Potro extinto do Paleolítico encontrado perfeitamente conservado na Sibéria

Michil Yakovlev/SVFU/The Siberian Times

O animal terá vivido durante o Paleolítico Superior, há 30 ou 40 mil anos

Um grupo de cientistas fez um enorme descoberta na Sibéria: os restos fossilizados de um potro extinto do Paleolítico em condições de preservação quase perfeitas – este é o cavalo-bebé antigo em melhores condições de fossilização já encontrado.

Descoberto no permafrost da cratera Batagaika, na Sibéria – também conhecida como a “Porta do Mundo Inferior” -, o pequeno potro foi encontrado num estado de preservação tão bom, que quase parece estar a dormir. No entanto, o espécime já morreu há muito tempo, entre 30.000 e 40.000 anos, durante o Paleolítico Superior.

Descoberto por moradores locais, o fóssil foi escavado por cientistas do Japão e da Rússia, sendo depois levado para o Museu Mammoth, em Yakutsk, na Rússia.

“Este é o primeiro fóssil do mundo de um cavalo pré-histórico de tão tenra idade e com um nível tão surpreendente de conservação”, disse o diretor do museu, Semyon Grigoryev.

O potro teria apenas dois a três meses de idade quando morreu e cerca de 98 centímetros de largura. Foi encontrado a 100 metros de profundidade, com os seus cascos, pêlos e cauda quase totalmente intactos. Até os seus órgãos internos foram preservados pelo permafrost – uma camada de solo que está permanentemente abaixo da temperatura de congelamento.

Michil Yakovlev/SVFU/The Siberian Times

O pequeno potro era um Equus lenensis, espécie agora extinta

De acordo com os especialistas, a espécie do fóssil é distinta daquelas que agora habitam a região de Yakutia. O pequeno potro era um Equus lenensis (também conhecido como o cavalo Lena), que viveu na região no final do Pleistoceno, espécie agora extinta e conhecida a partir de restos mumificados encontrados no solo gelado.

Os investigadores recolheram amostras de pêlo, líquidos, fluídos biológicos e amostras de solo na área onde o potro foi encontrado, de forma a realizar testes mais completos, incluindo uma autópsia para determinar como morreu. Curiosamente, o potro não tinha feridas visíveis no seu corpo.

“Especialistas que participaram na expedição sugeriram que o potro pode ter-se afogado, depois de encontrar algum tipo de armadilha natural”, explicou Semyon Grigoryev.

Além de determinar a causa da morte com precisão, a autópsia vai revelar como é que o potro viveu. Os cientistas planeiam para isso analisar o conteúdo do seu estômago.

O permafrost é um recurso incrível para aprender mais sobre a vida na Idade do Gelo. No início deste ano, cientistas da Sibéria descobriram bebé de leão pré-histórico em excelentes condições de conservação – ainda nem sequer tinha os dentes formados.

Além do potro, a expedição encontrou um esqueleto raro de um mamute, completo e com tecidos moles ainda em bom estado. Até agora, não se discutiu a questão de clonar o mamute nem o potro – ao contrário do que aconteceu com o leão pré-histórico – no entanto, ambos serão objeto de estudo científico no futuro.

Michil Yakovlev/SVFU/The Siberian Times

Este é o fóssil de potro melhor conservado até agora encontrado

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Cara Jo :
    Obrigado pela sua resposta mas…
    a fossilização consiste na lenta mas progressiva substituição dos tecidos não moles (estes degradam-se rapidamente) por elementos minerais, processo que demora milhões de anos!
    Ou, em termos leigos, forma-se “pedra” onde anteriormente havia esqueleto.
    Um fóssil é basicamente isso : pedra!
    Em resumo: “crio-preservação'” completamente diferente de” fossilização “.!
    Cumprimentos.

