Empresas com activos tóxicos do BPN devem 2.500 milhões ao Estado

-

As empresas que gerem os activos tóxicos do BPN tinham dívidas ao Estado da ordem dos 2.500 milhões de euros, no final de 2015. Só a Parvalorem tem mais de 10 mil processos em tribunal, a maior parte por crédito em incumprimento.

Estes dados constam dos últimos relatórios e contas das empresas Parvalorem, Parups e Parparticipadas, as sociedades fundadas, em 2010, para ficarem com os activos tóxicos do ex-BPN, no âmbito do processo de reprivatização do banco.

Segundo a informação disponibilizada pela empresa, a carteira de crédito ascendia, no final de 2015, a 3.160 milhões de euros, sendo que 80% são créditos cujos devedores estão em incumprimento, ou seja, 2.500 milhões de euros.

Este valor respeita a empréstimos solicitados pelas empresas à Direcção Geral de Tesouro e Finanças (DGTF) para assegurarem o seu funcionamento.

Já os restantes 20%, equivalente a 660 milhões de euros, são empréstimos que estão a ser pagos normalmente pelos clientes.

A Parvalorem é a principal empresa devedora, com “mais de 60% da dívida total de 2.475,6 milhões de euros”, segundo avança o Dinheiro Vivo.

A Parups “devia ao Estado 851 milhões de euros no final de 2015” e a dívida da Parparticipadas é de “quase 39 milhões de euros”, sustenta o mesmo site económico.

Parvalorem tem 10 mil processos pendentes em tribunal

A Parvalorem tem mais de 10 mil processos em tribunal, a maior parte relativos a crédito em incumprimento, e cuja natureza varia desde acções declarativas até às insolvências, passando naturalmente pelas acções executivas, conforme disse à Lusa o presidente da Parvalorem, Francisco Nogueira Leite.

No entanto, o responsável explicou que nem todos os processos judiciais em curso decorrem da acção directa da empresa, uma vez que, em muitos casos, foram os próprios devedores em incumprimento que pediram o estatuto de Processo Especial de Revitalização (PER) ou em que foram apresentadas acções por terceiros, o que obriga a Parvalorem a reclamar de créditos.

Já no relatório do conselho fiscal da Parvalorem, relativo a Junho de 2016, disponível na sua página na Internet, são referidos os mesmos 10 mil processos legais em curso e é dito que “92% dos valores em dívida” estão “associados a processos judiciais”.

Refere ainda a Parvalorem que “62% da carteira não tem quaisquer garantias associadas”.

ZAP // Lusa

RESPONDER

-

Seis mortos em deslizamento de terra na China e mais de 100 desaparecidos

Pelo menos seis pessoas morreram num deslizamento de terras na província de Sichuan, no sudoeste da China, e mais de 100 permanecem desaparecidas, segundo os últimos dados fornecidos pelas autoridades locais. A aldeia isolada de Xinmo foi …

-

Bombeiros pedem suspensão da entrega de bens solidários

O presidente da Associação de Bombeiros Voluntários de Pedrógão Grande apelou este sábado para que as pessoas suspendam por "alguns dias" a entrega de ajuda. "É um sufoco. É muita coisa. São toneladas e toneladas de …

-

Pelo menos 27 edifícios no Reino Unido têm revestimento inflamável

Os inspetores identificaram pelo menos 27 edifícios de propriedade municipal no Reino Unido que não cumprem os requisitos de segurança anti-incêndios por estarem revestidos com material inflamável, informou este sábado o Governo. O Ministério que tutela …

-

Polícia espanhola detém suspeitos de pertencerem a rede de exploração de mulheres na Europa

A polícia espanhola anunciou este sábado que deteve 18 pessoas suspeitas de pertencerem a uma rede nigeriana de exploração sexual de mulheres, que atuava em Espanha, Itália, Alemanha e Bélgica. Com estas detenções, que ocorreram em …

-

Portugueses criam dispositivo que ajuda a superar medo de andar de avião

Um dispositivo médico de realidade virtual que auxilia os utilizadores a superar o medo de andar de avião está a ser desenvolvido por especialistas apoiados pelo Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da Universidade …

herminioloureiro

Escutas tramam Hermínio Loureiro suspeito de "dar" 23 milhões em ajustes directos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis e ex-presidente da Liga de Clubes, foi ouvido durante mais de 8 horas, no âmbito do processo de corrupção que terá sido despoletado por escutas telefónicas. O …

Leonor Poeiras e Iva Domingues no "Somos Portugal" da TVI

Altice prepara-se para comprar a TVI

O Grupo espanhol Prisa está em negociações "avançadas" com a Altice para a venda da TVI e o negócio pode consumar-se ainda neste Verão. O Governo já está a par do processo. Este cenário é avançado …

-

PJ está a investigar bilhetes oferecidos pelo Benfica no caso dos emails

A Unidade Nacional de Combate à Corrupção da Polícia Judiciária (PJ) está a investigar o Benfica por bilhetes para jogos de futebol que o clube ofereceu a elementos da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e …

Incêndio em Pedrógão Grande

Fotografia mostra quando começou o incêndio ("muito antes da trovoada")

As suspeitas de que o grande incêndio de Pedrógão Grande foi originado por mão criminosa crescem, com relatos de populares e de bombeiros. E o início do fogo está registado numa fotografia, que será a …

-

Analistas consideram que meta de 1,5% para défice é alcançável

Os analistas contactados pela Lusa consideram que o objetivo do Governo de reduzir o défice para os 1,5% este ano "continua a ser alcançável", depois de o INE ter apurado um défice de 2,1% até …