Identificados os restos mortais de uma princesa santa em Inglaterra

echiner1 / Flickr

Uma equipa de arqueólogos britânicos conseguiu identificar alguns ossos preservados numa igreja de Folkestone, no sudeste de Inglaterra, que terão pertencido a Saint Eansvida, uma princesa anglo-saxónica.

Saint Eansvida viveu aproximadamente entre os anos 630 e 650 e desempenhou um papel fundamental na cristianização da Grã-Bretanha, conta o jornal britânico The Guardian.

Os restos foram encontrados em meados de 1885 e, desde então, foram associados ao santo a quem a igreja em causa é dedicada. Agora, uma equipa de arqueólogos britânicos associou os restos mortais à princesa Saint Eansvida.

https://twitter.com/DeusVultMedia/status/1236338233946095618?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1236338233946095618&ref_url=https%3A%2F%2Factualidad.rt.com%2Factualidad%2F345508-identificados-reino-unido-restos-santa-eansvilda

Há mais de um século, a origem destes ossos era uma questão de fé. Contudo, e com o desenvolvimento de novas tecnologias, foram surgindo novos métodos capazes de determinar a quem pertenciam. Andrew Richardson, líder da investigação, disse ao diário britânico que a igreja deu “um passo corajoso” ao permitir que a relíquia fosse estudada.

“Podíamos ter dito simplesmente: “Amigos, não é ela” (…) Pensei que tínhamos 50% de probabilidade de a identificar e muitos dos meus colegas estavam céticos”, confessou.

Contudo, uma análise de radio-carbono permitiu datar os ossos exatamente no momento em que Eansvilda morreu. A idade da pessoa em causa – entre os 17 e os 21 anos – também corresponde à idade do santo, que terá morrido muito jovem.

Além disso, um estudo osteológico mostrou que a pessoa a quem os restos pertenceram não sofria de desnutrição e tinha poucos dentes danificados por alimentos duros, sugerindo-se assim uma origem nobre. Por tudo isto, os especialistas acreditam que os restos mortais pertençam a Saint Eansvida.

Princesa e santa

Eansvida era filha do Rei Ethelbert de Kent, que governou o seu pequeno reino entre 616 e 640. A princesa viveu de perto os primeiros passos da cristianização no território e o seu avó, Ethelberto, foi o primeiro rei anglo-saxão a adotar a fé católica.

Em meados do século VII, o processo de cristianização não tinha ainda atingido todo o território e vários governantes continuaram a praticar sua fé pagã.

Neste contexto, a princesa recusou casar-se com um rei pagão, optando por se tornar freira. Acredita-se que tenha fundado o primeiro convento feminino da Grã-Bretanha em Folkestone. Acabou por morrer cedo por causa da peste.

Mais tarde, foi canonizada e foram-lhe atribuídos vários milagres. Esta princesa santa era um símbolo importante da identidade local, notou ao jornal britânico The Independent o historiador Lesley Hardy, da Universidade Christ Church, em Canterbury.

“Folkestone é um lugar extremamente antigo, mas grande parte da sua herança foi apagada pelo desenvolvimento nos séculos XIX e XX. Eansvida estava no centro da comunidade: as pessoas viam-na como um herói local. Trazê-la à luz é algo especial”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …