Empresa vai pagar 42 mil euros por assédio moral a trabalhador

A Autoridade para as Condições de Trabalho decidiu aplicar uma coima de 42.840 euros à TN – Transportes M. Simões Nogueira, SA, por “tratamento desfavorável, discriminatório e de pressão ou assédio moral” sobre um trabalhador.

Numa decisão, a que a Lusa teve acesso através do Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes Rodoviários e Urbanos do Norte (STRUN), a ACT considera que os “representantes e chefias” da empresa “castigaram” o trabalhador em causa “ao longo de vários meses” e “após iniciativas deste integradas num processo reivindicativo de direitos laborais legítimos”, adjudicaram-lhe tarefas não incluídas na sua categoria profissional.

A Lusa tentou contactar responsáveis pela empresa em causa, sediada em Vila Nova de Famalicão, mas foi-lhe comunicado que tal só seria possível a partir de segunda-feira.

Em declarações à Lusa, o dirigente do STRUN Filipe Azevedo explicou que a Transportes Nogueira, SA, pode recorrer daquela decisão para os tribunais e adiantou que o sindicato está a preparar uma ação judicial em nome do trabalhador em causa “no seguimento da decisão” da ACT.

“São raríssimos os casos em que, em Portugal, se consegue provar o assédio moral/mobbing sobre os trabalhadores, sendo, por isso, esta decisão da ACT da maior importância”, salientou.

“Nos termos descritos no auto na notícia, a infração consistiu num tratamento desfavorável, discriminatório e de pressão ou assédio moral que a entidade empregadora, seus representantes e chefias assumiram e praticaram sobre o trabalhador, com a categoria profissional de motorista de pesados, ao longo de vários meses e após iniciativas deste integradas num processo reivindicativo de direitos laborais legítimos, como castigo por esse mesmo exercício”, lê-se no Relatório da Decisão da ACT.

Segundo o documento, a TN confirmou que, a 12 de janeiro de 2015, o trabalhador em causa foi “afeto ao serviços de contentores e de carga geral” alegando que “tal decisão foi motivada pelo acréscimo de adjudicação do serviço de transportes de contentores, com caráter de continuidade, o que veio a aumentar as necessidades da empresa na alocação de trabalhadores ao referido serviço”.

Para Filipe Azevedo, a decisão da ACT reforça o entendimento do STRUN, que acusa a empresa de “pressionar os trabalhadores no sentido de os demover da luta pelos seus direitos“.

Por isso, disse, “o STRUN está a preparar uma ação judicial em defesa deste trabalhador no seguimento da decisão do ACT”.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Penso que nalguns casos, a dificuldade em provar os factos, se deve ao tempo que a ACT leva a distribuir os processos pelos seus inspectores.

RESPONDER

Britânico é absolvido por estar sonâmbulo durante a agressão sexual

Um britânico com 21 anos entrou na cama onde o melhor amigo e a namorada dormiam e iniciou contactos sexuais com esta. O indivíduo foi absolvido num tribunal em York, Inglaterra, porque a situação ocorreu …

Piratas de Edelweiss. A resistência de jovens que pôs açúcar no combustível dos tanques nazis

Os Piratas de Edelweiss foram um grupo de jovens da resistência alemã ao regime nazi durante a Segunda Guerra Mundial. Passaram despercebidos historicamente, mas foram uma peça importante na vitória dos Aliados. Durante a História da …

Nova espécie de dinossauro carnívoro identificada na Península Ibérica

Uma nova espécie de dinossauro carnívoro foi identificada na província de Castellon, em Espanha, o primeiro representante do grupo na Península Ibérica a que deram o nome de Vallibonavenatrix cani. A espécie habitou a Península Ibérica …

Lavar a loiça ou fazer jardinagem ajuda idosos a viverem mais tempo

Bastam pequenas mudanças nos hábitos do dia-a-dia - como ar um passeio na rua, lavar a loiça ou fazer jardinagem - para aumentar a longevidade na população mais idosa, concluiu uma investigação de uma universidade …

Apple lançou um cartão de crédito. Mas desaconselha andar com ele

A Apple lançou um cartão de crédito que dá aos utilizadores cerca de 2% do valor de cada compra de volta mas é quase impossível transportar o cartão sem o estragar, pelo menos sem danificar …

Município alemão está a oferecer um milhão de euros a quem provar que a cidade não existe

Uma cidade na Alemanha está a oferecer um milhão de euros à primeira pessoa que fornecer "provas incontestáveis" de que aquele local não existe. Autoridades em Bielefeld, a cerca de 100 quilómetros de Hanover, estão a …

Altice diz que decisão da Anacom na migração da TDT é "ambígua, omissa e vaga"

Em causa está o processo de libertação da faixa 700 MHz da televisão digital terrestre, necessário para o desenvolvimento do 5G, e que tem sido criticado pelo grupo. A Altice Portugal considera que o sentido provável …

Fitbit vai oferecer rastreadores a toda a população de Singapura

A empresa norte-americana Fitbit anunciou uma parceria com o Conselho de Promoção de Saúde de Singapura numa iniciativa de saúde pública, a Live Healthy SG, que fornecerá aos 5,6 milhões de habitantes do país rastreadores …

Japão acusa Coreia do Sul de minar confiança ao colocar fim na partilha de dados militares

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, acusou esta sexta-feira a Coreia do Sul de minar a confiança entre os dois países ao cancelar um acordo de partilha de informações militares. As declarações de Shinzo Abe foram proferidas …

Há uma nova denúncia contra Harvey Weinstein

O produtor de cinema Harvey Weinstein, que enfrenta dois processos por agressão sexual em Nova Iorque, terá uma nova audiência na próxima segunda-feira para ser informado de uma nova denúncia apresentada, informou na quinta-feira o …