uma vacina contra a Covid-19 e 25% — cerca de um quarto da população — estão completamente vacinados. De acordo com o mais recente relatório …