Encontrado “sangue líquido” no potro pré-histórico encontrado na Sibéria

Michil Yakovlev/SVFU/The Siberian Times

Uma equipa de cientistas russos da North-Eastern Federal University encontrou “sangue líquido” no corpo do potro siberiano pré-histórico descoberto em 2018. O animal, extinto há mais de 42.000 anos, foi conservado no permafrost

A notícia, avançada pela emissora russa Russia Today, surge menos de uma semana depois de os cientistas terem afirmado que estavam muito perto de conseguirem clonar a espécie.

“A autópsia revelou que todos os órgãos internos estavam bem conservados. A partir dos vasos sanguíneos do coração obtiveram-se amostras de sangue líquido. Tudo isto se preservou em forma líquida durante 42.000 anos graças ao congelamento [do corpo do animal] e às condições favoráveis do local onde estava enterrado”, explicou o diretor do Museu Mammoth do Instituto, Semion Grigoriev.

O especialista frisou que o estado de conservação do animal é excecional, uma vez que o organismo não tem danos visíveis. Os cientistas recolheram também amostras do pêlo.

O corpo do animal, que tem precisamente 42.170 anos, foi descoberto no verão passado na gigante cratera siberiana de Batagaika, também conhecida como o “Portão do Inferno”. Na altura da descoberta, os cientistas revelaram que o animal se afogou na lama, contribuindo diretamente para a sua preservação.

De acordo com a equipa de cientistas russos, esta é a “descoberta mais bem preservada de um animal do período glacial em todo o mundo”. “Este é o primeiro fóssil do mundo de um cavalo pré-histórico de tão tenra idade e com um nível tão surpreendente de conservação”, disse em agosto do ano passado Grigoryev.

O potro será uma das peças importantes da exposição The Mammot, que vai realizar-se em quatro cidades japonesas – Tóquio, Nagoya, Osaka e Fukuoka – entre junho de 2019 a setembro de 2020.

Na semana passada, o The Siberian Times revelou que uma equipa de cientistas sul-coreanos e russos acredita ser possível clonar o animal através da extração de células do seu corpo. Os cientistas mostram-se “confiantes” e acreditam que o animal mumificado poderia ajudar a trazer à vida uma espécie pré-histórica de cavalo já extinta.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

É a quantidade de alimento que determina quem se torna a abelha-rainha

Um novo estudo sugere que é a quantidade de alimento, e não a sua qualidade, como se pensava até agora, que determina quem se torna a abelha-rainha. Quais são os fatores que determinam qual é a …

Em Miami e Nova Iorque, os polícias ajoelharam-se por George Floyd

Em Miami e em Nova Iorque, alguns agentes da autoridade juntaram-se aos manifestantes por breves momentos, para mostrar o seu respeito pela memória de George Floyd. Nos Estados Unidos, os protestos pela morte de George Floyd …

A Nova Zelândia está em cima de uma enorme bolha de lava

A Nova Zelândia situa-se no topo dos restos de uma pluma vulcânica gigante. Este processo é o responsável pela atividade vulcânica e desempenha um papel fundamental no funcionamento do nosso planeta. Nos anos 70, vários cientistas …

Petição busca estatuto de vítima para crianças em contexto de violência doméstica

Uma petição lançada na sexta-feria que reivindica a criação do estatuto de vítima para as crianças que vivem em contexto familiar de violência doméstica já foi assinada por mais de 1300 pessoas, entre elas personalidades …

Assimétrica e flutuante. A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai "nascer" em 48 horas

A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai estar pronta no próximo mês para demonstrar a velocidade e a eficácia de uma técnica de construção que será sete vezes mais rápida e terá …

Anonymous garantem que princesa Diana foi assassinada para abafar caso Epstein

O movimento internacional de ciberativistas Anonymous - ou alguém que alega operar em seu nome - garante que a princesa Diana, que morreu num acidente de viação em agosto de 1997, foi, na verdade, assassinada …

Empresa de mineração pede desculpa por destruir cavernas sagradas aborígenes

A empresa mineira Rio Tinto admitiu que destruiu as cavernas pré-históricas que eram locais de culto para os aborígenes australianos e pediu desculpa. As cavernas de pedra Juukan Gorge 1 e 2 – dois locais de …

Itália exige "respeito": vai abrir fronteiras, mas excluir países que impõem restrições a italianos

Apesar de acredita "no espírito europeu", o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano sublinhou que o país está pronto "para fechar as fronteiras" àqueles que não o respeitem. A Itália vai abrir as suas fronteiras internacionais a …

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …