Potro extinto do Paleolítico encontrado perfeitamente conservado na Sibéria

Michil Yakovlev/SVFU/The Siberian Times

O animal terá vivido durante o Paleolítico Superior, há 30 ou 40 mil anos

Um grupo de cientistas fez um enorme descoberta na Sibéria: os restos fossilizados de um potro extinto do Paleolítico em condições de preservação quase perfeitas – este é o cavalo-bebé antigo em melhores condições de fossilização já encontrado.

Descoberto no permafrost da cratera Batagaika, na Sibéria – também conhecida como a “Porta do Mundo Inferior” -, o pequeno potro foi encontrado num estado de preservação tão bom, que quase parece estar a dormir. No entanto, o espécime já morreu há muito tempo, entre 30.000 e 40.000 anos, durante o Paleolítico Superior.

Descoberto por moradores locais, o fóssil foi escavado por cientistas do Japão e da Rússia, sendo depois levado para o Museu Mammoth, em Yakutsk, na Rússia.

“Este é o primeiro fóssil do mundo de um cavalo pré-histórico de tão tenra idade e com um nível tão surpreendente de conservação”, disse o diretor do museu, Semyon Grigoryev.

O potro teria apenas dois a três meses de idade quando morreu e cerca de 98 centímetros de largura. Foi encontrado a 100 metros de profundidade, com os seus cascos, pêlos e cauda quase totalmente intactos. Até os seus órgãos internos foram preservados pelo permafrost – uma camada de solo que está permanentemente abaixo da temperatura de congelamento.

Michil Yakovlev/SVFU/The Siberian Times

O pequeno potro era um Equus lenensis, espécie agora extinta

De acordo com os especialistas, a espécie do fóssil é distinta daquelas que agora habitam a região de Yakutia. O pequeno potro era um Equus lenensis (também conhecido como o cavalo Lena), que viveu na região no final do Pleistoceno, espécie agora extinta e conhecida a partir de restos mumificados encontrados no solo gelado.

Os investigadores recolheram amostras de pêlo, líquidos, fluídos biológicos e amostras de solo na área onde o potro foi encontrado, de forma a realizar testes mais completos, incluindo uma autópsia para determinar como morreu. Curiosamente, o potro não tinha feridas visíveis no seu corpo.

“Especialistas que participaram na expedição sugeriram que o potro pode ter-se afogado, depois de encontrar algum tipo de armadilha natural”, explicou Semyon Grigoryev.

Além de determinar a causa da morte com precisão, a autópsia vai revelar como é que o potro viveu. Os cientistas planeiam para isso analisar o conteúdo do seu estômago.

O permafrost é um recurso incrível para aprender mais sobre a vida na Idade do Gelo. No início deste ano, cientistas da Sibéria descobriram bebé de leão pré-histórico em excelentes condições de conservação – ainda nem sequer tinha os dentes formados.

Além do potro, a expedição encontrou um esqueleto raro de um mamute, completo e com tecidos moles ainda em bom estado. Até agora, não se discutiu a questão de clonar o mamute nem o potro – ao contrário do que aconteceu com o leão pré-histórico – no entanto, ambos serão objeto de estudo científico no futuro.

Michil Yakovlev/SVFU/The Siberian Times

Este é o fóssil de potro melhor conservado até agora encontrado

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Cara Jo :
    Obrigado pela sua resposta mas…
    a fossilização consiste na lenta mas progressiva substituição dos tecidos não moles (estes degradam-se rapidamente) por elementos minerais, processo que demora milhões de anos!
    Ou, em termos leigos, forma-se “pedra” onde anteriormente havia esqueleto.
    Um fóssil é basicamente isso : pedra!
    Em resumo: “crio-preservação'” completamente diferente de” fossilização “.!
    Cumprimentos.

