Elon Musk e o irmão investigados nos Estados Unidos

Tesla

Elon Musk e o seu irmão, Kimbal, estão a ser investigados pela Securities and Exchange Commission (SEC) por alegado abuso de informação privilegiada.

O fundador e CEO da Tesla, Elon Musk, e o irmão Kimbal estão a ser alvo de uma investigação da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, a Securities and Exchange Commission (SEC).

No final do ano passado, Elon e Kimbal venderam ações da Tesla valorizadas em 108 milhões de dólares. Depois de vendidas, o empresário perguntou aos seus seguidores no Twitter se devia vender 10% das suas ações da Tesla e, com uma resposta positiva, o preço das ações acabou por cair.

Poucos dias mais tarde, o CEO da Tesla vendeu ações da empresa no valor de milhares de milhões de dólares.

Segundo o Interesting Engineering, estará a ser investigada a possibilidade de “insider trading” (abuso de informação privilegiada).

Estas regras têm como objetivo prevenir que os líderes e administradores da empresa tenham a capacidade de transacionar ações com informações que não tenham sido reveladas ao público.

Na prática, a investigação da SEC vai investigar se Kimbal ficou a saber da resposta e se a dupla combinou a venda já a pensar numa eventual queda do preço das ações.

Além do grau de parentesco, Kimbal é também membro do conselho de direção da Tesla.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.