Encontrado em Jerusalém um raro amuleto islâmico com mil anos

(dr) אליהו ינאי / ארכי

Amuleto encontrado na Cidade de David, em Jerusalém

Uma equipa de arqueólogos que escavava uma das áreas mais antigas de Jerusalém encontrou um pequeno amuleto islâmico, único do seu tipo, com cerca de mil anos.

Segundo o jornal israelita Haaretz, o pequeno amuleto encontrado tinha como objectivo “proporcionar ao seu proprietário a protecção divina de Alá”. De acordo com a Autoridade das Antiguidades de Israel, o achado data do tempo do Califado Abasí, nos séculos IX a X.

O talismã comtém uma inscrição em duas linhas, em árabe, que pode ser traduzida como “Kareem confia em Alá, o Senhor do Mundo é Alá“. Kareem seria provavelmente o proprietário original do talismã, diz o periódico israelita.

“O objectivo de um amuleto deste tipo é obter protecção pessoal contra o mau-olhado”, explica o professor Yiftah Shalev, arqueólogo da Autoridade das Antiguidades de Israel. Segundo o perito, as estuturas do local onde o amuleto foi achado, os fragmentos de cerâmica encontrados no local e a caligrafia da inscrição são típicos o Califado Abasí.

“As estruturas que escavámos estavam muito mal preservadas. Encontrámos também alguns utensílios de cozinha”, diz Shalev. “Parece tratar-se de um complexo residencial, com uma pequena instalação industrial”.

O artefacto foi encontrado durante a escavação do sítio arqueológico anteriormente conhecido como “Parque Givati”, localizado a sul do Monte do Templo, onde se acredita ter nascido a cidade. O local é considerado sagrado para judeus, cristãos e muçulmanos e um dos mais disputados do Mundo.

Pela sua fragilidade e pequena dimensão, este poderá ser um amuleto único no seu género, afirmam os arqueólogos. A composição do artefacto, de barro friável, permite supor que houvesse outros do género no local, que ao longo dos séculos tenham sido destruídos.

O pequeno objecto parece ter sobrevivido intacto até aos dias de hoje por se encontrar enterrado entre camadas de gesso, não sendo possível determinar, explicam os arqueólogos, se o artefacto foi deliberadamente colocado no gesso durante a construção do edifício, ou se o misterioso “Kareem” simplesmente o perdeu.

A cidade de Jerusalém é habitada há pelo menos 7.000 anos. A santidade histórica do Monte do Templo, também chamado Cidade de David ou Esplanada das Mesquitas, é uma das razões pelas quais os antigos judeus e mais tarde os muçulmanos construíram no local alguns dos seus principais monumentos religiosos.

Os judeus, que acreditam que este é o sítio onde Deus juntou a poeira com que criou Adão e onde Abraão tentou sacrificar o filho, Isaac, construíram no local o Templo de Salomão, destruído pelos babilónios em 587 A.C. O antigo templo foi reconstruído e de novo destruído, pelos romanos, em 70 D.C.

O Monte do Templo, ou Al-Haram al-Sharif, é também sagrado para os muçulmanos, que construíram a emblemática Cúpula da Rocha, um dos monumentos religiosos mais importantes do Islão, no local em que Maomé teria ascendido ao céu.

ZAP // Haaretz

 

PARTILHAR

RESPONDER

Atletas que sorriem durante as corridas gastam menos oxigénio

Os atletas que sorriem gastam menos oxigénio, trabalham de forma mais económica e têm um nível de esforço menor, refere um estudo realizado pelas universidades de Ulster e Swansea, divulgado esta terça-feira. Os investigadores pediram a …

OMS analisa possíveis primeiros casos de infeção de animais para o homem

A Organização Mundial de Saúde (OMS) admite que pelo menos três infeções por Covid-19 nos Países Baixos possam ser os primeiros casos conhecidos de transmissão do novo coronavírus dos animais para o homem, tendo martas …

Na Suíça, é possível estar em teletrabalho e a empresa pagar parte da renda

O Tribunal Federal da Suíça condenou uma empresa de contabilidade a pagar parte da renda de casa a um funcionário que se encontrava em teletrabalho. Segundo revelou na segunda-feira o swissinfo e o Tages-Anzeiger, citados pelo …

Governo negoceia até mais 35 milhões em apoios para agricultura

A ministra da Agricultura disse hoje que está em curso a negociação de medidas adicionais para apoiar o setor agrícola, face ao impacto da covid-19, através do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR), que podem mobilizar …

Moro não assinou exoneração de ex-diretor da Polícia, admite Presidência do Brasil

A Secretaria-Geral da Presidência brasileira admitiu na segunda-feira que o agora ex-ministro da Justiça Sergio Moro não assinou o decreto de exoneração de Maurício Valeixo da direção-geral da Polícia Federal, confirmando a versão original do …

Norte foi região que mais contribuiu para aumentar produtividade do trabalho no país

O Norte foi a região que mais contribuiu para aumentar a produtividade laboral entre 2000 e 2017, crescendo 20% quando a Área Metropolitana de Lisboa subiu 3,3%, revelou na segunda-feira a Comissão de Coordenação e …

Vai nascer uma praia fluvial nas margens do Alqueva em 2021

Uma nova praia fluvial começou a ser construída nas margens do Alqueva, devendo começar a funcionar no verão do próximo ano. Uma nova praia fluvial começou a ser construída nas margens do Alqueva, junto à aldeia …

Câmara de Bragança vai ajudar com até 100 euros a pagar renda

As famílias mais vulneráveis do concelho de Bragança vão poder contar com um apoio financeiro até 100 euros mensais para pagar a renda. A Câmara de Bragança vai ajudar as famílias do concelho em situação vulnerável …

Parlamento chumba lay-off para sócios-gerentes, mas acaba com teto de faturação ao apoio

A Comissão de Economia chumbou, esta terça-feira, o alargamento do lay-off simplificado aos sócios-gerentes. Por outro lado, aprovou o fim do teto de faturação para aceder ao apoio a estes portugueses. A proposta do PSD, BE …

Comissão Europeia admite que Portugal fica "em desvantagem" nas ajudas estatais

Margrethe Vestager, vice-presidente executiva da Comissão Europeia, admite que países como Portugal, com menor capacidade orçamental do que Estados-membros como Alemanha ou França, fiquem “em desvantagem” nas ajudas estatais em altura de crise gerada pela …