Elon Musk promete levar o homem a Marte até 2025

oninnovation / Flickr

Elon Musk, o bilionário visionário fundador do PayPal, Tesla e SpaceX

Elon Musk, o bilionário visionário fundador do PayPal, Tesla e SpaceX, e inventor do Hyperloop.

Muito brevemente, aquela sua viagem um pouco mais extravagante com a família já não vai ser até à Disney ou a Maocos. Se depender da mente excêntrica de Elon Musk, muito em breve vai poder pensar em tirar as suas férias no espaço.

O famoso entusiasta das viagens especiais Elon Musk, fundador do PayPal e da Tesla e um dos principais nomes por trás da SpaceX, acredita que poderemos estar entre as estrelas em pouco menos de uma década.

Durante o StarmeupHK Festival, evento em Hong Kong destinado a startups, Musk fez alguns comentários acerca dos planos da SpaceX – e lançou algumas promessas bastante arrojadas para o seu programa espacial.

Musk adiantou que a SpaceX está a desenvolver uma forma de viabilizar missões tripuladas a Marte dentro dos próximos 10 anos, e prometeu mais detalhes já para o final de setembro, durante a Conferência Astronómica Internacional.

Se pensarmos no histórico de proezas conseguidas por Elon Musk, parece provável que o sonho de fazer viagens até outros planetas deixe brevemente de ser um sonho.

A empresa criada por Musk para fomentar a exploração espacial, recorde-se, tem já um programa, o Mars Colonial Transporter, cujo objectivo é levar grandes quantidades de pessoas para o Planeta Vermelho.

No entanto, até agora pouco foi revelado acerca das questões práticas do Mars Colonial Transporter – principalmente, como é que tal seria possível.

Assim, especula-se que a apresentação da SpaceX na Conferência Astronómica Internacional de Setembro seja precisamente sobre este programa.

Mas o bilionário apaixonado pelo espaço não poupou entusiasmo na hora de explicar seus planos de levar o homem para Marte. Segundo Musk, esta é a maior aventura de todos os tempos e vai inspirar muita gente.

Musk acredita que as primeiras missões ao nosso planeta vizinho devem acontecer em meados de 2025 — ou seja, daqui a apenas nove anos.

smithsonianmag.com

Se há alguém capaz de por o Homem a Marte, provavelmente é Elon Musk.

Questionado pela apresentadora da conferência se a estimativa não é um pouco precipitada, já que estamos quase à porta de 2025, o bilionário respondeu à sua maneira.

Isso a mim parece-me muito tempo“, disse Musk.

Musk diz mesmo que acredita que vai poder voar numa das suas naves Dragon até à Estação Espacial Internacional dentro dos próximos quatro ou cinco anos.

Segundo o visionário inventor do Hyperloop e da super-bateria doméstica, isso já seria uma conquista incrível.

Segundo Musk, seria a primeira vez que uma pessoa construia a sua própria nave, saía do planeta e viajava até à estação que orbita à volta da Terra, como fazem os astronautas enviados à ISS pelas agências espaciais governamentais – NASA, ESA e Roscosmos.

E Musk nem está muito preocupado com o treino especial que os astronautas têm que fazer.

Com excepção de alguns voos parabólicos para simular a gravidade zero, o CEO da Tesla diz que o treino necessário é mínimo, e que viver no espaço não é assim tão complicado.

“Basta flutuar”, diz Musk.

ZAP / CanalTech
PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Eu pela minha parte dispenso a minha vez aos senhores do “Tempo Novo” certamente gente já muito mais avançada nestas andanças do planeta Terra.

RESPONDER

Recurso de Sócrates distribuído a Rangel foi redigido por Fátima Galante

Um recurso de José Sócrates, no âmbito da Operação Marquês, distribuído em 2015 ao juiz Rui Rangel, foi, afinal, redigido pela desembargadora Fátima Galante, sua mulher, revela a acusação da Operação Lex. Segundo a acusação do processo …

Filme sobre Snu Abecassis e Francisco Sá Carneiro estreia na RTP1

Snu, a produção realizada por Patrícia Sequeira e lançada nos cinemas portugueses em março do ano passado, chega à RTP1, esta segunda-feira (21), às 22h30. O filme retrata a história romântica de Snu Abecassis e …

Há mais recuperados do que apontam os dados oficiais

A diretora-geral da Saúde admitiu esta segunda-feira que o número de doentes recuperados de covid-19 é superior ao apontado pelos dados oficiais, disponibilizados no boletim diário da DGS, por atrasos na notificação. “Sabemos que há mais …

E agora, o Famalicão-Benfica em versão musical

Senhoras e senhores, bem-vindos à CoronaLiga 2020/2021. Não é ao mambo número cinco. O Lou Bega não sabe o que está a dizer. Ou a cantar. David Lubega. Talvez muita gente não saiba que nasceu em …

StayAway Covid conta mais de um milhão de utilizadores

StayAway Covid, a aplicação móvel que permite rastrear as redes de contágio de covid-19, já foi descarregada por mais de um milhão de pessoas, 19 dias após o seu lançamento. O administrador do Instituto de Engenharia …

Bielorrússia. 440 pessoas detidas violentamente após se juntarem na "marcha da justiça"

Mais de 440 pessoas foram detidas no domingo em várias cidades da Bielorrússia por participarem em protestos contra o Presidente do país, Alexander Lukashenko, informou esta segunda-feira o Ministério do Interior bielorrusso. Em todo o país, …

"Sim" vence referendo para reduzir um terço dos deputados em Itália

O “sim” à redução em um terço dos deputados em Itália venceu o referendo realizado no domingo e hoje com 60% a 64% dos votos, segundo sondagens à boca das urnas citada pela agência Lusa. O …

Depois de vários boicotes à atividade de Navalny, Supremo dissolve o seu partido político

O Supremo tribunal da Rússia dissolveu hoje o partido político "A Rússia do Futuro", fundado pelo líder da oposição Alexei Navalny, hospitalizado na Alemanha após ser envenenado com o agente neurotóxico Novichok, de acordo com …

"Solução Milagrosa" também é vendida em Portugal para tratar covid-19. Infarmed avisa que é "uma lixívia"

A Solução Mineral Milagrosa, ou MMS, está também a ser vendida em Portugal como tratamento para a covid-19, tal como tem acontecido noutros países. Mas o Infarmed alerta que este produto é, basicamente, "uma lixívia" …

Carlos César defende que o próximo PR deverá ser um "contribuinte de estabilidade política"

O presidente do PS, Carlos César, disse hoje que o próximo chefe de Estado português deve ser um "contribuinte da estabilidade política", atuando "contra todos os extremismos" e valorizando as autonomias da Madeira e Açores. Carlos …