Encontrado o mais pequeno planeta anão do Sistema Solar. Estava escondido no Cinturão de Asteróides

ESO

Um novo estudo sobre Hígia, o quarto maior objeto no Cinturão de Asteróides, sugere que, afinal, será um planeta anão, devido ao seu formato esférico.

Descoberto em 1849 pelo astrónomo italiano Annibale de Gasparis, Hígia está localizado no Cinturão de Asteróides entre Marte e Júpiter. É o quarto maior objeto naquele lugar, estando atrás apenas de Ceres, Vesta e Pallas. Destes, apenas Ceres é um planeta anão. Pouco estudado, Hígia é o objeto mais misterioso dos quatro.

Agora, um novo estudo publicado esta segunda-feira na revista especializada Nature Astronomy, revê muito do que se sabe sobre Hígia, incluindo a sua forma, tamanho, rotação e história de origem. O estudo, liderado pelo astrónomo Pierre Vernazza, do Laboratoire d’Astrophysique de Marseille, na França, foi possível graças a observações recentes feitas pelo instrumento SPHERE da Agência Espacial Europeia no Very Large Telescope (VLT) no deserto de Atacama, no Chile.

Além disso, a nova investigação sugere que o estatuto de Hígia deve ser atualizado de planeta asteróide para planeta anão. Caso isso aconteça, Hígia substituirá Ceres como o mais pequeno planeta anão no Sistema Solar.

De acordo com os critérios elaborados pela União Astronómica Internacional (IAU) em 2006, um objeto celeste precisa de satisfazer quatro requisitos para obter a designação de planeta anão: estar na sua própria órbita ao redor do Sol, não ser uma lua, ter aspirado outro material na vizinhança imediata e alcançar o “equilíbrio hidrostático”. O novo estudo sugere que Hígia cumpre todos os requisitos.

“Ao comparar a esfericidade de Hygiea com a de outros objetos do Sistema Solar, parece que Hígia é quase tão esférica como Ceres, abrindo a possibilidade de ser reclassificado como planeta anão”, declararam os autores, citados pelo Gizmodo.

Uma estimativa aprimorada do diâmetro da Hígia coloca a sua largura em 430 quilómetros. Em comparação, Plutão e Ceres apresentam diâmetros de 2.400 quilómetros  e 950 quilómetros, respetivamente. Uma estimativa do período de rotação do objeto mostra que um dia em Hígia dura 13,8 horas, aproximadamente metade da estimativa anterior.

Duas crateras relativamente pequenas foram vistas na superfície, uma com cerca de 180 quilómetros de largura e a outra com 97 quilómetros de largura.

Os astrónomos esperavam encontrar uma enorme cratera associada à origem do objeto. Hígia é o maior membro da família de asteróides Hígia – uma coleção de quase sete mil objetos amarrados ao mesmo corpo parental. Consequentemente, os cientistas esperavam ver uma grande bacia de impacto em Hygiea semelhante à encontrada em Vesta com aproximadamente 500 quilómetros de diâmetro.

“Nenhuma das duas crateras poderia ter sido causada pelo impacto que originou a família asteróides Hígia, cujo volume é comparável ao de um objeto de 100 quilómetros de tamanho. São demasiado pequenas”, disse Miroslav Brož, co-autor do artigo e investigador no Instituto Astronómico da Universidade Charles, na República Checa, em um comunicado.

Usando simulações em computador, os investigadores mostraram que a família de asteróides Hígia poderia ter sido gerada por uma colisão frontal com um objeto com entre 75 a 150 quilómetros. A colisão resultante obliterou o corpo do pai de Hígia. Mas, ao longo das eras, muitos dos detritos que se seguiram foram reunidos para formar o objeto em forma de esfera que vemos hoje. Estima-se que a colisão tenha acontecido há mais de dois mil milhões de anos.

Agora, o IAU terá de decidir se Hígia deverá receber o estatuto de planeta anão.

ZAP //

PARTILHAR

35 COMENTÁRIOS

  1. O que a seita da ciência todos os dias inventa. O mais pequeno planeta! Até ontem, porque daqui a um tempito descobrem outro mais pequeno. A contradição na ciência é quase sempre permanente.

    • A contradição na ciência como indica não é mais do que a própria ciência a reinventar-se e actualizar-se a si própria…Você quando nasceu era um bebe, depois uma criança, depois um adulto etc….será que deveríamos de passar a chamar aos bebes, velhos?? Irão envelhecer um dia não? Que contradição não é? Que complicado não é?
      Será difícil perceber a noticia?? Se neste momento é o mais pequeno então é o mais pequeno neste momento…amanha poderá deixar de ser, mas só o deixara de ser caso apareça outro mais pequeno, infelizmente esta ciência ainda não sabe tudo, ao contrario de si, já dotado de uma sabedoria e conhecimento perfundo sobre tudo na vida…As ciências baseiam-se em fatos comprováveis, como tal só após a devida comprovação de algo passa a ser oficial…
      A propósito, já reparou nas varias contradições de que somos vitimas a vida toda? Observe o meu caso, à 36 anos atras eu era um recém-nascido, pouco tempo depois virei bebe, passei a criança, fui um jovem, mais tarde chamado de jovem adulto e agora adulto…e pra cumulo disto tudo, se lá chegar, serei um sénior e depois um idoso…que complicação…mas afinal não estamos a falar de mim à mesma? Como fui eu tanta coisa sem saber??? Que confusão, nem sei como me identificar…Raios pra esta ciência que está sempre a contradizer-se…

