Eliud Kipchoge completou a maratona em menos de duas horas e fez história

Pela primeira vez na história da maratona um atleta completou a prova em menos de duas horas. Foi Eliud Kipchoge, recordista queniano que passou seis meses a preparar-se intensivamente para este desafio, realizado este sábado em Viena, na Áustria.

Uma hora, 59 minutos e 40 segundos foi a marca estabelecida pelo maratonista de 34 anos, já conhecido pelos seus feitos lendários neste campo.

Mas apesar deste número para os habituais 42.195 quilómetros que os atletas devem percorrer, o recorde fixado não deverá ser considerado oficial nem reconhecido como tal, uma vez que Eliud beneficiou de várias ajudas ao longo do percurso, com Salemon Barega, Matthew Centrowitz, Paul Chelimo, Augustine Choge, López Lomong ou os irmãos noruegueses Ingebrigtsen a contribuírem para o desempenho, a que se junta a proximidade e ritmo pautado pelo carro que abria caminho.

https://twitter.com/INEOS159/status/1182935587269042176

“Nós podemos fazer um mundo mais bonito e mais pacífico”, reagiu, dizendo ainda que estava feliz por ter na assistência a mulher e os três filhos e por ter feito história perante eles. O queniano disse ainda que quer trazer mais positivismo ao desporto.

“Os recordes existem para serem quebrados, então alguém irá tentar bater este, mas fez-se história. É inacreditável”, disse Patrick Sang, treinador de Eliud Kipchoge. “Ele inspirou-nos a todos e mostrou que podemos ir além dos nossos limites na vida. Fizeste história”, disse também, dirigindo-se ao seu atleta.

“Tudo esteve perfeitamente certo. No desporto, é um desafio para os atletas mais jovens. Para a humanidade, seja em que nível estejamos podemos passar sempre para o próximo nível”, frisou.

O recorde agora fixado na capital austríaca segue-se depois de Kipchoge acumular já no seu currículo desportivo quatro vitórias na maratona de Londres.

Em abril, bastaram-lhe duas horas, dois minutos e trinta e sete segundos para ganhar a prova — 18 segundos à frente de Mosinet Geremew. Mas o resultado não era o melhor tempo de Kipchoge, que era, até aqui, o melhor resultado de todos os tempos: duas horas, um minuto e trinta e nove segundos feitos em setembro de 2018 na Maratona de Berlim. Nessa prova bateu o recorde mundial por 78 segundos — a maior diferença em cinquenta anos.

“É diferente correr em Berlim e correr em Viena. Correr em Berlim é para vencer e bater um recorde mundial, Viena é como ir à Lua”, afirmou o queniano, campeão do mundo dos 5000 em 2004 e vencedor das maratonas de Chicago, Londres e Berlim.

Desde que se mudou para a maratona, em 2013, o homem treina 300 dias por mês, está longe da mulher e dos três filhos, conquistou dez das onze provas em que correu, e a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro (2016). Antes a carreira brilhara menos nas provas de 5 mil metros: recebeu a prata e o bronze olímpicos, respetivamente em Beijing (2008) e em Atenas (2004), mas não foi chamado para a equipa do Quénia nos Jogos Olímpicos de Londres (2012).

ZAP //

 

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Não entendo todo este sensacionalismo e o recorde nem sequer é homologado devido aos truques utilizados: várias lebres e mais um veículo à frente dele a diminuir a resistência do ar. Parece que o “crime” compensa. Os truques usados foram quase uma forma de doping.

RESPONDER

A Via Láctea pode ter sido esmagada por campos magnéticos quando ainda era um "bebé cósmico"

Nos primeiros dias do Universo, quando a Via Láctea ainda era apenas um bebé cósmico, campos magnéticos poderosos podem tê-la esmagado e ter tido um grande impacto no seu crescimento. Em entrevista ao NewScientist, astrofísicos da …

Veneno de caracol marinho usado para criar insulina híbrida promissora no tratamento da diabetes

Cientistas criaram uma versão minimalista e híbrida de insulina, a partir da hormona humana e de um caracol marinho, que pode vir a melhorar o tratamento da diabetes, divulgou a universidade norte-americana de Ciências da …

Sequelas da covid-19 em doentes mais graves ainda estão por compreender

O acompanhamento depois da alta para doentes que estiveram internados com covid-19 é um dos grandes desafios do sistema de saúde para compreender que sequelas, por enquanto desconhecidas, a doença poderá deixar. “Só daqui a seis …

Criança nasce com duas bocas nos EUA. É o 35.º caso registado desde 1900

A menina, nascida nos Estados Unidos, foi operada ao seis meses para remover a cavidade oral secundária, que incluía dentes, língua e um lábio. Uma bebé nasceu nos Estados Unidos com duas bocas, devido a uma …

Funcionários do Facebook em "greve virtual" face à recusa de Zuckerberg em agir contra Trump

Os funcionários do Facebook estão insatisfeitos com a decisão do fundador da rede social de manter uma postura neutra perante as recentes publicações do Presidente dos Estados Unidos. De acordo com o jornal The Guardian, os …

Inteligência Artificial recria "verdadeiro" rosto de Napoleão Bonaparte

Recorrendo a uma técnica de Inteligência Artificial, um artista holandês criou um retrato em alta definição do imperador francês Napoleão Bonaparte. O fotógrafo freelancer holandês Bas Uterwijk, cujo pseudónimo é Gandbrood, recorreu a uma rede neuronal …

"Apito" da covid-19. Novo teste deteta novo coronavírus em apenas um minuto

Uma equipa de cientistas da Universidade Ben-Gurion, em Israel, desenvolveu um novo dispositivo que é capaz de detetar a presença do novo coronavírus no organismo humano em apenas um minuto. O novo teste, desenvolvido pelos investigadores …

"We Call it Alentejo". Novo filme promocional destaca as maravilhas alentejanas

A gastronomia e vinhos, as pequenas aldeias, a sustentabilidade e a natureza são atributos do Alentejo evidenciados no mais recente filme promocional do território, lançado pela agência regional de promoção turística para chamar visitantes estrangeiros. Com …

Curandeiro convocou cerca de 100 pessoas para se abraçarem contra a "farsa" da pandemia

Josep Pàmies, um agricultor espanhol defensor das terapias alternativas, convocou cerca de 100 pessoas a abraçarem-se a beijarem-se contra a "farsa" da pandemia. No sábado, cerca de uma centena de pessoas juntaram-se em Balanguer, na província …

Rússia anuncia início de ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19

A Rússia vai começar os ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19 em 50 soldados que se ofereceram para participar nos testes, anunciou esta terça-feira o Ministério da Defesa. "Para verificar a segurança e eficácia …