Engenheiros geniais criam sensores wireless do tamanho de grãos de poeira

Engenheiros da Universidade da Califórnia, em Berkeley, nos Estado Unidos, criaram sensores wireless do tamanho de grãos de poeira, que podem ser implantados dentro do corpo.

Os sensores, que foram imaginados pela primeira vez na década de 1980, são demasiado pequenos para ter uma bateria, não sendo aparentemente possível que tenham energia.

Mas aí entra a genialidade dos inventores: estes sensores são alimentados, e os seus dados são recolhidos, através de ultra-sons.

Os resultados do estudo da equipa de engenheiros, liderada pelo professor Michel Maharbiz, da UC Berleley, foram publicados na revista Neuron.

Num primeiro momento, os engenheiros pensaram em usar ondas de rádio, mas estas apresentam um problema sério: a sua penetração no corpo humano é muito pequena.

Já a tecnologia de ultra-sons, além de estar bastante avançada e ser muito bem conhecida, é capaz de atingir todo o corpo, em qualquer posição.

Quando colocados num músculo ou nervo, eles podem não apenas fazer leituras dos sinais eléctricos que passam, mas podem também ser usados para estimular o músculo ou nervo.

Os protótipos destes sensores, que foram testados em ratos, usam uma resina epóxi cirúrgica, mas no futuro a ideia é usar um material inerte, que não active o sistema imunológico.

O tamanho actual dos sensores é de 1 milímetro, ou o tamanho de um grão de areia, o que permite que os mesmos sejam colocados em contacto directo com os nervos ou músculos que se pretende monitorizar.

(dr) Ryan Neely / UC Berkeley

Micro-sensores wireless implantados no nervo de um rato

Micro-sensores wireless implantados no nervo de um rato

Ao receber o ultra-som, o sensor usa um cristal piezoelétrico para produzir energia eléctrica – que vai estimular um nervo ou músculo.

Quando o sinal eléctrico passa pelo nervo ou fibra muscular, altera o circuito e a vibração do cristal, o que pode ser detectado por um receptor de ultra-sons.

Desta forma, o mesmo sensor pode ser usado tanto para actuar no nervo ou fibra muscular, como para fazer leituras do nervo ou fibra muscular.

Eléctrodos no cérebro

Um dos primeiros usos para estes sensores, assim que eles se tornem ainda menores, será a substituição dos eléctrodos utilizados para fazer controle de próteses, implantados directamente no cérebro.

Para implantar um eléctrodo no cérebro, é preciso passar pelo crânio, e deixar um buraco por onde bactérias e outros micróbios oportunistas podem entrar e causar infecções.

Já os sensores wireless podem ser implantados directamente no cérebro sem necessitar de orifícios, nem ser sujeitos a movimentos indesejados, que podem ocorrer no caso de eléctrodos.

Para que possam ser colocados no cérebro, explica o Science News Journal, os sensores precisam ainda de encolher muito, até cerca de 0.05 mm.

Mas depois de já se ter chegado a 1 mm, 0.05 parece um saltinho. E um passo de gigante para a Humanidade.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Éter, Teia e Tutti-Fruttti. PS e PSD decidem "os bons e os maus" entre uma centena de autarcas suspeitos

PS e PSD estão na recta final da escolha dos candidatos às próximas eleições autárquicas e os dois partidos coincidem na forma como estão a avaliar os potenciais candidatos que estão envolvidos em processos judiciais. …

"Lei Khashoggi". Estados Unidos restringem vistos a 76 cidadãos sauditas

Os Estados Unidos anunciaram a restrição à atribuição de vistos a 76 cidadãos da Arábia Saudita acusados de "ameaçar dissidentes no estrangeiro", nomeadamente o jornalista saudita assassinado, em outubro de 2018, na Turquia. Segundo o secretário …

OMS quer isenção de direitos de propriedade intelectual para vacinas

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reclamou, esta sexta-feira, o uso de "todas as ferramentas" para aumentar a produção de vacinas contra a covid-19, incluindo a transferência de tecnologia e a isenção de direitos de …

PS propõe que independentes possam usar símbolos e siglas nas freguesias

A líder parlamentar do PS anunciou, este sábado, que o partido vai apresentar duas alterações à lei eleitoral autárquica através de um projeto de lei que deverá entrar no Parlamento na segunda-feira. Em declarações ao jornal …

Justiça investiga denúncia de Bruno de Carvalho sobre ataque a Alcochete

O Ministério Público abriu um novo inquérito à invasão da Academia do Sporting, em Alcochete, confirmou à agência Lusa, este sábado, o gabinete de imprensa da Procuradoria-Geral da República (PGR). "Os factos deram origem a um …

O adeus a Alfredo Quintana, o "guerreiro extraordinário"

O guarda-redes de andebol do FC Porto faleceu, esta sexta-feira, aos 32 anos, depois de ter sofrido uma paragem cardiorrespiratória durante o treino de segunda-feira. "Partiu, deixou-nos um grande vazio, mas ficará para sempre no coração …

Caso EDP. Sócrates lança suspeitas contra o PSD e acusa MP de ter um "viés político"

José Sócrates quer ser assistente no caso EDP, para ajudar ao "esclarecimento da verdade", como alega, e diz que o facto de o Ministério Público (MP) se opor "escancara a suspeição de viés político nesta …

Ventura admite "entendimento" com o PSD/Madeira semelhante ao dos Açores

O líder do Chega admitiu, esta sexta-feira, que poderá haver um "entendimento" com o PSD/Madeira semelhante ao estabelecido nos Açores. "Se o que estiver em cima da mesa for o Partido Socialista estar à beira de …

"Não trocaria Ceni por Jesus"

Análise ao que fez diferença no Brasileirão 2020: o plantel do Flamengo, que é melhor do que o elenco de todos os outros clubes. O Brasileirão 2020 - que só terminou em 2021 - teve um …

Irão condena "firmemente" ataque na Síria. EUA quis enviar "mensagem clara"

O Irão, aliado do regime sírio de Bashar al-Assad, condenou "firmemente" os ataques norte-americanos a milícias pró-iranianas na Síria, considerando que podem "intensificar os conflitos" na região. Segundo o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Said …