    • Caro PL:
      Obrigado pela sua resposta também mas, lamento dizer-lhe que o PL só conhece apenas um processo de fossilização. Existem mais, sabia?
      Deixo-lhe aqui um documento simples, do Laboratório Nacional de Energia e Geologia, onde refere todos os processos de fossilização existentes, e onde está incluída a criopreservação http://www.lneg.pt/download/2784/poster_fossilizacao.pdf

      Transcrevo ainda: CONSERVAÇÃO : “Os restos dos organismos mantêm-se quase inalterados, apenas com modificações mínimas. Este processo inclui a mumificação, em que o cadáver sofre sobretudo desidratação. É o aprisionamento/envolvimento de organismos em substâncias fossilizantes, como o âmbar, asfalto, gelo ou sílica, permanecendo aí conservados.
      O exemplo mais conhecido de conservação, é a dos mamutes da Sibéria conservados no gelo. Os insectos aprisionados e conservados no âmbar (resina), é outro exemplo muito conhecido.

      Espero que fique mais elucidado.
      Um bem haja.

RESPONDER

Os misteriosos relâmpagos azuis podem ser mais comuns do que pensávamos

Além de ser um dos fenómenos mais espetaculares, o relâmpago é também um dos mais misteriosos. Apesar de as tempestades não serem assim tão raras, os cientistas ainda não entendem completamente estas descargas elétricas geradas …

Presidenciais. Grandes vencedores e (poucos) derrotados

Num ato eleitoral marcado pela pandemia de covid-19, que chegou a trazer incerteza aos prognósticos precoces que há meses se alinhavavam, Marcelo Rebelo de Sousa, reeleito à primeira volta, é o grande vencedor da noite. …

A inclinação de Saturno é provocada pelas suas luas (e vai aumentar)

Uma equipa de cientistas concluiu que a influência dos satélites de Saturno pode explicar a inclinação do eixo de rotação do planeta. Dois cientistas do CNRS (Centre National de la Recherche Scientifique) e da Universidade Sorbonne, …

Marcelo. O que os portugueses querem (e o que não querem)

Num discurso de vitória após as eleições presidenciais deste domingo, Marcelo Rebelo de Sousa assumiu uma postura de estado e começou por recordar as vítimas da pandemia de Covid-19 no seu pior dia de sempre …

Entre o "contributo singular" de João Ferreira e a "onda liberal" de Mayan, Marisa Matias assume derrota

Marisa Matias foi uma das grandes derrotadas da noite de eleições presidenciais, ficando-se pelo quinto lugar, atrás de João Ferreira, o candidato do PCP. Já Tiago Mayan Gonçalves ficou no sexto lugar, à frente de …

Ana Gomes aponta o dedo a Costa e à esquerda e diz que travou Ventura sozinha

Ana Gomes considera que a sua candidatura conseguiu travar "a progressão da extrema direita" quando os partidos de esquerda se preocuparam apenas com as suas "agendas políticas". No rescaldo da reeleição de Marcelo Rebelo de …

De diferentes cidades, mas com o mesmo nome. Quatro estranhos chamados Paul O'Sullivan formaram uma banda

A banda Paul O'Sullivan apresenta Paul O'Sullivan no baixo, guitarra, bateria e voz. Porém, não é uma banda de um homem só. Cada membro é um músico diferente com o mesmo nome: Paul O'Sullivan. "Uma noite, …

Ventura celebrou "noite histórica", demitiu-se do Chega e avisou o PSD

André Ventura começou por assinalar a "noite histórica" face aos resultados que obteve nas eleições presidenciais 2021. Mas como ficou em 3º lugar, atrás de Ana Gomes, anunciou a demissão do Chega. "Fiquei aquém dos 15% …

Região italiana da Lombardia esteve confinada durante uma semana por engano

A Lombardia, coração económico do norte de Itália, foi confinada e classificada como zona vermelha por engano durante uma semana, devido a estatísticas erradas sobre covid-19, e só ontem um decreto governamental retificou a situação. Devido …

Rio destaca "esmagamento da esquerda" e pede a Marcelo para ser "um bocadinho mais exigente"

"A marca mais forte" destas eleições presidenciais é "a derrota do PS". A análise é de Rui Rio, presidente do PSD, que fala do "esmagamento da esquerda" e da "vitória do candidato do centro", apelando …