    • Caro PL:
      Obrigado pela sua resposta também mas, lamento dizer-lhe que o PL só conhece apenas um processo de fossilização. Existem mais, sabia?
      Deixo-lhe aqui um documento simples, do Laboratório Nacional de Energia e Geologia, onde refere todos os processos de fossilização existentes, e onde está incluída a criopreservação http://www.lneg.pt/download/2784/poster_fossilizacao.pdf

      Transcrevo ainda: CONSERVAÇÃO : “Os restos dos organismos mantêm-se quase inalterados, apenas com modificações mínimas. Este processo inclui a mumificação, em que o cadáver sofre sobretudo desidratação. É o aprisionamento/envolvimento de organismos em substâncias fossilizantes, como o âmbar, asfalto, gelo ou sílica, permanecendo aí conservados.
      O exemplo mais conhecido de conservação, é a dos mamutes da Sibéria conservados no gelo. Os insectos aprisionados e conservados no âmbar (resina), é outro exemplo muito conhecido.

      Espero que fique mais elucidado.
      Um bem haja.

RESPONDER

Europeias: maior votação em 20 anos. PPE e socialistas juntos sem maioria

A taxa de participação nas eleições europeias, realizadas entre quinta-feira e hoje nos 28  Estados-membros da União Europeia, fixou-se nos 50,5%, a mais elevada dos últimos 20 anos e oito pontos acima do anterior sufrágio. Segundo …

Os anéis de Saturno estão a desaparecer (e a culpa é nossa)

Recentemente, um grupo de cientistas alertou que os anéis de Saturno podem vir a desaparecer devido às futuras explorações humanas.  Exploradores de asteróides e bilionários da tecnologia poderão roubar pedras preciosas do Espaço num futuro próximo, …

Forte tempestade faz reaparecer floresta pré-histórica no Reino Unido

A tempestade Hannah, que levou fortes marés e ventos ao Reino Unido, voltou a trazer à luz restos de árvores de uma floresta pré-histórica com cerca de 4.500 anos. Os vestígios estiveram escondidos durante anos …

PS vence Europeias. BE e PAN sorriem, CDS à espera de confirmar resultado catastrófico

As primeiras projeções aos resultados eleitorais geraram palmas e um ambiente efusivo por parte dos militantes do PS. O CDS é um dos grandes derrotados da noite e o PAN a surpresa. As eleições para …

Conan Osiris vence prémio de mais mal vestido em palco

Não é o prémio que Portugal esperava, mas é um prémio. Conan Osiris venceu o Barbara Dex Award, atribuído ao participante do Festival Eurovisão da Canção que veste a pior indumentária em palco. Conan Osiris é …

O exoesqueleto desta aranha parece o capacete de um minúsculo extraterrestre

No mundo animal, o acasalamento pode ser uma verdadeira batalha. As aranhas-pavão, por exemplo, deixam os seus capacetes para trás (literalmente).  Na hora do acasalamento, o macho da aranha-pavão (Maratus velutinus) deixa o seu exoesqueleto para …

Se chover durante a estadia, esta ilha italiana reembolsa os turistas

Há uma ilha italiana que reembolsa os turistas em aso de chuva. A iniciativa desafia as unidades hoteleiras a reembolsarem os clientes se chover mais de duras horas durante o dia. Se é daquelas pessoas que …

Prada deixa de usar peles a partir de fevereiro de 2020

A marca italiana dirigida por Miuccia Prada anunciou o fim da utilização de peles de animais a partir do próximo ano. A coleção apresentada em fevereiro de 2020, correspondente ao outono-inverno 2020/21, será a primeira …

Líderes falam em abstenção e apelam ao voto. Está "um dia maravilhoso para votar"

Cerca de 10,7 milhões de eleitores vão eleger os 21 deputados ao Parlamento Europeu. À boca das urnas, foram vários os líderes políticos que exerceram o seu direito de voto apelando à participação dos portugueses. A …

Se o mundo vivesse como os portugueses os recursos naturais acabavam hoje

Os recursos naturais da Terra chegavam este domingo ao fim se todas as pessoas do planeta consumissem como os portugueses. Na União Europeia, a Estónia e a Dinamarca já esgotaram os recursos em março passado.  Os …