      • Quer melhor exemplo dessa seita da ciência? Até lhe dou dois. Hoje verifiquei o boletim meteorológico, apontei e verifiquei que não acertaram no próprio nem na temperatura nem nas nuvens, afinal esteve todo o dia sol quando davam nublado para todo o dia.
        Outro exemplo, há estudos científicos que afiram que o café prejudica a saúde, outros dizem que faz bem e ainda outros nem bem nem mal.
        Podia ficar aqui até ao final do ano a citar mais exemplos, como o aquecimento global, as alterações climáticas, o co2, etc.

        • Caso você não saiba, a meteorologia não é uma ciencia exata. É sempre uma «previsão». Por isso eles dizem previsão do tempo, em vez de dizer «que tempo vai estar em tal dia».
          Eles não podem ter a certeza de como vai estar o tempo. Nunca!!!

          • caso nao saiba a meteorologia e uma ciencia da treta nao acertam no mesmo dia mas agora em portugal pretendem fazer uma previsao para 100 anos. arre.

        • Ei… brilhante!…
          Estamos perante um génio!!
          Não é qualquer um que, perante um falhanço das previsões meteorológicas, “descobre” que estamos perante uma seita que nos quer enganar!…

      • Enetenda, não necessito de nenhuma seita da ciência para me explicar o que é um bebé e um idoso, nem sequer que um idoso já foi uma criança. A mesma seita tenta é fazer dos humanos gente estupidificada como se não possuísse capacidade de observação e raciocínio.

    • No entanto é a “seita da ciência” que te permite vir aqui escrever barbaridades em praticamente todas as notícias. Explica lá qual é a contradição se “daqui a um tempito” descobrirem “outro mais pequeno”? Com a evolução da tecnologia é bem provável que descubram um mais pequeno! O que tu não entendes é que não existem verdades absolutas na Ciência. Tudo na Ciência está sujeito ao escrutínio permanente, e o que hoje achamos ser correto amanhã podemos vir a descobrir que não é bem assim. Os teus comentários revelam uma total falta de noção sobre os assuntos que comentas, Ciência incluída. Como te disse no outro comentário, emigra para a Síria ou China, pois como tu dizes, lá é que é bom. Força nisso.

      • Mas conhece-me de algum lado para me tratar por tu? É o tintol que o faz julgar que está palrar para a sua famelga é? Na sua espelunca nunca o ensinaram a respeitar os outros e tratá-los por sr. sra ou você?
        As suas barbaridades são uma constante com mentiras atrás de mentiras. Mas quem é vc para estar a pedinchar-me para “explicar” seja o que for?
        Vc é tão parvo com suas “parvoíces” que apesar de já lhe ter anteriormente referido que não vivo nessa espelunca e há muitas décadas deixei esse esgoto mas na sua parvoíce tipíca de parvus ade aeternum não atinge o conteúdo. Fim da conversa.

        • Que personagem!…
          Insulta um país inteiro, insulta os cientistas, etc, etc e depois fica indignado porque o tratam por “tu”!!
          Uma coisa é não ter educação nem respeito; outra é não ter noção!…
          Ninguém aqui tem culpa das tuas frustações nem da tua triste vida!!

        • Caro Alex, eu passo a trata-lo por você, não tem problema nenhum. Noto no entanto que metade do seu seu comentário foi a fazer-se de virgem ofendida por absolutamente nada. Imagine se fosse algo mais sério, tipo acusá-lo de estar sobre o efeito do “tintol”, ou de o mandar “palrar para a sua famelga”, ou de viver numa “esgoto”. Imagine só o quanto ofendido ficaria.

          Noto novamente que relativamente a argumentos… continua a zero.

          Obrigado e cumprimentos.

    • É mesmo como diz. Antigamente haviam as beatas que adoravam a igreja e a religião, eram uma praga. Hoje temos a nova praga que adora e idolatra a ciência, são as novas beatas. Mudam-se os tempos mas os otários e as beatas continuam eheheheh

      • Tem razão, tudo uma seita. Por questiono tudo que dizem, tudo e por princípio não acredito em nada do que ela diz até por ela se contradizer.

    • Não a contradição. Isto é ciência, questionar, estudar e se nescessário alterar.
      Seita é geralmente um grupo de pessoas que crêem em algo e não questionam sua veracidade.

      • E não é o que muitos de vocês fazem aqui? Acreditam na ciência sem questionar? LOL! Isso assim também é religião! (ou seita !)
        Eu questiono TUDO o que me apresenta a dita ciência, e a grande maioria acha isto parvo porque não conhece verdadeiramente o mundo em que vive… Mas hão de conhecer, assim espero, só assim poderemos criar um mundo melhor.

  2. O mais pequeno planeta anão.
    Isso é PLEONASMO.
    É o mesmo que dizer subir pra cima
    Descer para baixo, sair para fora ou entrar para dentro.
    O certo seria: “O menor planeta” (sem o anão)

    • Tive um professor português de português que antes de falecer há já uns anos proferiu que os portugueses deixaram de dominar o idioma, agora é pontapé na língua a torto e direito.
      Há quem diga que se não forem os brasileiros o idioma tuga desaparecia em menos de I séc.! Até por causa da baixa demografia tuga onde a esterilidade e impotência toma cada vez mais conta do portugalex. Estou a citar.

  3. sempre axei a ciencia como uma seita k todus us dias afirma isto e akilo e tdus us dias erra sem parar alias como diz meu prof a ciencia e um pergu pra o planeta pois todus us dias inventa mais lixo mais purkaria e prejudika u ambiemte

    • jrs tem um professor sensato e de facto é isso mesmo como afirma, a ciência foi até hoje incapaz, tanto tecnológicamente, económicamente, socialmente e noutras áreas de trazer sensatez, equilíbrio, saúde, ecologia, etc ao planeta. Pelo contrário, o planeta hoje está à beira dum enorme desastre ambiental onde espécies desaparecem todos os dias muitas delas sem que as tenhamos conhecido, duma guerra nuclear, humanidade sobretudo ocidental cada vez mais estupidificada, fome e subnutrição continuam, cada vez mais pobres e gente sem recursos, infelizes e descontentes, sociedades em vários países à beira de uma guerra civil, entre outros inúmeros problemas cuja seita nunca teve capacidade de contrariar. Mas alguns bípedes continuam a achar que vivem em sociedades xpto e muito sofisticada e tudo está bem como está, coitados vivem nas ilusões e pensam que a ciência é a solução deles para todos os problemas. Também diversas civilizações desaparecidas pensavam errôneamente o mesmo e extinguiram-se com tanta ciência.

RESPONDER

Nicolas Bourbaki foi o maior matemático de sempre (mas nunca existiu)

Considerado como um dos maiores matemáticos de sempre, Nicolas Bourbaki não passava de um pseudónimo adotado por um grupo de grandes matemáticos, que revolucionou a matemática como a conhecemos. Nicolas Bourbaki está entre os maiores matemáticos …

No aquário do Tennessee, é uma enguia que acende as luzes da árvore de Natal

A enguia Miguel Wattson é a responsável pelo espírito natalício que se vive no Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos. O Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos, encontrou uma forma inusitada de celebrar esta época festiva: …

Há 34 anos, Diana dançou com Travolta. Agora, o seu vestido foi vendido por 261 mil euros

O vestido que a Princesa Diana usou para jantar na Casa Branca, em 1985, foi vendido por mais de 261 mil euros. O vestido azul que a Princesa Diana usou num jantar na Casa Branca, em …

Doentes crónicos com baixo nível de literacia em saúde recorrem mais às urgências

Os doentes crónicos e com um nível de literacia em saúde mais baixo utilizam mais vezes os serviços de urgência hospitalares e dos centros de saúde, bem como as consultas de medicina geral e familiar, …

Ártico viveu em 2019 o segundo ano mais quente em 119 anos

O Ártico viveu em 2019 o seu segundo ano mais quente desde 1900, de acordo com um relatório publicado na terça-feira, aumentando receios de degelo e aumento do nível da água. O Polo Norte está a …

Jardineiro encontra por acaso a obra mais procurada de Gustav Klimt. Estava no galeria onde foi roubada

Um funcionário da galeria de arte Ricci Oddi, na cidade italiana de Piacenza, encontrou por acaso a obra mais procurado do pintor austríaco Gustav Klimt. Estava na própria galeria, onde a obra terá sido roubada …

YouTube reforça políticas contra assédio online

O YouTube anunciou, esta quarta-feira, um conjunto de alterações às políticas que visam combater o assédio que existe na plataforma. O YouTube anunciou esta quarta-feira o reforço das suas políticas contra o assédio online, que preveem …

Deus bebé indiano vence caso em tribunal e reinvindica território sagrado

O Supremo Tribunal Indiano declarou Ram Lalla Virajman, um deus bebé, como o legítimo proprietário de Ayodhya, uma terra no norte da Índia considerada sagrada por muçulmanos e hindus. O tribunal decidiu que o Governo …

China usa comités partidários para manipular empresas estrangeiras

Em outubro, quando a Liga Norte-Americana de Basquetebol (NBA) tentou voltar atrás no apoio aos protestos em Hong Kong, foi criticada por se submeter ao regime autoritário da China. Mas são cada vez mais as …

Ângelo Rodrigues, Flamengo e Tinder. Os temas mais procurados pelos portugueses no Google

Ângelo Rodrigues, Flamengo, como saber onde votar, como funciona o Tinder e "Game of Thrones" estão entre os tópicos que os utilizadores portugueses do Google mais pesquisaram ao longo de 2019. Os dados são divulgados …