Francesa Engie e italiana Enel interessadas em comprar a EDP

Tiago Petinga / Lusa

O presidente da EDP, António Mexia

Depois de ter sido noticiado que os franceses da Engie estão a estudar uma potencial oferta de compra da EDP, as ações da empresa portuguesa dispararam mais de 8%.

A empresa francesa Engie estará, há umas semanas, a estudar a possibilidade de lançar uma oferta de aquisição sobre a EDP – Energias de Portugal. A notícia é avançada esta segunda-feira pela rádio francesa BFM Business.

De acordo com fontes próximas do segundo maior grupo energético francês, o interesse na energética portuguesa já dura há algum tempo. Aliás, o órgão francês diz que já existiram “contactos preliminares de alto nível” entre António Mexia e os responsáveis da utility francesa.

A Engie conhece bem este grupo português. A compra já havia sido estudada duas vezes, no passado. No início de 2007, as discussões foram curtas. Depois, em 2013, quando o Estado português, durante a crise financeira, vendeu as suas ações”, refere a rádio.

No entanto, a EDP contrariou esta segunda-feira a existência de contactos ou negociações com a francesa Engie com vista a “operações de consolidação”.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores mobiliários (CMVM), a empresa liderada por António Mexia rejeita assim as notícias avançadas pela BFM Business que davam conta de uma aproximação do grupo Engie.

“A EDP vem esclarecer o mercado de que não foram estabelecidos quaisquer contactos, nem mantidas quaisquer negociações com vista a operações de consolidação”, escreve a elétrica portuguesa.

O grupo italiano Enel estará também interessado na compra da empresa nacional, avaliada em mais de 11 mil milhões de euros.

Embora o plano de aquisição tenha sido estudado de perto pela administração financeira da Engie, nenhuma decisão será tomada antes da posse do novo presidente do grupo francês, Jean-Pierre Clamadieu, que acontece a 18 de maio, diz o Jornal Económico.

Segundo o Jornal de Negócios, as notícias já levaram as ações da EDP a reagir em forte alta, ganhando 5,86% para 3,268 euros, depois de terem chegado a disparar 8% para 3,349 euros, o que corresponde ao valor mais elevado desde Setembro de 2017.

Estas notícias estão a condicionar também as ações da EDP Renováveis, que está a subir 1,63% para 8,13 euros, tendo chegado já a negociar nos 8,20 euros, o que corresponde ao valor mais elevado de sempre, aponta o jornal.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Polícias de elite da PSP convocados para trabalhar nas obras

Operacionais da Unidade Especial de Polícia (UEP) da PSP estão a ser chamados para colaborarem como voluntários nas obras de remodelação da messe localizada na Quinta das Águas Livres, em Belas, Sintra. Segundo o Correio da …

Portugueses são dos que menos gastam em viagens turísticas

Os portugueses são dos cidadãos europeus que menos gastam em deslocações de turismo, ao desembolsar em média 136 euros por viagem turística, menos de metade da média da União Europeia, de 336 euros, revelam dados …

Ex-diretor da CIA admite recorrer à Justiça contra Donald Trump

O ex-diretor da CIA John Brennan admitiu neste domingo recorrer à Justiça, depois de o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lhe ter cancelado o acesso a informação confidencial e à Casa Branca. “Se esse é …

Trabalhadores da CGD em greve contra a perda de privilégios

O novo Acordo de Empresa que a Administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD) pretende implementar está a gerar revolta entre os trabalhadores e já levou à convocação de uma greve para sexta-feira, 24 de …

Asia Argento terá pago a jovem ator que a acusou de assédio sexual

A atriz e realizadora italiana terá pago 380 mil dólares para silenciar um jovem ator e músico que a acusa de assédio sexual quando tinha apenas 17 anos. Asia Argento foi uma das primeiras mulheres da …

Governo está a preparar descida dos impostos e aumento das pensões

São cinco as prioridades do Governo para o próximo Orçamento do Estado, segundo revela Marques Mendes no seu habitual espaço de comentário na SIC, nomeando o aumento das pensões, o alívio no IRS, a descida …

Bomba que matou 40 crianças no Iémen foi vendida pelos EUA em 2015

A bomba que matou de 40 crianças num autocarro escolar no Iémen, a 9 de agosto, foi fabricada pelos Estados Unidos e vendida à Arábia Saudita em 2015. De acordo com a CNN, que avança …

GNR "desfalcada" devido à transferência de mil militares para os incêndios

Nos últimos meses, mais de mil militares da GNR foram "reconvertidos" em bombeiros especialistas, membros do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), que atuam no combate a incêndios. Com esta alocação, a situação …

Em 17 anos, o número de inspetores na educação caiu 41%

Entre 2001 e 2017, o número de inspetores a Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC) passou de 304 funcionários a exercer essas funções para 179, registando assim uma queda de 41%. O Sindicato dos Inspetores da …

Mais de 400 mortos nas inundações em Kerala, no sul da Índia

Mais de 400 pessoas morreram na sequência das inundações que atingiram Kerala, na Índia, as mais graves em 100 anos naquele estado do sul do país, de acordo com um balanço feito nesta segunda-feira pelas …