Identificados os restos mortais de uma princesa santa em Inglaterra

echiner1 / Flickr

Uma equipa de arqueólogos britânicos conseguiu identificar alguns ossos preservados numa igreja de Folkestone, no sudeste de Inglaterra, que terão pertencido a Saint Eansvida, uma princesa anglo-saxónica.

Saint Eansvida viveu aproximadamente entre os anos 630 e 650 e desempenhou um papel fundamental na cristianização da Grã-Bretanha, conta o jornal britânico The Guardian.

Os restos foram encontrados em meados de 1885 e, desde então, foram associados ao santo a quem a igreja em causa é dedicada. Agora, uma equipa de arqueólogos britânicos associou os restos mortais à princesa Saint Eansvida.

https://twitter.com/DeusVultMedia/status/1236338233946095618?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1236338233946095618&ref_url=https%3A%2F%2Factualidad.rt.com%2Factualidad%2F345508-identificados-reino-unido-restos-santa-eansvilda

Há mais de um século, a origem destes ossos era uma questão de fé. Contudo, e com o desenvolvimento de novas tecnologias, foram surgindo novos métodos capazes de determinar a quem pertenciam. Andrew Richardson, líder da investigação, disse ao diário britânico que a igreja deu “um passo corajoso” ao permitir que a relíquia fosse estudada.

“Podíamos ter dito simplesmente: “Amigos, não é ela” (…) Pensei que tínhamos 50% de probabilidade de a identificar e muitos dos meus colegas estavam céticos”, confessou.

Contudo, uma análise de radio-carbono permitiu datar os ossos exatamente no momento em que Eansvilda morreu. A idade da pessoa em causa – entre os 17 e os 21 anos – também corresponde à idade do santo, que terá morrido muito jovem.

Além disso, um estudo osteológico mostrou que a pessoa a quem os restos pertenceram não sofria de desnutrição e tinha poucos dentes danificados por alimentos duros, sugerindo-se assim uma origem nobre. Por tudo isto, os especialistas acreditam que os restos mortais pertençam a Saint Eansvida.

Princesa e santa

Eansvida era filha do Rei Ethelbert de Kent, que governou o seu pequeno reino entre 616 e 640. A princesa viveu de perto os primeiros passos da cristianização no território e o seu avó, Ethelberto, foi o primeiro rei anglo-saxão a adotar a fé católica.

Em meados do século VII, o processo de cristianização não tinha ainda atingido todo o território e vários governantes continuaram a praticar sua fé pagã.

Neste contexto, a princesa recusou casar-se com um rei pagão, optando por se tornar freira. Acredita-se que tenha fundado o primeiro convento feminino da Grã-Bretanha em Folkestone. Acabou por morrer cedo por causa da peste.

Mais tarde, foi canonizada e foram-lhe atribuídos vários milagres. Esta princesa santa era um símbolo importante da identidade local, notou ao jornal britânico The Independent o historiador Lesley Hardy, da Universidade Christ Church, em Canterbury.

“Folkestone é um lugar extremamente antigo, mas grande parte da sua herança foi apagada pelo desenvolvimento nos séculos XIX e XX. Eansvida estava no centro da comunidade: as pessoas viam-na como um herói local. Trazê-la à luz é algo especial”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Juiz Carlos Alexandre aceita proposta de pagamento de caução de Joe Berardo

O juiz Carlos Alexandre aceitou, esta quarta-feira, a proposta e a forma de pagamento da caução de cinco milhões de euros apresentada pelo empresário madeirense no processo da Caixa Geral de Depósitos. A decisão favorável do …

Mais 13 mortes e 3452 casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal registou, esta quarta-feira, mais 13 mortes e 3452 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3452 novos …

MPT junta-se a PDR e pedem que Nós, Cidadãos! seja banido das autárquicas pelo TC

O MPT juntou-se ao PDR e ambos pedem que o Nós, Cidadãos! seja impedido de "apresentar candidaturas" às eleições autárquicas de setembro. Em junho, o PDR deu entrada com um pedido no Tribunal Constitucional (TC) para …

Relatório revela envolvimento da Igreja Católica em 100 casos de pedofilia na Polónia

Uma comissão estatal que analisou as denúncias de crimes de pedofilia registadas na Polónia entre 2017 e 2020 denunciou na terça-feira que quase um terço dos casos estudados, num total superior a 300 processos, envolvem …

Polícias voltam aos protestos por causa do subsídio de risco em dia de nova reunião com o Governo

Elementos da PSP e da GNR voltam esta quarta-feira aos protestos por causa do subsídio de risco, uma concentração que vai decorrer enquanto os sindicatos e associações socioprofissionais estão reunidos no Ministério da Administração Interna …

Vieira continua em domiciliária. MP vai pedir reforço de garantias de caução

O Ministério Público (MP) vai pedir reforço de garantias de caução por entender que o uso das ações da SAD do Benfica não é a forma apropriada. O Correio da Manhã avança, esta manhã, que o …

Investigadores suecos pagam 23 dólares a quem se vacinar contra a covid-19

Recompensa surge no âmbito de uma pesquisa que pretende avaliar o nível de eficácia de diferentes incentivos à vacinação contra a Covid-19. O estudo conta com a participação de 8.200 voluntários com menos de 60 …

Costa diz que Estado se curva "perante a memória" de Otelo. Mas BE condena ausência de luto nacional

O primeiro ministro, António Costa, e o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, decidiram não declarar luto nacional pela morte de Otelo Saraiva de Carvalho, Capitão de Abril. A líder do BE e o …

Catarina Martins volta a bater o pé e Jerónimo sublinha: "Ainda não há Orçamento"

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, esta terça-feira, o Bloco de Esquerda, o PCP e o CDS, em mais uma ronda de reuniões com os partidos com assento parlamentar. Se o objetivo do Presidente da República era …

Simone Biles, Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Simone Biles. O ouro olímpico não é sinónimo de paz, muito menos interior

Na sequência do escândalo Nassar, a opinião pública dos EUA concordou que não valia tudo no caminho até ao ouro olímpico — principalmente quando está em causa a dignidade humana. Com a sua principal estrela …