/

Empresa francesa desenvolveu barco anfíbio inspirado em iguanas

2

Modelo demorou três anos a desenvolver, mede 9,8 metros de comprimento e 3,4 metros de largura e podendo alcançar uma uma velocidade máxima superior a 50 nós na água e sete quilómetros em terra.

Se é daqueles que sempre que sempre sonhou com um carro que lhe permitisse palmilhar estradas e navegar pelo mar — bem ao estilo dos filmes de espionagem —, fique a saber que está mais perto de o concretizar, ainda que não seja nos moldes que o provavelmente o idealizou.

A empresa francesa Iguana pôs mãos à obra e criou uma viatura capaz de alternar entre o meio terrestre e aquático, focando-se precisamente na última. Isto porque, segundo os especialistas, é mais fácil um barco percorrer solo firme do que um carro andar na água. O modelo apresentado pela Iguana, ele próprio inspirado no réptil natural da América Central, consiste num barco com um sistema retrátil que pode ser ativado quando o condutor decide utilizá-lo em terra firme, ou seja, uma espécie de barco anfíbio.

A ideia, que foi entregue ao engenheiro Antoine Brugidou), bem como a produção e criação da patente da embarcação, demoraram cerca de três anos a ser concretizadas, com mais dois a serem necessários para que a primeira venda acontecesse, segundo informações do site da empresa. Neste período, o design do barco anfíbio foi também patenteado em oito das mais importantes regiões económicas do mundo.

Desde então, o foco tem estado na criação de variações do modelo inicial de acordo com as preferências dos seus clientes, que vão desde operadores de iates, entusiastas da navegação, proprietários de praias privadas a estâncias balneares à beira mar. Em linha com este objetivo, a empresa tem-se esforçado por dar a desenvolver e dar a conhecer as múltiplas aplicações do barco anfíbio, que na sua versão original mede 9,8 metros de comprimento e 3,4 metros de largura.

Recentemente, a Iguana também testou a embarcação na sua versão Pro em exercícios militares, de forma a avaliar a sua robustez e desempenho. Este modelo, que pode atingir uma velocidade máxima superior a 50 nós na água e sete quilómetros em terra, tem como finalidade chegar a sítios onde os meios tradicionais não chegam, assim como serviços essenciais.

As missões de resgate durante desastres naturais são outro cenário em que a Iguana vê a embarcação ser usada — o exército norte-americano adquiriu em 2020 dois barcos anfíbios para serem usados em testes.

Ficou curioso? Se sim, fique a saber que já pode adquirir o seu barco anfíbio no site da empresa francesa, por um preço base na ordem dos 700 mil euros.

  ARM, ZAP //

2 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.