Em Istambul não há 1º de Maio

Tolga Bozoglu / EPA

Polícia nas ruas de Istambul impedem comemorações do 1º de Maio

Polícia nas ruas de Istambul impede comemorações do 1º de Maio

Pelo menos 150 pessoas foram detidas hoje no centro de Istambul pela polícia, que controla um raio de três quilómetros em torno da praça Taksim para evitar que se celebre naquele local o Dia do Trabalhador. A informação foi adiantada pelo Colégio de Advogados de Istambul.

Mais de 20.000 polícias controlam hoje o centro de Istambul, cujas ruas estão cortadas por barreiras policiais num raio de três quilómetros em torno da praça Taksim, para evitar que se celebre naquele local o Dia do Trabalhador.

Os agentes, muitos transferidos de avião de outras partes da Turquia para Istambul, chegaram à praça esta madrugada, aos quais se juntaram 70 veículos armados, informou a CNNTurk.

O gabinete do governador de Istambul assegurou num comunicado que não será permitida qualquer celebração na praça Taksim e que quem desejar celebrar o Dia do Trabalhador deve fazê-lo em qualquer uma das oito zonas da capital expressamente habilitadas para aquele tipo de manifestações.

As celebrações do 1.º de Maio tiveram lugar na praça de Taksim durante décadas, mas esta ficou carregada de significado depois do denominado ‘Massacre de 1.º de Maio‘ ou ‘Domingo Sangrento de 1977’, quando 34 pessoas foram assassinadas e 120 ficaram feridas num atentado contra os manifestantes.

O Governo declarou o 1.º de Maio feriado nacional em 2009, como o dia do Trabalho e da Solidariedade e reabriu a praça Taksim às celebrações, ainda que sob estreita vigilância, para a voltar a fechar em 2013 devido a obras.

O Tribunal Europeu de Direitos Humanos ditou que se devia permitir manifestações na referida praça e, de acordo com esta decisão, o Comité do 1.º de Maio declarou ilegal a proibição de utilizar a praça e insistiu que acudirão a Taksim.

Ulas Yunus Tosun / EPA

Protestos em Istambul no 1º de Maio

Protestos em Istambul no 1º de Maio 2015

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Para além de autocarros, Cascais quer comboios gratuitos dentro do município

Desde 1 de janeiro de 2020, Cascais tornou-se no primeiro concelho do país a ter transportes públicos rodoviários gratuitos. Agora, quer alargar a iniciativa aos comboios. "Estamos a abrir um novo paradigma, que encara a mobilidade …

Governo convoca sindicatos para negociar aumentos acima dos 0,3%

O Governo convocou as estruturas sindicais da administração pública para voltar a negociar a proposta dos aumentos salariais de 0,3% para este ano. De acordo com a agência Lusa, o Governo convocou as estruturas sindicais da administração …

Governo prepara injeção final de 1400 milhões no Novo Banco

Desde a venda, em outubro de 2017, o Estado já injetou 1,9 mil milhões de euros no Novo Banco. Agora, o Fundo de Resolução estuda injetar mais 1,4 mil milhões. O Fundo de Resolução e o …

Em Espanha, há jogadores a serem pressionados a sair para países árabes

Jogadores do UD Almería estão a ser pressionados pelo dono do clube a sair para clubes de países árabes. Alguns atletas já apresentaram queixa ao sindicato. O xeique Turki Al-Sheikh, dono do Almería, da segunda divisão …

Chuva forte inunda Hospital de São José, em Lisboa

As chuvas fortes que se fizeram sentir esta quinta-feira inundaram o Hospital de São José, em Lisboa, deixando algumas salas alagadas. A informação é avançada pelo Correio da Manhã, que publicada algumas fotografias nas quais se …

Aos 58 anos, Carlos Sainz volta a fazer história ao conquistar o seu terceiro Dakar

Carlos Sainz reforçou o estatuto de piloto mais veterano a conquistar o Dakar, ampliando assim por mais um par de anos o recorde que já lhe pertencia. O espanhol Carlos Sainz (Mini) conquistou a terceira vitória …

Alunos até ao 6.º ano vão poder ficar nas escolas das 9 às 17 horas

O princípio da Escola a Tempo Inteiro (ETI), que permite prolongar o horário escolar dos alunos do 1.º ciclo através de Atividades de Enriquecimento Curricular (AEC), vai ser também alargado aos estudantes do 2.º ciclo. …

Bruno Fernandes corre risco de não fazer o último jogo contra o Benfica

Com a transferência de Bruno Fernandes para o Manchester United quase fechada, o internacional português corre o risco de não alinhar esta sexta-feira no dérbi com o Benfica. A notícia avançada hoje pelo Correio da Manhã …

Carreiras chama "traidor" a Rio (e considera que Passos Coelho voltará a unir o partido)

O autarca de Cascais, Carlos Carreiras, classifica Rui Rio como "traidor" e considera que, "se e quando decidir voltar", Pedro Passos Coelho voltará a unir o PSD. Carlos Carreiras, presidente da maior autarquia social-democrata do país, …

Docentes com mais de 60 anos podem deixar de dar aulas

Tiago Brandão Rodrigues colocou em cima da mesa a opção de docentes com mais de 60 anos poderem deixar de dar aulas e passar a desempenhar outras atividades nas escolas. Na nota de apresentação do Orçamento …