Empresas norte-americanas reforçam domínio na venda global de armas

O Instituto Internacional de Estudos de Paz de Estocolmo (SIPRI) revelou esta segunda-feira que as empresas norte-americanas aumentaram o domínio no comércio global de armas em 2018, para 59% do volume total entre as 100 principais empresas do ramo.

De acordo com o estudo do SIPRI, as vendas das empresas norte-americanas totalizaram 222,3 mil milhões de euros, mais 7,2% do que em 2017 e, pela primeira vez desde 2002, os cinco primeiros do “top 100” pertencem aos Estados Unidos (EUA): Lockheed Martin, Boeing, Northrop Grumman, Raytheon e General Dynamics, indicou a agência Lusa.

“As empresas norte-americanas estão a preparar-se para o novo programa de modernização de armas anunciado pelo Presidente [norte-americano, Donald] Trump em 2017. Muitas juntaram-se para produzir a nova geração de sistemas de armas e estão em melhor posição para fazer contratos com Governo”, observou o estudo.

Segundo o relatório do SIPRI, que não inclui empresas chinesas devido à falta de dados confiáveis, as vendas das 100 maiores empresas de armas aumentaram 4,6% em 2018, para 379,6 mil milhões de euros, o que representa um aumento de 47% desde 2002, data do primeiro estudo do instituto.

As vendas das dez empresas russas incluídas na listagem atingiram 32,7 mil milhões de euros, menos 0,4% que em 2017 e representaram 8,6% do total em 2018, devido ao “crescimento substancial” dos rivais norte-americanos e europeus.

As 27 empresas europeias da lista venderam 92,2 mil milhões de euros, pouco mais que em 2017, com o Reino Unido a representar um terço do total do continente, liderado pela BAE Systems – o sexto produtor mundial.

O volume total de empresas britânicas caiu quase 5% em relação ao ano anterior, em parte devido a atrasos no programa de modernização de armas promovido pelo Governo britânico.

O aumento de 30% nas vendas da fabricante de caças Dassault Aviation levou as empresas francesas a realizarem vendas, no valor 20,9 mil milhões de euros.

Oitenta das 100 empresas incluídas na lista são dos EUA, da Europa ou da Rússia, e entre as 20 restantes contam-se seis japonesas, três israelitas, três indianas e três sul-coreanas. As 15 principais companhias de armamento venderam quase seis vezes mais que as restantes empresas que integram a lista das 100 maiores, referiu ainda o relatório.

Lusa //

PARTILHAR

RESPONDER

O mar interno da misteriosa Encélado "grita" habitabilidade

Uma equipa de especialistas desenvolveu um novo modelo geoquímico que revela que o dióxido de carbono do interior de Encélado, lua de Saturno que abriga um oceano, pode ser controlado através de reações químicas no …

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …