/

Elon Musk é a personalidade do ano para a revista Time

A Time elegeu Elon Musk, o empresário sul-africano fundador da Tesla e da SpaceX, como Personalidade do Ano 2021.

A Time elegeu, esta segunda-feira, a Personalidade do Ano 2021. Elon Musk, de 50 anos, foi reconhecido pela revista norte-americana pelos seus investimentos em viagens espaciais e novas tecnologias.

“A ‘Personalidade do Ano’ reconhece a influência, e poucas pessoas foram mais influentes que Elon Musk na vida na Terra, e potencialmente fora dela também”, justificou o editor-chefe, Edward Felsenthal.

“O homem mais rico do mundo não é proprietário de uma casa e tem vindo a vender a sua fortuna. Ele põe satélites em órbita e utiliza o poder do Sol; conduz um carro que criou, que não precisa de combustível e quase não precisa de condutor. Com um estalar de dedos faz a bolsa disparar ou desmaiar”, lê-se no perfil da revista.

“Um exército de devotos paira sobre cada uma das suas declarações. Ele sonha com Marte enquanto cavalga a Terra, indomável”, acrescenta a Time.

Para a publicação, Musk “é o homem que aspira salvar o nosso planeta e dar-nos um outro para habitarmos: palhaço, génio, rei da provocação, visionário, industrial, exibicionista, malandro; um híbrido louco de Thomas Edison, P.T. Barnum, Andrew Carnegie e o doutor Guardião de Manhattan, o inquietante homem-Deus de pele azul que inventa carros elétricos e se muda para Marte”.

A revista considera que 2021 foi o ano de afirmação de Elon Musk e que a Tesla e a SpaceX contribuíram para esta seleção.

Enquanto a empresa de carros elétricos ultrapassou este ano o bilião (ou o milhão de milhões) de dólares de valorização, ascendendo o valor de mercado conjunto da Ford e da General Motors, a empresa espacial conseguiu levar ao Espaço a primeira tripulação composta inteiramente por civis.

Além do crescimento das duas empresas, a Time destaca a evolução de alguns projetos que têm a sua assinatura, nomeadamente a Neuralink, além da relevância que Elon Musk tem nas redes sociais, com mais de 66 milhões de seguidores no Twitter.

A revista norte-americana distinguiu também os cientistas que têm contribuído para descobertas relacionadas com a vacina contra a covid-19 como “Heróis do Ano“: a bioquímica húngara Katalin Karikó, o virologista norte-americano Barney S. Graham, a imunologista norte-americana Kizzmekia Corbett e o investigador norte-americano Drew Weissman.

A cantora Olívia Rodrigo foi eleita “Artista do Ano” e a ginasta Simone Biles “Atleta do Ano”.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.