Encontradas nos Açores espécies novas de moluscos com mais de 4 milhões de anos

A 14.ª expedição “Paleontologia em ilhas atlânticas”, que decorreu em Santa Maria, nos Açores, permitiu encontrar e confirmar espécies novas de moluscos marinhos com mais de quatro milhões de anos.

“Os cientistas vão fazer agora um estudo de grande dimensão que vai permitir conhecer e descrever toda a fauna mais antiga, que tem entre quatro a 4,3 milhões de anos“, disse o biólogo marinho Sérgio Ávila, da Universidade dos Açores.

A expedição, que se realizou entre 14 e 21 de julho na ilha de Santa Maria, onde o Governo dos Açores iniciou uma visita estatuária de dois dias, contou com a participação de 22 investigadores de dez nacionalidades.

Segundo o investigador, o estudo destas espécies novas de moluscos implica visitar museus na Europa onde estas faunas estão depositadas.

Sérgio Ávila, docente no Departamento de Biologia da academia açoriana, lidera há anos uma equipa de investigação multidisciplinar que estuda a evolução geológica de Santa Maria, ilha que tem cerca de seis milhões de anos e a maior jazida de fôsseis a céu aberto do Atlântico Norte.

Desde 2005 que são feitas expedições àquela ilha do grupo oriental do arquipélago e, de acordo com o investigador, “ano após ano, a ilha tem sido um manancial de informação formidável”.

Sérgio Ávila salientou que as expedições anuais a Santa Maria consistem no estudo da geologia e da paleontologia, investigações cujos resultados são posteriormente divulgados através da publicação de artigos científicos, além do lançamento de livros, documentários de televisão e a criação de uma série de rotas temáticas relacionadas com os fósseis.

“Todas as ilhas [dos Açores] são de origem vulcânica, mas Santa Maria tem uma história particular e possui algo que mais nenhuma ilha tem, que são fósseis marinhos em quantidade e abundância e muito relevantes, alguns deles muito raros em ilhas oceânicas”, frisou, acrescentando que “restos de cetáceos, ossos e dentes de antigas baleias só existem em Santa Maria e em mais três ilhas em todo o mundo”.

No âmbito da investigação em Santa Maria ao longo destes anos, o biólogo indicou que já passaram pela ilha “mais de 70 investigadores nacionais e internacionais”.

“Do ponto de vista científico, a ilha talvez seja uma das mais conhecidas a nível mundial e o resultado de todo este conhecimento científico faz-nos levar a estudar outros arquipélagos”, referiu, adiantando que estão a ser implementados os primeiros estudos em Cabo Verde, onde a sua equipa já se deslocou uma vez, e irá ainda a Porto Santo, na Madeira.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Santuário de Fátima retoma no sábado celebrações com presença de peregrinos

O Santuário de Fátima vai retomar as celebrações com a presença de peregrinos a partir de sábado, garantindo as condições de segurança para o maior número de pessoas. O Santuário de Fátima, no concelho de Ourém, …

Ex-ministro da Saúde da Bolívia em prisão preventiva por suspeitas de corrupção

O ex-ministro da Saúde da Bolívia foi detido, na semana passada, por suspeita de corrupção na compra de ventiladores. O ex-ministro da Saúde da Bolívia, detido na última semana por suspeita de corrupção na compra a …

OMS considera cada vez mais improvável segunda grande vaga

A diretora do departamento de Saúde Pública da Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou hoje que é "cada vez mais" improvável uma segunda grande vaga do novo coronavírus, mas aconselhou muita prudência. Em entrevista à rádio …

Açores reabrem creches e jardins de infância. Aulas de 11.º e 12.º também em São Miguel

As respostas sociais, encerradas devido à pandemia, reabrem esta segunda-feira no Pico, Faial, Terceira e São Jorge, e na ilha de São Miguel são retomadas as aulas dos 11.º e 12.º anos para alunos inscritos …

"Há muita gente a passar fome" no sector das Artes (alguns artistas receberam 50 euros de apoio)

Não vai haver condições para abrir muitas salas de espectáculos a 1 de Junho, como está permitido, alerta-se no sector das Artes, onde há "há muita gente a passar fome". Alguns artistas só conseguiram receber …

Cancelamento de consultas leva a quebra de vacinação contra a pneumonia

O cancelamento ou adiamento de milhares de consultas levou a uma quebra na vacinação contra a pneumonia. É preciso "voltar a dar confiança às pessoas para que regressem aos estabelecimentos de saúde", apela o Mova. De …

Há 11.636 casos activos de covid-19 em Portugal (e duas crianças nos Cuidados Intensivos)

Portugal regista esta segunda-feira 1.330 mortes relacionadas com a covid-19, mais 14 do que no domingo, e 30.788 infectados, mais 165, segundo o boletim da Direcção-Geral da Saúde (DGS). Há duas crianças internadas nos Cuidados …

"O que se passa com enfermeiros e lay-off é uma vergonha." Marques Mendes também fala dos "4 contratos" do Novo Banco

António Costa e Rui Rio "não têm a coragem de dizer a verdade" no âmbito da polémica do Novo Banco, critica o comentador Luís Marques Mendes, considerando que ambos procuram sacudir água do pacote. Na …

"Nenhuma era apenas um número". NYT dedica toda a primeira página a mil vítimas da pandemia

Mil nomes de pessoas numa primeira página. O jornal norte-americano The New York Times dedicou a primeira página da edição deste domingo a mil vítimas mortais da pandemia de covid-19, para assinalar a iminente passagem …

A economia é a vítima colateral da estratégia singular da Suécia

A Suécia deixou nas mãos dos cidadãos a responsabilidade pela sua saúde e a abordagem relaxada do país em relação à pandemia de covid-19 trouxe resultados negativos. O Governo sueco não impôs um confinamento à população …