Eliud Kipchoge completou a maratona em menos de duas horas e fez história

Pela primeira vez na história da maratona um atleta completou a prova em menos de duas horas. Foi Eliud Kipchoge, recordista queniano que passou seis meses a preparar-se intensivamente para este desafio, realizado este sábado em Viena, na Áustria.

Uma hora, 59 minutos e 40 segundos foi a marca estabelecida pelo maratonista de 34 anos, já conhecido pelos seus feitos lendários neste campo.

Mas apesar deste número para os habituais 42.195 quilómetros que os atletas devem percorrer, o recorde fixado não deverá ser considerado oficial nem reconhecido como tal, uma vez que Eliud beneficiou de várias ajudas ao longo do percurso, com Salemon Barega, Matthew Centrowitz, Paul Chelimo, Augustine Choge, López Lomong ou os irmãos noruegueses Ingebrigtsen a contribuírem para o desempenho, a que se junta a proximidade e ritmo pautado pelo carro que abria caminho.

https://twitter.com/INEOS159/status/1182935587269042176

“Nós podemos fazer um mundo mais bonito e mais pacífico”, reagiu, dizendo ainda que estava feliz por ter na assistência a mulher e os três filhos e por ter feito história perante eles. O queniano disse ainda que quer trazer mais positivismo ao desporto.

“Os recordes existem para serem quebrados, então alguém irá tentar bater este, mas fez-se história. É inacreditável”, disse Patrick Sang, treinador de Eliud Kipchoge. “Ele inspirou-nos a todos e mostrou que podemos ir além dos nossos limites na vida. Fizeste história”, disse também, dirigindo-se ao seu atleta.

“Tudo esteve perfeitamente certo. No desporto, é um desafio para os atletas mais jovens. Para a humanidade, seja em que nível estejamos podemos passar sempre para o próximo nível”, frisou.

O recorde agora fixado na capital austríaca segue-se depois de Kipchoge acumular já no seu currículo desportivo quatro vitórias na maratona de Londres.

Em abril, bastaram-lhe duas horas, dois minutos e trinta e sete segundos para ganhar a prova — 18 segundos à frente de Mosinet Geremew. Mas o resultado não era o melhor tempo de Kipchoge, que era, até aqui, o melhor resultado de todos os tempos: duas horas, um minuto e trinta e nove segundos feitos em setembro de 2018 na Maratona de Berlim. Nessa prova bateu o recorde mundial por 78 segundos — a maior diferença em cinquenta anos.

“É diferente correr em Berlim e correr em Viena. Correr em Berlim é para vencer e bater um recorde mundial, Viena é como ir à Lua”, afirmou o queniano, campeão do mundo dos 5000 em 2004 e vencedor das maratonas de Chicago, Londres e Berlim.

Desde que se mudou para a maratona, em 2013, o homem treina 300 dias por mês, está longe da mulher e dos três filhos, conquistou dez das onze provas em que correu, e a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro (2016). Antes a carreira brilhara menos nas provas de 5 mil metros: recebeu a prata e o bronze olímpicos, respetivamente em Beijing (2008) e em Atenas (2004), mas não foi chamado para a equipa do Quénia nos Jogos Olímpicos de Londres (2012).

ZAP //

 

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Não entendo todo este sensacionalismo e o recorde nem sequer é homologado devido aos truques utilizados: várias lebres e mais um veículo à frente dele a diminuir a resistência do ar. Parece que o “crime” compensa. Os truques usados foram quase uma forma de doping.

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …

Novo comboio-bala entra ao serviço na linha Tóquio-Osaka

O mais novo modelo de comboio-bala do Japão - o N700S - entrou ao serviço no dia 1 de julho, numa jornada inaugural de Tóquio a Osaka. A série N700S (sendo que o "S" significa "Supreme") …